No momento de crise econômica e política, pela qual o Brasil está passando, algumas profissões se destacam e aumentam a demanda neste ano.

O assunto do momento é a crise econômica e política no Brasil. Tanto que 2016 já começou com especulações sobre o índice de desemprego, que de acordo com analistas, tende a aumentar durante o ano.

Sabemos, inclusive, que a crise atinge o mercado de um modo geral, fazendo com que grandes empresas cortem gastos e até funcionários, desde o operário ao executivo.

De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), até o mês de novembro de 2015 mais de 945.363 cargos efetivos e com registro em carteira foram cortados.

O que esperar diante deste cenário imprevisível?

É preciso, antes do mais nada, realizar uma análise apurada do mercado de trabalho no momento para saber quais cargos estão em alta ou em baixa, além de estar por dentro das exigências de cada área.

Veja algumas das principais profissões que terão mais contratações em 2016, mesmo no momento da crise:

1. Coordenador/Gerente de Infraestrutura: área específica de Sistemas ou Ciências da Informação. Profissional responsável por suporte, TI e data center. Motivo da alta demanda de contratação: as empresas dependem de infraestrutura de TI para um bom funcionamento operacional. O objetivo principal é custos e eficiência.

2. Coordenador/Gerente de plataformas web/mobile: atua com Groovy, Java e desenvolvimento de aplicativos Android e IOS. Motivo da alta demanda de contratação: A necessidade do mercado se voltar cada vez mais para a tecnologia, especialmente empresas que utilizam de plataformas de e-commerce.

3. Gerente da área tributária: profissional de Ciências Contábeis ou Direito Tributário, que possuem um nível intermediário de inglês. Motivo da alta demanda de contratação: necessidade de acompanhar impostos e aumento de inflação, além de uma área que está sendo muito sondada por empresas privadas.

4. Controller: profissional que atua na área de Economia, Ciências Contábeis ou até Administração. Motivo da alta demanda de contratação: as empresas precisam desse profissional para acompanhar e controlar as oscilações de mercado e da economia.

5. Gerente da área de tesouraria e operações: profissional de Economia, Ciências Contábeis, Engenharia ou Administração. Motivo da alta demanda de contratação: profissional que pode ajudar a melhorar o relacionamento comercial de negócios internacionais.

6. Head Jurídico (Departamento): liderança de equipe, consultor e assessor de toda a parte jurídica da empresa. Motivo da alta demanda de contratação: quando as empresas cortam gastos com funcionários de cargos altos, por exemplo, provavelmente vão optar por profissionais com mais bagagem e menos experiência para uma área específica. Um "Head" (cabeça, em inglês), pode ser responsável por um dos setores mais caros para as empresas só pelo fato de ter conhecimento: o jurídico. Além de gerenciar projetos e liderar equipes.

7. Gerente de volume (contencioso): profissional administrativo-financeiro capaz de gerenciar grandes volumes de projetos e processos em geral, avaliar riscos e definir estratégias. Motivo da alta demanda de contratação: devido à crise, muitas empresas acumulam processos devido ao aumento de rescisões e demissões que vem ocorrendo. Por esse motivo, as empresas se voltam para esses profissionais, que atuam de forma híbrida, entre a área cível e trabalhista.

Por Daniela Almeida da Silva


Oportunidades estão abertas em Carapicuíba (SP) para jovens que buscam o 1º emprego.

O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) que fica na cidade de Carapicuíba, no estado de São Paulo, divulgou essa semana que está com oportunidades em aberto para jovens que estão em busca do seu primeiro emprego.

O Governo tem feito uma ampla campanha em busca de incentivar as mais diversas empresas a oferecerem essa oportunidade para os jovens, pois é uma forma deles conseguirem entrar logo no mercado de trabalho e ao mesmo tempo não serem prejudicados nos seus estudos, ou seja, é conhecido como Jovem Aprendiz. Por um lado a empresa tem descontos em impostos, enquanto no outro temos jovens que querem trabalhar e estudar, ficando fora do mundo das drogas, violência e da prostituição.

Com base nisso e não perdendo o foco, o PAT de Carapicuíba avisa que para aqueles que querem disputar esse tipo de oportunidade, eles devem estar em uma faixa que vai da idade de 16 anos até, no máximo, 17 anos e com isso vão ter o direto de participar do processo seletivo para o cargo de Repositor de Mercadorias.

O PAT informou que o cargo de Repositor de Mercadorias é uma vaga destinado para aqueles que ainda não completaram o ensino médio, ou seja, aqueles que tem o ensino médio incompleto podem se inscrever normalmente para essa vaga.

O candidato deve ir até a unidade do PAT que fica localizada na Avenida Presidente Vargas, número 280, dentro exatamente do Centro Administrativo da cidade de Carapicuíba. Nesse local os candidatos devem comparecer em horário comercial no máximo até o dia 16/09, munidos da sua Carteira de Trabalho (CTPS), do RG, do CPF e ainda Cartão do PIS, pois existe a previsão de uma entrevista no dia 17/09/2015.

Por Fernanda de Godoi


Há vagas de trainee abertas em várias áreas no Itaú Unibanco.

As pessoas que terminaram o ensino superior e procuram uma vaga de emprego precisam se atentar às oportunidades que estão sendo divulgadas, como, por exemplo, as vagas que fazem parte do Programa Trainee Itaú Unibanco 2016.

Esse Programa de Trainee Itaú Unibanco tem como principal objetivo fazer a contratação de profissionais que desejam mostrar todo o seu talento, que possuem perfil de empreendedor e capacidade para liderança.

Na verdade, o programa está sendo direcionado para aqueles que desejam entrar no mercado e acelerar o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Caso tenha essas características e deseja atuar nas áreas de Planejamento Jurídico, Relações Governamentais, Wealth Management Services (WMS), LATAM, Setor Jurídico, de Ouvidoria, Finanças, Operações, Negócios e Tecnologia, indicamos que veja abaixo quais são os principais pré-requisitos para fazer o cadastro do seu currículo.

Para se inscrever no Programa de Trainee Itaú Unibanco é necessário ter o ensino superior completo nas áreas de humanas e exatas e possuir inglês avançado ou fluente. A conclusão do ensino superior deve ter acontecido em dezembro de 2013, ou deverá estar prevista para acontecer em dezembro de 2015.

As inscrições estarão sendo aceitas pelo seguinte endereço eletrônico www.itau.com.br/carreira. Acesse esse portal, procure a opção Trabalhe Conosco, depois clique no link Vagas e preencha todos os dados pessoais.

A empresa não informou o valor que vai pagar os funcionários que forem contratados, porém, o valor será de acordo com o mercado, assim como os demais benefícios que são de praxe que são vale-refeição ou alimentação, vale-transporte ou estacionamento no local, assistência médica, assistência odontológica e etc.

O processo seletivo vai ser realizado em diversas etapas, que são: triagem online, testes e provas objetivas, dinâmica de grupo e entrevista pessoal. Aqueles que passarem em todas as fases serão contratados pelo prazo de um ano. Existe a possibilidade de efetivação, mas isso ficará a critério do Banco Itaú.

Para ter mais informações dos detalhes desse programa, indicamos que acesse o site de inscrição e leia o edital.

Por Yasmin Fernandes Robles


Oportunidades estão abertas em cidades da Bahia e São Paulo.

A empresa Casas Bahia está com oportunidades de emprego em aberto. Uma das funções em aberto é para o cargo de Auxiliar de Crédito e Cobrança. Essa vaga é voltada para pessoas com deficiência e para concorrer é necessário ter ensino médio completo e informática básica. O profissional será o responsável por executar serviços gerais de escritório, prestar informações e esclarecimentos aos clientes, entre outros. A vaga é para Ilhéus, na Bahia. Ficou interessado? Então cadastre o seu currículo por meio deste link: casasbahia.ats.hrsmart.com/cgi-bin/a/highlightjob.cgi?jobid=6087&utm_source=indeed&utm_medium=organico&utm_campaign=indeed.

Outra oportunidade oferecida pela empresa é para o cargo de Assistente de Loja, em Campinas, São Paulo. Para participar, o profissional deve ter ensino médio completo, experiência nas atividades do cargo e disponibilidade para trabalhar em shopping. O profissional será o responsável por dar suporte aos vendedores e gerentes da loja e também vai trabalhar nas áreas de Caixa e estoque, relacionado à venda telefônica. Para aproveitar a chance e cadastrar o seu currículo nesta vaga de Campinas é só acessar este link: casasbahia.ats.hrsmart.com/cgi-bin/a/highlightjob.cgi?jobid=6092&utm_source=indeed&utm_medium=organico&utm_campaign=indeed.

A Casas Bahia também está com vaga aberta para a função de Vendedor, em Bragança Paulista, em São Paulo. Para cadastrar o currículo o interessado deve ter experiência na função, conhecimento em informática e também é indispensável ter ensino médio completo. Além disso, é desejável ter superior completo ou cursando, além de conhecimento em eletroeletrônico. Para se candidatar é só clicar neste link: casasbahia.ats.hrsmart.com/cgi-bin/a/highlightjob.cgi?jobid=6077&utm_source=indeed&utm_medium=organico&utm_campaign=indeed.

Há também vaga em aberto para a função de Analista de CSC Júnior, em São Caetano do Sul, em São Paulo. Para participar, o profissional deve ter ensino superior completo em Ciências Contábeis, Administração, Economia ou Direito. O profissional irá atuar em varejo e deve ter conhecimento em rotinas fiscais. Além disso, vai realizar atendimento de fiscalização e auditoria, fazer cálculo de ICMS ST, entre outras funções. Para cadastrar a oportunidade é só clicar neste link: casasbahia.ats.hrsmart.com/cgi-bin/a/highlightjob.cgi?jobid=6080&utm_source=indeed&utm_medium=organico&utm_campaign=indeed.

Compartilhe essa oportunidade de emprego com os seus amigos e sucesso!

Por Babi


Oportunidades estão abertas na empresa para universitários concorrerem a vagas de estágio.

Se você é um jovem universitário e está prestes a terminar a sua graduação, saiba que uma ótima oportunidade de dar o pontapé inicial na sua carreira está sendo oferecida a você, pois uma das maiores empresas do Brasil, a Odebrecht, anunciou que estará selecionando universitários para o seu Programa Jovem Parceiro 2016.

O Programa Jovem Parceiro consiste em selecionar universitários que tenham graduação prevista para dezembro de 2016 e dezembro de 2017 para atuarem na empresa em vagas de estágio.

O estágio será remunerado, porém o valor mensal a ser recebido não foi divulgado, mas a remuneração será compatível com a oferecida pelo mercado de trabalho.

Além da remuneração, os novos estagiários receberão benefícios como: bolsa-auxílio competitiva, assistência médica, vale-transporte, ônibus fretado ou estacionamento, vale-refeição ou refeitório e seguro de vida.

A jornada de estágio será de 30 horas semanais, sendo 6 horas diárias.

As vagas serão para as unidades da Odebrecht situadas nas cidades de Maceió, Marechal Deodoro (AL), Camaçari, Salvador (BA), Recife, Duque de Caxias, Triunfo (RS), Mauá, Cubatão, Guarulhos, Santo André, São Paulo, Porto Ferreira (SP), Palmas, Gurupi e Guaraí (TO) e Goiânia, sendo que os postos de trabalho serão para Negócios Braskem, Odebrecht Ambiental e Odebrecht TransPort.

Os interessados em se candidatar já poderão efetuar inscrição, devendo acessar o seguinte endereço eletrônico: www.jovemparceiro.com.br. O prazo de inscrições será encerrado no dia 17 de setembro de 2015.

A seleção dos candidatos ficou definida para ser executada através de análise de pré-requisitos (a ser realizado em setembro), provas online (a ser realizada em setembro e outubro), dinâmicas de grupo (a ser realizada em outubro e novembro) e entrevista com líderes das áreas as quais serão contratados os futuros estagiários (a serem realizadas em novembro e dezembro).

Os aprovados no processo de seleção assinarão seus contratos de estágio em janeiro de 2016 e darão início as suas atividades logo em seguida.

Por Rodrigo da Silva Monteiro


Empresa oferece 30 vagas de emprego para pessoas com deficiência em São Paulo.

Uma das maiores redes de varejo do Brasil, a Casas Bahia, divulgou no dia 27 de julho, em seu portal eletrônico, uma excelente oportunidade de trabalho para profissionais PcD’s (profissionais com deficiência), a empresa noticiou que estará contratando 30 novos profissionais para integrarem o seu corpo de colaboradores em sua unidade situada na cidade de São Paulo.

O bacana dessa oportunidade, é que a Casas Bahia não está exigindo que os interessados em se candidatar tenham experiência profissional anterior, sendo que somente será exigido ensino médio incompleto, o que abre oportunidade a pessoas que estão em busca do primeiro emprego.

As 30 vagas oferecidas serão distribuídas nas seguintes funções: Auxiliar de Serviços Gerais, Caixa, Auxiliar de Escritório e Auxiliar de Estoque, sendo que a remuneração oferecida para estes cargos não foi divulgada, porém, a remuneração será compatível com a oferecida pelo mercado de trabalho.

Além da remuneração compatível a do mercado, os novos contratados terão direito de receber benefícios trabalhistas como vale-transporte, cesta básica e PLR (Participação nos Lucros e Resultados).

Os interessados em se candidatar a esse processo seletivo de emprego deverão comparecer (somente às quintas-feiras), a partir das 9h, na loja da Casas Bahia que fica situada no seguinte endereço: Praça Ramos de Azevedo, 131 – 7º andar, Centro.

No momento de apresentação diante do representante da Casas Bahia, os candidatos deverão estar munidos de RG, CPF, currículo atualizado e um laudo médico atualizado e autenticado que comprove que o interessado é portador de deficiência.

A Casas Bahia é uma empresa reconhecida nacionalmente e que está atuando no mercado brasileiro há mais de 60 anos. É uma rede que comercializa diversos produtos como: eletrodomésticos, eletroeletrônicos, móveis e utilidades domésticas. Atualmente a empresa possui um corpo de colaboradores composto por mais de 55 mil funcionários distribuídos em 650 lojas com sedes em 18 estados brasileiros, além do Distrito Federal.

Por Rodrigo da Silva Monteiro


Há oportunidades abertas em diversos cargos na Locaweb.

A empresa Locaweb, líder no segmento de Hosting & Infrastructure Services que atua no Brasil e na América Latina informou que está em busca de profissionais preparados e capacitados e que aceitem novos desafios profissionais e que estejam dispostos a evoluir pessoalmente e profissionalmente junto com a empresa.

As novas oportunidades de trabalho serão para profissionais que possuam residência em São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ), sendo que serão contratados os seguintes profissionais: Administrador de Sistemas Pleno (local de trabalho – Vila Andrade – São Paulo), Coordenador/Arquiteto de Infraestrutura (local de trabalho Rio de Janeiro), Desenvolvedor de Sistemas, Designer Visual Pleno e de Experiência do Usuário Pleno (local de trabalho Vila Andrade – São Paulo), Engenheiro de Arquiteturas Web Sênior (local de trabalho Vila Andrade – São Paulo) e Executivo de Vendas (local de trabalho Morumbi – São Paulo).

Para candidatura a empresa exige escolaridade diferente para cada cargo, sendo que os candidatos a cada cargo deverão verificar qual a escolaridade exigida. A escolaridade poderá ser de ensino superior completo ou cursando, em alguns casos o profissional deverá possuir até pós-graduação e inglês em nível fluente ou avançado.

 O regime de trabalho dos novos contratados será o regido pela CLT (Consolidação de Leis do Trabalho).

Os valores salariais que serão pagos para cada cargo não foram informados, nem os benefícios oferecidos.

Os interessados em participar do processo de seleção deverão acessar o endereço eletrônico da Locaweb (jobs.i-hunter.com/locaweb) e efetuar cadastro no sistema eletrônico. No site também será possível conferir informações mais detalhadas da experiência profissional anterior requerida pela Locaweb e também sobre as responsabilidades de cada cargo.

A Locaweb atua no ramo de Hosting & Infrastructure Services oferecendo planos de serviços de hospedagem de sites, de revenda de hospedagem Plesk, Revenda de hospedagem cPanel, domínios – registro e transferência, auxílio na montagem e administração de blogs e de sites. 

Por Rodrigo da Silva Monteiro


Opiniões dos especialistas da área são divergentes, mas a maioria diz que o assunto deve ser abordado na reta final da seleção.

Entrevistas de empregosempre dão um frio na barriga e trazem alguns questionamentos como, por exemplo, a questão salarial. A dúvida que sempre surge: "Em que momento da entrevista se deve falar sobre o salário?".

Especialistas da área de Recursos Humanos têm opiniões divididas, mas a maioria (cerca de 30%) diz que o assunto deve ser abordado na reta final da seleção. Esses dados foram tirados de um estudo realizado em 2014, feito pela Robert Half. Nesse estudo foram consultados 1.675 diretores de RH. Além dos 30% que acham que o salário deve ser abordado no final do processo seletivo, 27% disseram que só se deve abordar a pretensão salarial a partir da segunda entrevista e 14% diz que o candidato não deve abordar o assunto e sim, o empregador. Mas uma grande parte acredita que o momento ideal para isso é a primeira entrevista (29% deles).

Abordar a questão salarial logo de cara, é complicado. Claro que é importante saber, afinal, ninguém quer trabalhar de graça ou ser mal remunerado. Acontece que isso pode passar uma imagem ruim, pode parecer que o interesse maior é o salário e não a função, o que a empresa tem a oferecer e tudo mais – considerando, é claro, a forma de abordagem, porque em algum momento isso será necessário.

Especialistas dão dicas para a abordagem e para negociação de salário:

1.  Fique por dentro dos números:

O candidato deve estar muito bem informado sobre as tendências salariais – considerando o cargo, a cidade e o mercado. Consultar fontes como pesquisas e publicações, bem como consultar colegas de trabalho e recrutadores ajuda bastante.

2. Esteja munido de argumentos:

Bons argumentos derrubam até as barreiras mais resistentes. O candidato deve estar preparado para falar sobre suas competências e sobre o quanto pode ser útil e o quanto pode colaborar com a empresa.

3. Não se precipite na conversa:

O candidato deve estar a par de todas as funções do cargo e do que esse cargo representa na empresa, deve estar certo de que esclareceu todas as dúvidas antes de começar a falar sobre a remuneração.

E a dica mais valiosa é ‘ter feeling’, saber a hora exata de trazer o assunto à conversa ou de perceber que o assunto será abordado pelo entrevistador.

Por Elia Macedo


Inscrições podem ser realizadas até o dia 23 de agosto de 2015.

Se você está em busca de uma oportunidade em uma grande empresa fique atento a esta notícia: a Rodobens está recrutando novos talentos para a empresa por meio de seu Programa de Trainee.

De acordo com as informações dadas pela própria empresa, a procura é por jovens empreendedores que apresentem características especiais como criatividade, pensamento analítico e que não tenham medo de enfrentar desafios.

A Rodobens destaca que seu Programa de Trainee é a principal porta de entrada de novos talentos na empresa. A companhia ainda ressalta em sua página que oferece uma oportunidade única para os participantes. Isso se justifica quando se observa a diversidade dos negócios realizados pela Rodobens. Além disso, a empresa conta com uma atuação em oito segmentos diferentes.

Requisitos para participação:

Para esta edição de seu programa de trainee a Rodobens está à procura de profissionais que tenham a formação situada para o período entre julho de 2012 e julho de 2015.

Com relação aos cursos que estão sendo focados a informação é de que são os seguintes: Sistemas de Informação, Marketing, Ciências da Computação, Ciências Contábeis, Engenharias, Economia e Administração de Empresas.

A Rodobens destaca ainda que é imprescindível que os profissionais tenham disponibilidade para realizarem viagens e também para se mudarem.

Conhecimentos do pacote Office e Inglês de nível intermediário também são requeridos.

Inscrições:

Para essa edição a Rodobens estará recebendo as inscrições dos candidatos interessados até o dia 23 de agosto de 2015. Os candidatos interessados em aproveitar essa oportunidade poderão se inscrever na própria página da empresa. O endereço eletrônico é o seguinte: www.rodobens.com.br/trainee/paginas/inscricao.aspx.

A empresa não deu informações detalhadas a respeito dos salários oferecidos ou benefícios que serão percebidos pelos profissionais selecionados e contratados.

Sobre a empresa:

A Rodobens atua no setor financeiro e também no de varejo automotivo. A empresa é parte integrante de um dos maiores grupos empresariais do Brasil dentre as empresas que compõe esse grupo destacamos a Rodobens Veículos Comerciais, Banco Rodobens, Rodobens Siminovos e Rodobens Leasing e Locação.

Para conhecer mais sobre a empresa acesse o site www.rodobens.com.br.

Por Denisson Soares


Se o profissional ficar parado em um determinado ponto da carreira, perde a chance de crescer e progredir na empresa onde trabalha. É preciso saber evitar isso.

Durante a carreira profissional é comum ter altos e baixos. É preciso que o caminho seja feito de aprendizado, para que os erros sirvam de boas lições para o futuro. Além disso, também é fundamental que o profissional busque fazer um planejamento profissional, para facilitar as tomadas de decisão, encontrar novas possibilidades e saber a melhor direção.

Entretanto, um mal perceptível que existe no mundo corporativo é a estagnação profissional. Desta forma, o profissional fica “parado” em um determinado ponto da carreira, perdendo a chance de crescer e progredir na Organização em que trabalha. Mas, como evitar isso?

– Planejamento de tempo: ele é fundamental!

Já pensou em gerenciar as horas do seu dia? Faça a hora do seu trabalho ser produtiva, ou seja, estabeleça prioridades durante o seu tempo disponível do trabalho. Foque nas suas tarefas e defina quais demandas são importantes.

– Estabeleça metas!

É essencial estabelecer metas e desafios diários no seu trabalho. O planejamento é importante em todos os setores, desde uma viagem de férias com a família como na carreira. Portanto, no dia a dia de trabalho estabeleça metas reais, que devem ser cumpridas. Mas, estabeleça desafios que sejam ousados, ou seja, tente superar o seu próprio limite. Planejamento é um bom aliado para o sucesso.

– A importância da qualificação.

O mercado está competitivo, portanto, busque se qualificar e atualizar. O mundo está dinâmico e as mudanças ocorrem de forma rápida. Por isso, fique por dentro das atualizações, cursos e projetos novos, que possam existir na área em que atua. Além disso, um profissional que é bem qualificado esta entre opções para uma promoção, por exemplo.

– O autoconhecimento é fundamental.

Você conhece a si próprio? Ele é essencial para que você possa evoluir profissional e pessoalmente. Procure descobrir e desenvolver as suas possibilidades para encontrar o sucesso, que está te esperando e conquistar resultados excelentes. É preciso se conhecer, que tal dar o primeiro passo?

Sucesso e boa sorte!

Por Babi


Algumas estratégias podem ser adotadas para que a insegurança e o desânimo não afetem o seu trabalho.

Mesmo que amemos nosso trabalho, às vezes, somos tomados por sentimentos como insegurança ou desânimo. Nessas horas, é preciso ter estratégias para aumentar a satisfação no trabalho.

Inclua algo que você ama na sua rotina: Todos nós temos alguma tarefa que mais nos agrada no trabalho, não é mesmo? Quanto mais você tiver contato com essa tarefa, maior será a sua satisfação. Se não encontrar nada no trabalho, separe um momento de distração após o expediente. Dessa forma o dia a dia será muito menos pesado.

Saia com os amigos de trabalho que te fazem bem: É importante criar boas relações com os colegas de trabalho. Uma boa forma de estreitar os laços é criar rotinas de saídas com os amigos mais agradáveis do ambiente de trabalho. Pode ser um almoço ou um happy hour, mas o importante é não deixar que esses laços se percam.

Apoie seu chefe: Encare seu chefe como uma pessoa que irá lhe ajudar, e como uma peça essencial para o crescimento da empresa. Esteja sempre atento para apoiá-lo e também auxiliá-lo quando for necessário. Ao ter um bom relacionamento com o superior, o ambiente de trabalho será muito mais agradável.

Não adie metas ou planos: Se você tem um projeto, é importantíssimo fazer com que ele seja posto em prática. Ao adiarmos nossas ideias, a frustração pode nos alcançar de forma cruel. Organize suas metas e tenha um bom plano para apresentar suas ideias aos superiores. Mesmo que sua proposta não seja aceita logo de cara, você será elogiado pela coragem e iniciativa, o que poderá motivá-lo para melhorar sua proposta ou apresentar outras mais interessantes. E um funcionário com iniciativa vale muito para a empresa.

Cumpra suas tarefas: Se você se propôs a fazer alguma tarefa ou projeto, não o adie. Nada mais frustrante que adiar algum serviço. Isso traz cansaço e desânimo para o funcionário. Engaje-se no que lhe for proposto e colha os frutos de um bom trabalho.

Por Patrícia Generoso


Recrutadores buscam pessoas que tenham ética profissional para trabalhar nas empresas.

O mercado profissional está competitivo e os profissionais precisam investir em cursos, especializações e conhecimentos diversos para alcançar uma boa posição na empresa. Mas, também, é fundamental que o indivíduo tenha princípios e valores, além de um pré-requisito, que é imprescindível: a ética.

A ética está relacionada aos valores morais que guiam e fazem parte do comportamento da pessoa. Desta forma, ser ético é seguir com afinco as regras que fazem parte do cotidiano da sociedade e da Organização. No ambiente profissional, a ética é um dos requisitos principais buscados pelos recrutadores. Que tal conferir algumas dicas sobre o assunto no ambiente de trabalho?

– A importância da humildade!

A humildade é uma característica essencial que todo profissional deve procurar desenvolver. A pessoa deve saber escutar elogios, críticas e ter maturidade para saber lidar e aprender com os seus erros. Assim, procure aprender com as pessoas ao seu redor e seja flexível com as opiniões alheias, principalmente, se elas forem muito diferentes das suas.

– Seja honesto.

Tenha honestidade e procure agir dentro dos seus valores e princípios. A honestidade está ligada à dignidade, portanto, tenha caráter no seu ambiente de trabalho. Cumpra os seus compromissos, assuma os seus valores e respeite as pessoas ao seu redor.

– Assuntos Sigilosos? Guarde para você mesmo.

Nas empresas, existem assuntos que são sigilosos e devem ficar apenas entre os membros da Organização. Portanto, respeite os assuntos privativos da sua empresa e não os comente com familiares ou amigos. Lembre-se de que o seu dever é manter segredo e não expor as informações relacionadas ao local em que trabalha.

– Respeite as pessoas.

Tenha respeito pelo próximo, seja pelo seu chefe, subordinado, porteiro, ou seja, qualquer membro da empresa. Não perca tempo falando mal de pessoas ou espalhando fofoca.  Isso pode te atrapalhar na empresa e ainda estragar a sua imagem. Portanto, não faça comentários desnecessários na Organização.

Gostou das dicas? Deixe a sua opinião!

Por Babi


Com a crise atual, algumas profissões foram afetadas e os profissionais demoram mais tempo para voltar ao mercado de trabalho.

Depois da demissão, a expectativa dos profissionais é a recolocação o mais breve possível no mercado de trabalho, mas algumas profissões oferecem tempos um pouco maiores para que o profissional volte às suas atividades. Os motivos são diversos: falta de novas oportunidades, processos de contratação longos ou maior demanda de profissionais no mercado. Conheça as profissões que demoram mais para recolocar o profissional no mercado.

– Supervisor de Obra: O motivo principal da demora é a falta de novos lançamentos no setor imobiliário, já que um grande volume de obras já foi lançado. O profissional dessa área demora de 6 meses a um ano para se recolocar no mercado.

Engenheiro de Projetos Industriais: O cenário político atual faz com que a indústria passe por uma acentuada queda de investimentos e, consequentemente, um aumento nas atividades produtivas. Como a crise atingiu esse mercado, as empresas estão preferindo investir em manutenção, ao invés de lançar novos projetos. O tempo médio de recolocação do profissional é de 6 meses.

Analista ou Coordenador de Marketing: Esse profissional pode esperar até seis meses para uma nova oportunidade profissional, e isso ocorre porque em cenários de crise a área de marketing e comunicação é sempre mais comprometida.

Analista de Suporte: Embora as empresas tenham alta demanda de profissionais de suporte, a exigência de profissionais fluentes em espanhol e inglês dificulta a recolocação de profissionais fluentes em só um dos idiomas. O profissional dessa área pode ficar até 5 meses à procura de uma nova vaga.

Analista de Recrutamento e Seleção: Seis meses é o tempo médio de recolocação dos profissionais de RH. Essa área é afetada pela própria precaução do mercado em novas contratações. Se não há grande demanda de contratações, essa área perde um pouco mais de sua importância e as empresas acabam por chamar pouco esses funcionários. Deixando os funcionários à procura de novas vagas mais tempo desempregados.

Por Patrícia Generoso


É essencial saber administrar melhor o tempo e ter planejamento para o dia de trabalho render da melhor maneira possível.

As pessoas ficam sonhando com formas mirabolantes que vão lhes ajudar a ganhar tempo no trabalho, sem se darem conta de que, com dicas simples, poderão conseguir arranjar mais tempo para o trabalho, de forma surpreendente.

E a primeira dica é se conhecer bem, para administrar melhor o tempo, pois as pessoas acham que são capazes de fazer muitas coisas ao mesmo tempo e vão acumulando funções, a agenda vai ficando cheia e no final a pessoa acha que não teve tempo para o trabalho, mas na verdade, ela é que não soube administrar o seu tempo, trazendo para si um número maior de tarefas do que consegue realizar.

A dica então é "Planejamento", pois conhecendo os seus limites e não assumindo um número excessivo de trabalho. Faça um planejamento do que você tem que fazer para os próximos dias, mas de acordo com o seu limite e não com a sua vontade.

Outra dica fundamental é saber lidar com as novas tecnologias que hoje temos à nossa disposição. Em qualquer lugar que estivermos, podemos ficar online para os amigos e familiares, por isso, durante o trabalho, pode ser que começamos a receber mensagens dos amigos ou nós mesmos sintamos aquela vontade de conferir o que eles andam fazendo.

Acessar as redes sociais virou um vício para muitas pessoas que dedicam boa parte do seu tempo a esta função, tempo este que deveria ser dedicado ao trabalho. Resultado: vai faltar tempo para realizar o trabalho que ficará para o outro dia que já está repleto de outros trabalhos.

Precisamos entender que não há como "ganhar tempo", pois o dia tem 24 horas para todas as pessoas. Quando dizemos que há formas de "ganhar tempo no trabalho", na verdade estamos querendo dizer é que há métodos que ajudam as pessoas a administrarem melhor o seu tempo. E você vai ter que aprender a lidar com esta nova tecnologia, deixando o seu smartphone, tablet ou computador desconectado das redes sociais, consultando informações pessoas somente na hora do almoço ou na parada para o cafezinho, com isto, você poderá se concentrar melhor no trabalho, vai lhe sobrar tempo para realizar as funções e com certeza, você verá seu dia "render" muito mais.

Tudo parece realmente simples, mas as pessoas estão tendo uma dificuldade enorme de ficarem longe da internet para se dedicarem exclusivamente ao trabalho, então comece por aí, mantendo o foco nas funções que precisa realizar no trabalho.

E aprenda a se planejar, se for o caso até compre uma agenda, anote tudo que precisa fazer hoje, amanhã e depois, veja o que é prioridade e tende cumprir o que você planejou para o dia, desta forma estará se autoconhecendo e aos poucos vai descobrindo qual é o seu limite no trabalho, mas sempre com o cuidado de querer dar o melhor de si, já que o ser humano tem uma tendência natural de não render tanto quanto deveria, quando o assunto é trabalho.

Por Russel


Ser líder pode não ser uma tarefa fácil, mas é preciso ficar atento para sempre melhorar a postura no ambiente de trabalho.

Ser líder no trabalho pode não ser a melhor das tarefas, pois você terá que estar atento para a melhor maneira de lidar com a equipe e as diferentes opiniões e personalidades das diversas pessoas que a formam. Por essas dificuldades, é normal o profissional que ocupa a liderança se perguntar como melhorar sua postura no ambiente de trabalho. Confira algumas dicas:

– Ler sobre a área: Procurar dicas sobre sua área é a melhor opção para conhecer melhor as saídas para problemas difíceis ou que você ainda não encarou. Muitas vezes não temos um mentor profissional, alguém com quem possamos nos identificar e tirar as dúvidas. Buscar ajuda em livros voltados para essa área é a melhor opção para enriquecer seus conhecimentos de forma válida e certa.

– Ter amigos experientes: Nem sempre temos amigos com experiência, mas se você tiver a sorte de contar com algum amigo que tenha mais experiência que você, não deixe essa chance escapar! Converse com ele e absorva dicas importantíssimas para sua carreira. Um profissional mais experiente também pode aumentar seu círculo profissional, estreitando laços importantes para o dia a dia na empresa.

Além disso, amigos que sejam discretos também podem te ajudar nas relações interpessoais, mas é realmente preciso estar atento para que os amigos em questão sejam de plena confiança, para que assuntos profissionais não sejam vazados.

– Manter-se persistente: Por mais que os desafios da liderança sejam grandes e a vontade de desistir por vezes apareça, tenha em mente que para ser um bom líder é preciso ter também firmeza e não transparecer suas fraquezas. O que se espera de uma pessoa em posição de liderança é que ela conduza a equipe, que seja a sua referência. Continue refletindo sobre suas práticas e buscando novas estratégias, seja com o auxílio de livros ou profissionais da área. Fazendo isso, você estará colaborando para o fortalecimento de sua equipe, e fazendo com que esta siga o seu exemplo de perseverança e garra profissional.

Por Patrícia Generoso


Empresa oferece vagas em São Paulo, Suzano e Jacareí.

O Programa de Estágio da empresa Clariant, que atua no segmento químico, abre as inscrições voltadas para estudantes que contem com o nível técnico ou superior de ensino. As chances são para que os selecionados atuem em São Paulo, na capital, e também em Suzano e Jacareí, que se situam na região metropolitana paulistana.

Vagas para nível superior:

As chances são voltadas para áreas como Bioquímica, Ciências Contábeis, Comércio Exterior, Farmácia, Marketing, Economia, Comunicação Social, entre outras.  A graduação dos cursos em questão deve ser finalizada até o mês de junho de 2017.

Vagas para nível técnico:

Para esses estudantes, a Clariant abre vagas para as áreas de Eletrônica, Automação Industrial, Mecatrônica, Mecânica, Eletrotécnica, Plásticos, Segurança do Trabalho, Química e Têxtil.

Como participar?

Para fazer parte do programa de estágio é necessário ter 18 anos, no mínimo, noções de informática e inglês. Aqueles que apresentarem noções de espanhol podem contar com um diferencial.

Em termos de bolsa-auxílio, o valor oferecido não foi divulgado, mas será compatível com o que é praticado no mercado. Os benefícios oferecidos ficam em auxílio-transporte, seguro de vida, recesso remunerado, entre outros.

A missão desse programa de estágio é possibilitar que os profissionais contem com condições para que desenvolvam o seus conhecimentos em termos acadêmico-profissional e pessoal.

A inscrição deverá ser feita no site da organizadora da seleção, a Cia de Estágios – ciadeestagios.com.br –  e clicar na aba “Estudantes”. Depois, é só clicar no logotipo da empresa Clariant e fazer a sua inscrição.

Dicas para estagiários:

– O estagiário deverá encarar o estágio como um emprego de verdade. Mesmo tendo esse título, o estudante deverá fazer o trabalho como se fosse um funcionário efetivo da organização. Se valorizar o seu cargo, as chances do empregador valorizar você aumentam. Se estiver pronto, peça mais responsabilidades e não espere que as mesmas cheguem até você.

– Pedir ajuda nem sempre é confortável. Uma dica é sempre ter um colega ou tutor que possa lhe auxiliar quando possível. Isso deixa você mais seguro com seu trabalho. Com o tempo, consiga ter mais intimidade para que seja possível perguntar e também, por que não, responder a questões de outras pessoas. 


Parceria entre CIEE e Santander possibilita a oferta de 500 vagas de estágio.

Uma parceria feita com o Centro de Integração Empresa-Escola, o CIEE, possibilita ao Santander Brasil fazer o lançamento do seu Programa de Estágio Santander Universidades. O objetivo é oferecer 500 vagas para estudantes de nível superior. Os aprovados irão atuar em pequenas e médias empresas que estão na base de clientes do banco.

A demanda de estagiários vai ficar na dependência das necessidades de cada uma das empresas. Com isso, estudantes de várias áreas da graduação poderão se inscrever. As chances são voltadas para todo o Brasil e o recrutamento deverá ser feito ainda neste ano de 2015.

A jornada de trabalho dos estagiários será de quatro horas pelo dia com contrato de quatro meses. Essa é a edição brasileira do programa de estágio, o qual conta com iniciativas em todo o mundo. Hoje, são mais de 27 mil estagiários que trabalham na Argentina, México, Portugal, entre outras regiões.

Como se inscrever?

Para fazer parte desta grande oportunidade de estágio, é necessário acessar o site da organizadora, o CIEE – ciee.org.br – e fazer o seu cadastro. Será o CIEE que administrará a seleção dos alunos nas instituições de ensino superior que estejam conveniadas ao Santander Universidades. Serão 3 mil estagiários que deverão ser contratados nos próximos três anos, segundo o Santander.  

Dicas para estagiários:

– Não se atrase para o trabalho. Se você não chega na hora exata, vai demonstrar que não dá valor à sua posição na empresa. Pode ter a certeza que muitos estudantes dariam tudo para estar na sua posição. Valorize o que conseguiu.

– Use o estágio para que você consiga fazer um networking, ou seja, é uma grande oportunidade para o estudante criar uma rede de contatos. Isso pode, futuramente, abrir portas para novos empregos na sua área. Fique de olho nas oportunidades de fazer contatos.

– Faça um cartão com uma breve apresentação sua. Por vezes, isso pode ser dado até pela empresa em que começa o estágio ou pela sua universidade. Isso ajuda quando alguém quiser lhe contatar. Sempre peça permissão da empresa e/ou universidade para usar o nome dos mesmos. 


São oferecidas 47 vagas de estágio nos Estados de Minas Gerais, São Paulo, Sergipe e Goiás.

A empresa Vale Fertilizantes (indústria química) está recebendo as inscrições para o Programa de Estágio 2015. No total, são 47 vagas para pessoas de nível técnico e superior. As chances são voltadas para as regiões de Minas Gerais, São Paulo, Sergipe e Goiás.

Vagas de nível superior:

Os estudantes terão o estágio de um até dois anos, sendo que a jornada de trabalho será de seis horas ao dia. É necessário contar com a conclusão do curso prevista para agosto de 2016 e agosto de 2017. As áreas que contam com vagas são Administração de Empresas, Engenharia de Produção, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Psicologia, Direito, Comunicação, Pedagogia e Economia.

Vagas de nível técnico:

Nesse caso, o estádio contará com duração de um ano e uma jornada de trabalho de seis horas ao dia. A conclusão do curso deve ficar em até um ano ou também para recém-formados em áreas como Laboratório, Química, Meio Ambiente, Mineração, Segurança do Trabalho, Eletrônica, Mecânica, Elétrica, Instrumentação e Eletromecânica.

A bolsa-auxílio fica em R$ 800 (técnicos) e R$ 1.300 (nível superior). Haverá também benefícios como vale-transporte, transporte fretado, vale-refeição, alimentação na empresa, assistência médica e seguro de vida.

Os inscritos no programa terão etapas de prova online, análise de currículos, entrevistas e dinâmicas de grupo. Os estagiários vão contar com um acompanhamento constante e receber feedbacks para um melhor aproveitamento dos profissionais.

A sua inscrição deve ser feita no site da Vale Fertilizantes – valefertilizantes.com – clicando na aba “Carreiras” até o dia 6 de julho de 2015.

Dicas para estagiários:

– Saber o que quer é importante. O estagiário deverá ter noção de onde pretende chegar. Quando seleciona um curso, você deverá entender em qual área pretende ir em frente. Depois disso, tendo as possibilidades certas, selecione aquela que fique mais próxima de seu objetivo.

– Ter disciplina é essencial. Precisa acordar cedo? Acorde. Tenha um ritmo de vida organizado. Seja sempre pontual em seu trabalho. Essas qualidades vão transmitir para a empresa e outras pessoas que você tem boa organização e é responsável pelo seu trabalho. 


Algumas profissões garantem bons salários e ainda ótimas oportunidades de viajar pelo mundo.

O sonho de várias pessoas é ter um trabalho que seja possível fazer muitas viagens ao redor do mundo. Nesta matéria vamos trazer algumas profissões que farão com que você possa viajar e trabalhar ao mesmo tempo. Confira!

Voe alto sendo comissário de bordo:

Nessa função, você dará assistência para os passageiros do voo e fazer com que a viagem seja o mais confortável possível. Para trabalhar nessa área, é necessário um bom tato com o público. Gostar de avião nem seria necessário falar que é preciso, uma vez boa parte do seu dia passará dentro de um. Para que seja possível ingressar nessa carreira, geralmente, o requisito é ter o inglês fluente e um curso específico para a área. O site da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) você pode encontrar mais detalhes da profissão.

Voe também como piloto de aeronave:

Essa carreira possibilita que o profissional atue na aviação civil ou na aeronáutica. A pessoa poderá aprender a lidar com aeronaves de portes distintos como monomotores, helicópteros, aviões comerciais, entre outros. É necessário que o profissional tenha licenças distintas para ser piloto comercial e privado.

A profissão de Guia de Turismo:

Nela você poderá viajar muito e acompanhar turistas, organizar viagens e até montar um roteiro. Você deverá ter cursos na área e, se tiver a pretensão de atuação fora do país, deverá ter uma carteira especial que possa comprovar a sua habilidade na área. Algumas empresas que fazem o Free Walking Tours, não fazem a exigência de formação em turismo. O inglês fluente, normalmente, é sempre pedido.

A área de Geólogo:

Nessa profissão, o trabalho exige viagens com uma frequência grande, sendo que a maior parte delas será para áreas remotas ou em zonas rurais. Se você curte a natureza e fazer viagens para esses tipos de destinos, a profissão de geólogo é uma boa pedida.

As várias facetas do Serviço Humanitário:

Nesse ramo você poderá trabalhar em organizações como a WWF, Gree Peace, Médico Sem Fronteiras, entre outros. Elas trabalham em todo o mundo e sempre estão ligadas aos direitos humanos e também ao meio ambiente. Essas organizações são famosas por seus trabalhos de voluntariado, mas, em certos casos, você pode conseguir um emprego fixo e ter uma carreira. A pessoa viaja bastante, mas deve estar ciente que é para áreas pobres, com conflitos ou que foram afetadas por desastres naturais. Entre as áreas que estão englobadas, citamos as de Comunicação, Medicina, Administração e Engenharia.

Os Arqueólogos:

Nessa profissão, o trabalho é voltado para explorar, analisar e conservar áreas de materiais que estavam em sociedades antigas. Vai exigir da pessoa muitas viagens, as quais também são feitas, geralmente, para áreas mais remotas.

Vou trabalhar em um Cruzeiro:

São várias as áreas que você poderá entrar trabalhando em cruzeiros. Elas passam pelo atendimento ao público, entretenimento, hotelaria, cozinha, entre outros. O domínio da língua inglesa aqui é essencial. O profissional vai viajar por diversos locais no mundo e rende uma boa remuneração. O interessado deve estar ciente que o trabalho é árduo e, muitas vezes, mais de oito horas por dia.

Serei Diplomata:

A função vai exigir que a pessoa represente o Brasil frente a outros países. Essa profissão é uma das que contam com melhor salário. Para aqueles que gostam de viajar, essa pode ser a grande oportunidade, uma vez que o passaporte vai lhe dar possibilidade de ir para praticamente todos os lugares do mundo, sem problemas com a imigração. A área de diplomata exige que a pessoa passe no concurso do Instituto Rio Brasil e a concorrência é enorme.

Comunicação Social (Jornalismo, Cinegrafia e Fotógrafo):

Essas áreas podem possibilitar que você seja um correspondente internacional de alguma empresa do ramo. A área de jornalismo de viagens tem boa procura ou o profissional ainda poderá atuar como freelancer. O jornalismo esportivo é outra área que pode promover que a pessoa faça viagens: Copa do Mundo e Olimpíadas são bons exemplos. Para fotógrafos e cinegrafistas eles viajam e vendem os trabalhos realizados em outros países na internet ou alguma empresa os contratam para isso.

A função do intérprete e tradutor:

O requisito é a formação em letras. O profissinal poderá atuar como tradutor de livros, de filmes, de documentos, de áudios, eventos ao vivo, entre outros. A exigência de ter domínio de diferentes línguas é um dos principais requisitos.

Atuação com Comércio Exterior:

A função faz com que o profissional atue com a relação de compra e na venda de produtos e outros serviços com empresas de fora do Brasil ou também com órgãos do governo do exterior. Isso possibilita que o profissional faça muitas viagens para realizar suas funções. 


Se está passando por algum conflito ou problema, tente mudar o foco e faça uma pausa produtiva. Após um período as ideias começam a voltar e a solução aparece.

Como você lida com um com problema? Tende a ficar pensando nele durante muito tempo do seu dia? Não consegue se concentrar em nada, até encontrar uma boa solução? Uma das maneiras mais eficazes para encontrar boas ideias é durante uma pausa produtiva. Justamente em situações inusitadas do dia, podemos encontrar boas soluções. Por exemplo, você já teve uma boa ideia enquanto lavava uma louça? São em pequenos momentos do cotidiano que boas soluções podem surgir.

Não podemos ter controle de todas as situações, certo? Problemas podem surgir no trabalho, na família ou durante um simples passeio. Mas, quando perdemos o foco do conflito e prestamos atenção em outras coisas, a solução tende a surgir.

Que tal parar de pensar sobre o problema um pouco? Aproveite para fazer uma pausa e mudar o foco da sua atenção. Levante-se para dar uma volta no quarteirão ou beber um café com o colega do seu trabalho. A pausa produtiva é o momento para você relaxar e se distrair, e ela é eficiente porque você não vai estar focando o problema. A mente tende a bloquear memórias enquanto fica focada no problema, sabia?

Quando você muda a sua atenção e faz intervalos produtivos, ou seja, começa a pensar sobre outros assuntos, as suas ideias voltam a aparecer e o bloqueio tende a desaparecer. Assim, você passa a enxergar as coisas de outra maneira com uma visão, totalmente, diferente, e as soluções, simplesmente, aparecem.

Saber lidar com conflitos é fundamental no ambiente de trabalho, sobretudo para manter o clima harmônico e produtivo. Estabelecendo intervalos produtivos podem surgir soluções inesperadas para os seus problemas, porque você muda o foco da sua atenção por um instante.

Por isso que muitas vezes aparecem ideias criativas durante um banho ou outra atividade normal do seu dia a dia. Portanto, que tal fazer pausas produtivas para lidar com os conflitos do cotidiano?

Gostou da ideia? Deixe a sua opinião!

Por Babi


O primeiro passo é identificar seus pontos fortes e listá-los. Após feito isso, treine como falar sobre eles. Isso lhe dará maior confiança e vai lhe ajudar a se conhecer melhor.

O candidato a vagas de emprego sempre quer que as empresas o considerem o candidato ideal para a vaga, mas na hora da entrevista, quando são questionados sobre seus pontos fortes, a grande maioria fica sem saber o que responder e não podia ser diferente, pois as pessoas têm uma grande tendência a apontar seus defeitos, dando pouca importância aos pontos mais fortes.

Para crescer profissionalmente, é indispensável que você saiba quais são os seus pontos fortes, porque se nem você sabe, como as empresas poderão saber para contratá-lo ou promovê-lo?

O primeiro passo para desenvolver seus pontos fortes é identificá-los e fazer uma lista com todos eles, para não correr o risco de esquecer algum. Você deverá começar, listando as suas habilidades, tudo aquilo que você aprendeu profissionalmente, principalmente o que já foi colocado em prática, pois assim você terá certeza que é realmente um ponto que você domina. Mas você pode listar pontos fortes que já possui há muitos anos atrás, por exemplo, ser uma pessoa determinada, esforçada, atenciosa, bem humorada, entre outros.

Outra dica é perguntar aos colegas e amigos, para que eles lhe ajudem a listar seus próprios pontos fortes, pois é muito comum que outras pessoas notem em nós, pontos que nós mesmos ainda não observamos e você vai se surpreender ao ouvir o que as pessoas mais próximas vão falar sobre seus pontos fortes. Isso é bom, pois vai lhe ajudar a se conhecer melhor, o que é indispensável para que você possa conhecer seus próprios pontos fortes.

Você pode fazer uma experiência já bastante conhecida, que o ajudará bastante, que é a "autocontratação" e funciona assim: faz de conta que você está precisando contratar um funcionário e você mesmo será o candidato, então pergunte a você mesmo, por que deveria ser contratado, o que você tem a oferecer para a empresa e se possível, faça isso diante de um espelho, ou melhor ainda será se você puder gravar sua resposta.

Ouça depois e preste atenção se você está realmente enumerando todos os seus pontos fortes, que já foram listados, ou se esqueceu de algum.

Treine várias vezes, com a lista de pontos fortes à sua frente, isso vai lhe ajudar a se conhecer melhor e a ter mais segurança nas respostas em uma próxima entrevista de emprego.

Por Russel


Oportunidade visa selecionar trainees e estagiários para atuarem na empresa em Belo Horizonte (MG).

A Localiza abriu inscrições para seu Programa Jovens Talentos com objetivo de captar trainees e estagiários para atuar junto à unidade de Belo Horizonte (MG). São dois processos seletivos: para “Jovens Profissionais”, destinado a profissionais recém-formados, os quais devem ter concluído o ensino superior no último ano, e para estágio, direcionado a alunos do penúltimo e último ano da faculdade.

Adriana Baracho, gerente de Seleção de Pessoas da Localiza, afirmou que o objetivo dos programas é de captar profissionais talentosos, com espírito inovador, ativos e com perfil semelhante a cultura e valores da companhia. “Buscamos pessoas com postura proativa, que gostem de trabalhar por resultados”, concluiu.

Para participar do programa “Jovem Profissional”, é preciso ter se formado recentemente nos cursos de Publicidade, Administração, Ciências Contábeis, Economia, Engenharias (todas), Marketing e Tecnologia da Informação. São requisitos o inglês em nível avançado e a possibilidade de viagens para outros estados e mudanças.

A duração do programa é de um ano e neste período os selecionados irão passar por diferentes treinamentos em um processo de desenvolvimento direcionado e diferenciado. O sistema será de job rotation, visando à área que mais pode aperfeiçoar suas habilidades. O treinamento e as capacitações também têm o objetivo de capacitá-los para ocupar posições de liderança e de analistas.  

Os selecionados receberão salários competitivos, assistência médica e dentária, plano de previdência privada, participação nos resultados, seguro de vida, entre outros.

O Programa de Estágio é voltado para estudantes dos cursos de Engenharias, Ciências Contábeis, Administração, Economia e Marketing. É desejável conhecimentos sólidos em inglês. Os selecionados serão contratados em Agosto e terão de estagiar por4 ou 6 horas diárias. A bolsa-auxílio será de R$ 1.079,49 para jornadas de 4 horas e R$ 1.607,60 para 6 horas diárias.

São 12 meses de duração e os selecionados ainda receberão assistência médica, seguro de vida, auxílio transporte e refeição.

Interessados podem se inscrever até o dia 30 de junho pelo endereço eletrônico www.localiza.com/jovenstalentos.

Por Ana Rosa Martins Rocha


Para falar em público e comandar uma reunião de maneira satisfatória é preciso muito estudo e preparação.

Como você se sente quando precisa comandar uma reunião? Costuma ficar agitado, nervoso e ansioso? Muitas pessoas tendem a se sentir inseguras quando precisam falar em público, o que é comum, sobretudo no mundo dos negócios, por exemplo. Mas, é importante que o profissional saiba lidar com a situação e contornar o problema de forma positiva. Que tal conferir algumas dicas?

– Você está preparado?

Como você organizou a reunião? Antes de falar em público, é preciso montar a apresentação. Estude o tema, analise como você vai manter a atenção das pessoas, reveja cada ponto que considerar importante, para que nenhum detalhe possa passar despercebido. Ao entender o conteúdo da reunião e dominar o assunto, você vai sentir autoconfiança para passar o que você sabe para o público.

– Seja pontual:

Chegue à reunião com antecedência, para que você possa montar o ambiente de forma planejada e organizada. Além disso, o profissional pode aproveitar o tempo para conversar com as pessoas presentes e quebrar o gelo. Isso faz com que o clima fique mais favorável e positivo para a reunião.

– Fique atento a sua voz:

Você presta atenção na entonação da sua voz? Durante a reunião, procure manter um tom de voz calmo e tranquilo, principalmente, confiante. Uma boa dica é treinar antes e pedir ajuda de algum amigo, para avaliar o controle da sua voz. Durante a fala não fique mudando bruscamente o tom da sua voz e mantenha o volume certo, para que todas as pessoas presentes possam ouvir você com atenção.

– Que tal fazer questionamentos?

Para manter a atenção do público, você pode fazer questionamentos e comentários relacionados ao assunto. Desta forma, as pessoas podem entender melhor as informações que você deseja passar.

Durante a reunião, mantenha a concentração e preste atenção em tudo o que está fazendo. Treine antes, revise e repasse cada ponto que achar necessário, para que tudo saia conforme o esperado. Confie em si e sucesso!

Por Babi


Em uma apresentação é essencial manter a atenção do público no que está sendo exposto. Para isso, é preciso aliar uma série de componentes.

Segurar a atenção de um determinado público nem sempre é uma tarefa fácil, ainda mais quando você não tem muita experiência. Alguns fatores como timidez, e a falta de preparo podem acabar prejudicando uma apresentação, mas como combater esses fatores, se concentrar e segurar a atenção do público? Confira aqui algumas dicas valiosas sobre o assunto.

– Expressão corporal:

Você certamente já deve ter ouvido falar que o seu corpo se comunica até mais do que sua voz e apesar de algumas contradições isso não deixa de ser verdade, por isso a expressão corporal é tão importante na hora de fazer alguma apresentação. Não se acanhe, tente manter o corpo relaxado e faça movimentos que passem confiança no que você está dizendo. Desse modo, você falará de forma mais convincente com seu público e irá conseguir segurar a atenção dele com maior facilidade.

– Crie expectativas:

Essa é uma tática que sempre funciona. Todos nós criamos expectativas sobre muitas coisas em nossas vidas. Ser curioso é natural do ser humano, então use isso ao seu favor. Apesar da tática despertar o interesse no público, você tem que estar consciente que essas expectativas têm que ser atingidas ou até mesmo superadas, por isso tome cuidado ao usar essa tática, tenha certeza que não vai decepcionar seu público, isso pode fazer você perder credibilidade.

– Use recursos audiovisuais:

Apresentações com slides, vídeos e fotos podem ser extremante eficazes e atrair a atenção do público, os recursos audiovisuais, além de poderem passar informações importantes sobre o assunto de sua apresentação, também podem “quebrar o gelo” e deixar um clima mais leve para o público não se entediar. O uso dessas ferramentas também requer cuidado, pois apesar de eficazes, elas podem acabar desviando a atenção do público para outras coisas. A maior dica aqui é usar os recursos audiovisuais de forma direta, nada de grandes animações ou imagens que não tenham a ver com o tema apresentado.

– Se prepare e saiba do que está falando:

Pode parecer óbvio, mas a preparação é maior arma para se fazer uma boa apresentação. Quando você domina o assunto, faz uma apresentação com mais segurança e, consequentemente, transmite essa segurança para o seu público, o que pode ser a peça chave para segurar a atenção e ter uma ótima apresentação.

Por Tom Vitor de Freitas


É preciso definir o horário de trabalho e de estudo e depois se dedicar e manter a concentração para eu tudo saia como o planejado.

Não é fácil a vida do trabalhador que precisa dedicar-se também ao estudo. Tanto o trabalho quanto o estudo requerem tempo, dedicação e dividir o dia a dia entre as duas tarefas é realmente exaustivo, por isso é preciso saber bem como conciliá-los para que um não prejudique o outro.

Separar os horários para estudo e trabalho é o primeiro passo e isso caberá a cada pessoa definir quais serão os melhores horários. Alguns preferem estudar pela manhã, outros à noite e dependendo do horário de trabalho nem dá para ficar escolhendo muito. Se você já tem o seu horário de trabalho a ser cumprido, então veja qual é o horário que irá estudar e monte sua agenda.

O segundo passo talvez seja o mais difícil, pois se refere à concentração. Mas veja bem, durante o seu horário de trabalho você não fica parando para conversar com amigos ou familiares, não é interrompido o tempo todo para atender o celular ou ficar navegando na internet e isso deverá valer também para o horário de estudo.

Quando você vai para o trabalho, todos sabem que naquele período, somente poderão lhe procurar se for por um motivo muito importante. Avise então a todos quando for estudar e diga que deseja ser interrompido somente por uma boa causa.

Quando tentamos conciliar trabalho e estudo, o segundo sempre sai prejudicado, porque o horário de trabalho é cumprido à risca, sem interrupções, mas quando se trata de estudo, é bem diferente. Por isso, sua atenção maior deve ser dada ao horário reservado para os estudos.

Quem tem o privilégio de poder trabalhar na mesma área em que está estudando consegue conciliar muito melhor, porque estará sempre convivendo com a teoria e a prática, isso incentiva tanto os estudos como também o trabalho.

Mas sabemos que esta não é a realidade da grande maioria das pessoas, então o melhor a ser feito é deixar bem claro o seu horário de trabalho e de estudo.

E da mesma forma que se dedica ao trabalho, dedica-se também aos estudos. Fuja das redes sociais durante este período, deixe o celular desligado, procure um ambiente mais tranquilo e livre de distrações, além de avisar a todos que durante aquele período você estará estudando.

Conseguindo conciliar trabalho e estudo, você vai perceber um rendimento muito maior e no final conseguirá o resultado esperado, lembre-se sempre disso.

Por Russel


Lidar com as falhas no ambiente de trabalho é uma luta diária e que deve ser feita com muita dedicação.

O profissional que aprende a lidar com suas falhas no trabalho se torna um líder, uma pessoa de sucesso, mas não é nada fácil para uma pessoa lidar de forma madura com seus erros, pois a tendência natural de todo ser humano é se justificar.

É mais do que compreensível que uma pessoa sinta aquela vontade de atingir a perfeição, é nato do ser humano, mas isso não deve ser feito buscando justificativa para as falhas, pelo contrário, devemos assumi-las com humildade ao mesmo tempo em que nos propomos a buscarmos formas de corrigir o erro e atitudes que o evitarão acontecer novamente.

Nas empresas encontramos muitos profissionais que sonham em ser líderes ou estar à frente de um importante projeto, porém são poucos os que sabem realmente lidar com suas falhas e para ser um líder isso é fundamental porque todos erram, o que faz a diferença é saber lidar com nossos erros.

Um bom profissional nunca deve deixar que o erro lhe afete emocionalmente, vindo até mesmo a prejudicar seu trabalho. Uma falha nunca poderá lhe influenciar aponto de comprometer seu rendimento na empresa.

Quando cometer um erro, o primeiro passo é ter a humildade de assumi-lo e se for o caso, comunicá-lo a outros setores, caso seja um erro que venha a afetar outras partes da empresa.

Mas não se pode ficar perdendo tempo, batendo no peito por ter errado, é preciso atitude! Você tem que fazer algo, o mais breve possível para corrigir o erro ou ao menos amenizar a situação. Para saber lidar com suas falhas no trabalho, é preciso deixar de lado a arrogância, a prepotência e principalmente, saber ouvir seus companheiros de trabalho, pois é muito comum que diariamente cometamos as mesmas pequenas falhas, mas basta o alerta de um colega para mudarmos de atitude.

Todo mundo está sujeito a erros no ambiente de trabalho e tenha consciência de que quanto mais elevado for o posto mais as falhas serão percebidas e mais graves serão as consequências, mas isso não significa que funcionários de postos mais baixos não precisam ficar atentos, muito pelo contrário!

O profissional que deseja realmente crescer profissionalmente, independente do cargo que ocupa, está sempre atento para evitar erros e quando estes acontecem, o profissional tem uma atitude de humildade e principalmente de agilidade, tomando todas as providências necessárias em tempo hábil para resolver o erro cometido.

Lidar com suas falhas no trabalho é uma batalha diária, que nunca será vencida, por isso mantenha sempre o foco no trabalho, a atenção nunca deve estar dispersa e se mesmo assim a falha vier a acontecer, mostre-se um verdadeiro líder, capaz de assumir e resolver problemas, inclusive quando resultantes de suas próprias falhas.

Por Russel


Manter a rotina no dia a dia do trabalho pode ocasionar o comodismo e atrapalhar o desenvolvimento profissional. Por isso, é preciso saber quando sair da rotina.

A rotina é um veneno para o sucesso profissional! Claro que dominar bem suas funções é primordial, a rotina do dia a dia vai ajudando o profissional a aperfeiçoar-se, mas chega a um ponto que a história muda e o que antes ajudava agora atrapalha.

Quando você chega ao trabalho e o cérebro já sabe exatamente o que fazer, quando fazer e como fazer, então a rotina começa a alimentar o comodismo, o profissional vai se acomodando e o sucesso profissional que sempre requer novos desafios, acaba ficando em segundo plano.

Até certo ponto, a rotina é importante para que o profissional adquira conhecimentos, segurança, determine as melhores formas de executar sua tarefa, porém, a rotina tem um limite e o profissional é quem define quando a rotina está matando seu sucesso profissional.

Quando você perceber que a rotina não dá mais espaço para a inovação, é preciso ligar o sinal vermelho! É hora de analisar novas formas para fazer o que é feito de forma rotineira, tentar encontrar uma forma de fazer mais rápido, com mais economia, enfim, colocar o cérebro para trabalhar não deixando que a rotina o sufoque.

Se você olha sempre para o mesmo lugar, verá sempre as mesmas coisas, isso é óbvio. Mesmo que ótimas oportunidades passem ao seu lado, você não as verá, porque está mergulhado na rotina.
Seguir o trilho nos dá segurança, mas a carreira muitas vezes pede para sairmos desta zona de conforto para enfrentarmos novos desafios.

E muitas vezes o grande culpado por nos manter nesta rotina é o medo de errar. Ele nos aterroriza, nos faz olhar para o futuro com uma insegurança muito grande e quanto maior a insegurança mais nos agarramos à rotina.

Quando nos apegamos à rotina, deixamos de lado:

– Novas oportunidades que podem nos levar ao sucesso;

– Aprendizado, que pode nos levar ao sucesso;

– Novas experiências, que podem nos levar ao sucesso;

– Tudo aquilo que nos faz crescer profissionalmente, porque o crescimento requer aprendizado, tentativas, erros e tropeços.

Sair da rotina é preciso, claro que tendo cautela para não prejudicar tudo aquilo que já foi conquistado.
Para sair da rotina não precisamos começar a errar, pelo contrário, a rotina é que nos garante maior chance de acerto, deixar a rotina é se arriscar mais, é não se acomodar, é estar sempre buscando um novo aprendizado.

Por Russel


Empresa oferece vagas de estágio para atuação em São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina.

A empresa Philips é especializada na produção de produção no segmento de cuidados com a saúde. Com o objetivo de oferecer oportunidades para estudantes terem uma experiência profissional, a companhia abriu as inscrições para o Programa de Estágio 2015. Os estagiários irão exercer as atividades nas seguintes localidades: São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina.

Nesta seleção, o intuito da companhia é contratar jovens que apresentem algumas habilidades pessoais, como: facilidade para realizar atividades em equipe, habilidade para criar e desenvolver projetos, ser organizado, fluência verbal, capacidade para fazer análises críticas e dinamismo. As atividades de estágio irão acontecer em variados departamentos da empresa, como Recursos Humanos, Planejamento Financeiro, Engenharia, Planejamento Econômico, Logística, Marketing, Controladoria, Manufatura, Compras e Vendas.

Para realizar a inscrição no exame seletivo existe a exigência de que os estudantes estejam cursando o nível superior nos ramos de Publicidade e Propaganda, Psicologia, Engenharia de Produção, Economia, Engenharia Mecânica, Ciências Contábeis, Marketing e Propaganda, Engenharia Mecatrônica, Ciências Econômicas, Engenharia Elétrica, Direito, Engenharia de Alimentos, Comunicação Social, Administração de Empresas e Logística. Além deste requisito que foi mencionado, é essencial que os universitários concluam o ensino superior entre julho de 2016 e dezembro de 2017 e também tenham um conhecimento em nível intermediário na língua inglesa.

Os estudantes serão submetidos às seguintes fases do processo de seleção: avaliação de língua inglesa, teste online, painel, dinâmicas de grupo, prova de raciocínio lógico e entrevista com o setor de recursos humanos. Durante o estágio, os jovens irão passar por um acompanhamento dos gestores e também realizarão algumas provas a fim de avaliar os conhecimentos adquiridos nas atividades práticas. O objetivo da empresa com estas avaliações é selecionar novos profissionais para atuarem em diversos departamentos em regime efetivo.

Para realizar a inscrição no Programa de Estágio da empresa Philips, acesse o site: www.across.com.br/philips. Os cadastros poderão ser realizados até o dia 26 de junho de 2015.

Por Felipe Couto de Oliveira


Programa busca profissionais nas cidades de São Paulo, Manaus, Salvador e Natal.

A representante da rede global de ensino superior Laureate International Universities no Brasil, a Laureate Brasil abriu inscrições para o seu Programa de Trainee intitulado Intensive Busness Conecction (IBC). Este ano a empresa buscará profissionais nas cidades de São Paulo, Manaus, Salvador e Natal. Para concorrer a uma das vagas é necessário ter MBA internacional ou ter concluído o curso em alguma escola brasileira listada pela Eduniversal com avaliação equivalente a 4 ou 5 palmas. Os candidatos devem ter também inglês avançado e experiência na área em que desejam se inscrever.

Serão oferecidas oportunidades nas áreas de TI, finanças, vendas e marketing. O processo seletivo acontecerá entre os meses de junho e julho e a admissão está prevista para o mês de agosto. Os candidatos pretendentes às vagas passarão por avaliação de raciocínio e habilidades, dinâmica de grupo e entrevistas com os gestores e diretores da área onde atuarão.

Se selecionado o candidato trabalhará dentro das instituições formadoras da Laureate em São Paulo (Universidade Anhembi Morumbi  e Complexo Educacional FMU), Manaus (UniNorte), Salvador (Unifacs) ou em Natal (Unp). Durante a duração do programa de trainee os participantes serão expostos a experiências que enriquecerão seus conhecimentos sobre a área educacional e os negócios da Laureate.

Segundo o vice-presidente de recursos humanos da empresa, Osmar Stefanini, o IBC foi criado para fornecer as ferramentas necessárias para que dali saiam os futuros líderes da empresa.

Se você se encaixa no perfil exigido pela Laureate não perca tempo. As inscrições para o Programa de Trainee vão até o dia 30 de junho.

Mais informações podem ser adquiridas através do e-mail: [email protected]. É neste e-mail também que os candidatos devem enviar o seu currículo para participar da seleção.

A Laureate Brasil, integrante da rede global líder em ensino superior Laureate International Universities, é formada por 12 instituições de ensino superior que possuem mais de 50 campi em oito estados brasileiros. Quem for selecionado com certeza terá  uma excelente oportunidade de crescimento em uma grande organização.

Por Patrícia Generoso


As oportunidades são para candidatos de nível superior. As inscrições vão até 19 de julho de 2015.

A Lojas Renner é uma das principais redes de varejo no país no segmento de moda. Recentemente, a companhia disponibilizou novas oportunidades em seu Programa de Trainee 2015. O programa representa uma das principais maneiras dos profissionais chegarem ao cargo de gerência em uma das unidades da empresa. Consiste em uma importante chance de atuar na área de moda e no setor de varejo.

Este programa da Renner é segmentado em três principais ramos, onde os estudantes que forem selecionados poderão atuar nas três áreas antes de conseguirem a efetivação em uma delas. As áreas são estas:

– Compras de Produto: funcionários que atuam na área comercial, com o intuito de fechar as negociações e fazer uma parceria com os fornecedores. Nesta escolha é necessário avaliar se as mercadorias e os preços dos fornecedores estão de acordo com as expectativas e as regras internas da Renner.

– Compras e Planejamento: colaboradores que atuam de maneira exclusiva no setor de escolhas de coleções, conforme as estações do ano.

– Loja: funcionários que têm o objetivo de adquirir experiência na carreira de gerência, com o objetivo de, futuramente, coordenarem as filiais da companhia. O foco nesta atividade é alcançar bons resultados nas vendas e possibilitar que os clientes fiquem satisfeitos com as negociações.

Os candidatos que tiverem interesse em concorrer a uma das vagas neste Programa de Trainee precisam ter se graduado em qualquer área, ter formação avançada na língua inglesa, interesse no aprendizado profissional e disponibilidade para viajar ou para morar em outro município.

O certame será dividido nas seguintes fases: provas online com questões de conhecimentos específicos e noções da atualidade, verificação social, entrevistas individuais, verificação do histórico escolar, painel e dinâmicas em grupo.

Os estudantes que desejarem participar do Programa de Trainee precisam se cadastrar no site: http://www.traineerenner.com.br/. As inscrições serão encerradas no dia 19 de julho de 2015. 

Por Felipe Couto de Oliveira


Ter organização pessoal é essencial para dar conta das tarefas do dia a dia com eficiência.

Você sempre está atarefado e nunca consegue dar conta de suas tarefas com eficiência? Tem problemas com os horários e prazos? Talvez esteja faltando um pouco de organização pessoal em sua vida profissional. Confira dicas de como evitar esse problema:

– Tenha intervalos regulares, mas não faça do intervalo uma regra: Se for possível em sua empresa, é muito saudável fazer pequenas pausas durante o expediente, seja para tomar um café ou recuperar o fôlego dando uma volta ao ar livre. Mas tenha o cuidado para que suas pausas não sejam maiores do que os períodos de trabalho, ou sejam muito frequentes, sob o risco de prejudicar o bom andamento de suas tarefas. Uma dica é sempre terminar completamente uma tarefa antes de fazer uma pausa.

– Organize sua mesa de trabalho e o desktop de seu computador: Já percebeu quanto tempo você pode perder só procurando por materiais sobre sua mesa ou por documentos em seu computador? Mantenha sempre seu ambiente de trabalho limpo e organizado, para que seu tempo seja otimizado.

– Faça uma planilha com suas tarefas: Se você esquece com frequência das tarefas que lhe foram delegadas, nada melhor do que anotá-las. Use e abuse, também, de notas adesivas, que atualmente já estão disponíveis também em versão para computadores.

– Não se distraia: Parece estranho falar em distração em pleno ambiente de trabalho, mas alguns funcionários “burlam” a vigilância e proibição de acessar alguns sites como sites de relacionamento e de conversas instantâneas, perdendo minutos e horas preciosas na execução de suas tarefas. Se você tem acesso a algum tipo de site que possa lhe tirar a atenção do trabalho por muito tempo, evite esse tipo de distração. Permita-se somente nas horas de lazer, em sua casa. Com certeza seu rendimento será maior e seu serviço será muito mais notado em sua empresa.

É preciso sempre ter atenção a fatores que roubam seu tempo no trabalho. Talvez nem todos estejam citados nesse artigo. É necessária uma análise minuciosa de seu dia a dia para que detalhes de distração que porventura passariam desapercebidos sejam corretamente eliminados.

Por Patrícia Generoso


Ser influente no trabalho é saber lidar com profissionais de perfis diferentes, saber administrar uma boa rede de contatos e querer que a empresa prospere.

Todo profissional que almeja o sucesso precisa ser uma pessoa mais influente no trabalho e para isso é preciso que ele trabalhe vários pontos como, por exemplo, ser capaz de lidar com profissionais de diferentes perfis, ser capaz de administrar uma boa rede de contatos, ser sincero sem humilhar as pessoas, entre outras características irão tornar você um profissional mais fluente, mas não basta isso.

Um profissional começa a ser referência para seus colegas de trabalho quando ele demonstra segurança na função que desempenha e para conquistar essa tão cobiçada segurança é preciso que o profissional invista em "aprendizado".

Fazer cursos profissionalizantes é uma das formas de garantir um melhor aprendizado e quem domina seu trabalho realiza as tarefas com desenvoltura e ganha a confiança dos colegas de trabalho e este já é um importante passo para se tornar mais influente dentro da empresa, pois você passará a ser visto por todos como um profissional que realmente sabe o que está fazendo.

Outro fator determinante que transformará você em uma pessoa mais influente no trabalho é o “tempo”. Não adianta querer chegar no seu novo emprego e querer mostrar em alguns poucos dias todas as suas qualidades, impondo o seu modo de trabalhar e querendo ser o centro das atenções! Isso só vai lhe tornar antipático diante de todos.

Seja paciente, humilde e colaborativo! Não queira ser o dono da verdade, não imponha sua forma de trabalho e aprenda a dialogar com seus colegas. Interesse-se pelo trabalho deles, escute-os com atenção e os valorize!

Ser influente não é ser o centro da empresa, isso não existe! Ser uma pessoa influente é ser aquele funcionário que é querido por todos ou pelo menos, pela grande maioria.

Procure deixar bem claro para a empresa que o seu interesse maior é fazer com que a empresa cresça! Como você quer se tornar influente se seus superiores não conhecem suas intenções?

Mostre que você está ali para fazer a diferença, que pretende utilizar todo seu conhecimento, experiência e criatividade para ver a empresa prosperar, assim você será visto com outros olhos e, com certeza, passará a ser influente em seu trabalho.

Por Russel


No trabalho ou após uma entrevista de emprego, é comum sentir a necessidade de ter um feedback, mas é preciso saber o momento certo e como pedir.

O feedback é muito importante, pois é esta a melhor forma de saber como está seu desempenho no emprego ou como se saiu em uma entrevista de emprego. Acontece que nem sempre a empresa dá esse feedback e o empregado ou candidato à vaga de emprego fica em dúvida sobre se deve cobrar este feedback e, principalmente, como fazer a cobrança corretamente.

Para quem já está empregado, o ideal é saber aguardar o momento exato para procurar seu superior e ter uma conversa rápida, objetiva, dizendo que você gostaria de ter um retorno, para saber onde ainda precisa melhorar. Evite estas conversas quando perceber que seu superior ou patrão, estiver mais irritado ou atendendo algum cliente ou fazendo algum serviço mais importante. Se for o caso, peça para agendar um horário com você, assim poderão tratar do assunto com mais tempo.

Quando for marcar um horário, já adiante do que se trata o assunto, para não haver nenhum mal entendido, pois vai que o patrão comece a imaginar que você está querendo pedir um aumento. Diga que deseja ter uma conversa com ele e que se trata do seu trabalho e gostaria de saber a opinião dele. Desta forma você estará sendo o mais objetivo possível e já começando a abordar o tema.

Quando procuramos nosso superior ou patrão para pedir um feedback do nosso trabalho, não estamos dizendo a ele que queremos elogios, pois isso é importante que você esteja preparado tanto para receber elogios como também para receber críticas, aliás, o feedback neste caso serve mais para receber críticas, então seja mais compreensivo, se for preciso anote todos os itens que foram apontados, os quais você precisa melhorar e no final da conversa formalize a sua intenção de melhorar e que irá trabalhar os pontos mencionados para que seu trabalho vá se aprimorando.

O que você deve evitar neste momento é discordar, afinal, você procurou a pessoa e marcou um horário para ouvi-la, então ouça tudo atentamente, anote para ela perceber que você está tendo interesse e posteriormente, analise o que deve ou não ser mudado. Se preciso, marque uma segunda conversa depois para expor suas ideias.

E para aqueles que ainda estão em busca de emprego, que já fizeram sua entrevista mas ainda não receberam um feedback do recrutador, basta agir naturalmente, entrando em contato com a empresa e solicitando falar com a pessoa com a qual fez a entrevista. Se ela não puder lhe atender, procure saber qual o melhor horário para você ligar.

Basta ser gentil, pois é normal que você queira o feedback, afinal, está precisando do emprego e isso também demonstra interesse de sua parte em trabalhar na empresa.

Por Russel


É possível se tornar um profissional mais eficiente acrescentando novos hábitos na sua rotina.

Já pensou em aumentar a sua eficiência no trabalho? As pessoas bem sucedidas costumam ter hábitos próprios, tanto na vida pessoal quanto na profissional. Por exemplo, elas são bem controladas na sua produtividade, e sabem que o tempo é um recurso valioso, ou seja, não ficam desperdiçando-o. Que tal se tornar uma pessoa mais eficiente, acrescentando novos hábitos ao seu cotidiano? Confira as dicas!

– Organização: fundamental para a sua rotina.

Os profissionais eficientes devem ser organizados, ou seja, devem planejar o seu dia. Quando as pessoas não organizam o seu dia, elas ficam mais dependentes e vulneráveis das tarefas, sobretudo se acontece algum imprevisto. Portanto, organize a sua rotina por meio de uma planilha ou agenda. Tenha controle das suas tarefas, prazos, relatórios, reuniões, entre outros.

– Saiba falar não!

Você assume compromissos que não pode cumprir? Leva trabalho para a casa? Que tal aprender a falar não? As pessoas eficientes devem ter senso de responsabilidade e não querer carregar o mundo nas costas. Desta forma, a tarefa que não se encaixar no seu tempo cumpra-a depois, e saiba dizer “não” para as pessoas.

– Tenha equilíbrio.

Tenha equilíbrio para todas as áreas da sua vida. Saiba conciliar a sua vida pessoal com a profissional e reserve um tempo para o lazer. Ao ficar por conta do trabalho, você esquece outros hábitos importantes da vida. Portanto, aproveite o fim de semana em família, viaje para relaxar, faça atividades físicas. O estresse afeta a produtividade no trabalho e como consequência atrapalha o rendimento.

– Saia da zona de conforto.

Quem quer atingir o sucesso, precisa sair da zona de conforto. Assim, os profissionais produtivos e eficientes sabem que isso é necessário para encontrar soluções e resultados melhores. Portanto, saia da rotina e do comodismo e não tenha medo de encarar novos desafios na sua vida profissional, mesmo que isso tome o seu tempo.

Boa sorte e muito sucesso!

Por Babi


A rotina diária pode afetar o profissional negativamente e desenvolver o estresse, mas com algumas atitudes e sabendo lidar com as situações é possível evitá-lo.

Existem várias formas de reduzir o estresse no trabalho, mas antes de começar a colocar estas dicas em prática é bom lembrarmos que cada pessoa é de um jeito e que algumas conseguem ver os resultados logo nos primeiros dias, mas outras precisam de bem mais tempo para se verem livres do estresse no trabalho.

A primeira dica, tão conhecida de todos, é "respirar fundo", mas que mesmo sendo tão popular é também tão esquecida. Naquele momento em que o telefone toca, chega um e-mail urgente, o chefe está chamando você em sua sala e o serviço está todo atrasado e você sente aquela vontade de fazer tudo ao mesmo tempo, é hora de fazer justamente o contrário, ou seja, parar de fazer tudo que estiver sendo feito e respirar fundo, não só uma, mas várias vezes! A respiração correta ajuda a reduzir a pressão sanguínea, alivia o estresse e ajuda o cérebro a trabalhar melhor.

Importante também é rever os hábitos alimentares, pois a alimentação tem grande influência no estresse. Nada de ficar tomando cafezinho o tempo todo e muito menos fumando! Procure levar frutas para comer no período da manhã e também à tarde e tanto pode ser um maracujá como também uma maçã, uma banana, uma laranja, as frutas são sempre muito bem-vindas quando se trata de ajudar o organismo.
Reveja também a sua vida, se você é uma pessoa muito acomodada e não vem praticando atividade física. Basta uma caminhada diária, andar de bicicleta nos finais de semana, sair para correr com os amigos, ou para uma partida de futebol, que você vai mandar o estresse para bem longe. A atividade física vai resultar lá no seu ambiente de trabalho, com você tendo mais disposição e menos estresse.

A música também é uma ótima maneira de reduzir o estresse no ambiente de trabalho, se for possível, coloque uma música em um volume bem baixinho e que seja um estilo musical mais suave, isso vai ajudar a acalmar os nervos.

E perca aquela velha mania de achar que você precisa ser o “super-homem”, resolvendo todos os problemas em tempo hábil e socorrendo os problemas dos colegas do trabalho. Todos nós temos limites, por isso trate de descobrir quais são os seus, porque quem trabalha acima da capacidade irá trabalhar sempre estressado.

Por Russel


Um profissional inovador faz a diferença em seu ambiente de trabalho. Ele tem a capacidade de transformar algo comum em dinâmico e produtivo, agregando valor no resultado final.

O que é um profissional inovador? É o que estimula, orienta e sabe usar a criatividade da maneira certa no ambiente de trabalho. Ele tem a capacidade e habilidade de transformar um processo comum, em algo dinâmico, produtivo e que vai agregar valor para o cliente. Que tal conferir algumas dicas de como ser um profissional inovador e se destacar na sua empresa?

– Você realmente quer?

Querer é poder, e para isso, só depende de você e de suas atitudes. O profissional precisa ter a convicção que precisa mudar e planejar as mudanças necessárias, para alcançar o que realmente deseja. Desta forma, ele vai poder encontrar as condições necessárias que precisa para implementar as mudanças e desenvolver a direção.

– Você é curioso?

O profissional inovador precisa ser curioso, estar atento aos detalhes, correr riscos, ser persistente e ter flexibilidade. Por isso, ele precisa manter a mente aberta, fazer questionamento e gostar de encarar desafios.

– Qual a sua estratégia?

O profissional precisa planejar estabelecer os seus passos, buscar as respostas desejadas e assim estabelecer uma estratégia de inovação. Além disso, ele precisa ter conhecimento e ser observador, para que boas ideias possam surgir. O profissional inovador deve estudar olhar o passado, ter um bom conhecimento do presente e tentar pensar no futuro, para tomar as melhores decisões.

– Como é o seu relacionamento na empresa?

O profissional deve estabelecer bons relacionamentos na empresa em que trabalha. Por isso, esteja atento às necessidades da sua equipe de trabalho e através dos relacionamentos profissionais busque gerar e desenvolver novas ações. Portanto, é fundamental cuidar do seu networking. Quer aumentar os seus contatos profissionais? Invista em networking, congressos, palestras, entre outros eventos corporativos.

– A sua empresa é inovadora?

Se você é um profissional que tem o perfil inovador, busque por Organizações que invistam em criatividade e gostam de inovação. Assim, você vai poder colocar as suas ideias em prática e conferir os resultados. 

Por Babi


Inscrições podem ser realizadas até o dia 21 de junho de 2015.

A BHG (Brazil Hospitality Group) é uma das principais empresas do país no segmento de hotelaria. Atualmente foi aberto o período das inscrições para participar do Programa de Trainee 2015 que tem o objetivo de possibilitar que jovens graduandos ou recém-formados tenham um desenvolvimento profissional. As oportunidades estão disponíveis para todas as localidades do país.

No programa, os trainees terão a chance de ter uma formação de qualidade que lhes possibilite posteriormente a assumir cargos nos departamentos corporativos e nas novas filiais de hotéis. No decorrer das atividades os jovens irão conhecer vários setores da empresa e com isto adquirir um conhecimento específico e uma visão ampla do negócio. Além disto, a companhia também oferecerá treinamentos comportamentais e técnicos, direcionados pelos gestores a fim de acelerar as etapas do aprendizado.

Os interessados em participar deste programa precisam estar cursando ou ter concluído a graduação nos seguintes segmentos: Relações Públicas, Turismo e Hotelaria, Psicologia, Ciências Contábeis, Marketing, Jornalismo, Engenharia de Produção, Matemática, Ciências da Computação, Engenharia Mecatrônica, Geografia, Engenharia Civil, Administração de Empresas, Comunicação Social, Economia, Direito, Engenharia Elétrica, Pedagogia, Engenharia Mecânica, Engenharia de Alimentos, Design, Propaganda e Marketing, Engenharia Química, Análise de Sistemas e Publicidade e Propaganda. Os outros requisitos para participar da seleção consistem em matriculado no último semestre do ensino superior ou ter se graduado com um período máximo de dois anos, formação na língua inglesa e disponibilidade para realizar viagens e morar em outros municípios.  

Os trainees terão direito a alguns benefícios da empresa, sendo eles: bolsa-auxílio, vale-transporte, convênio com farmácia, seguro de vida, assistência odontológica, previdência privada, auxílio refeição e plano de saúde.

A seleção será dividida nas seguintes fases: avaliações específicas, painel, entrevistas através do Skype e conversa individual com os gestores da companhia.

As inscrições para o Programa de Trainee estão abertas até o dia 21 de junho de 2015 e podem ser realizadas através do site da BHG: www.bhghoteis.com.br/trabalhe-conosco.

Por Felipe Couto de Oliveira


Sua vida pessoal afeta o seu desempenho no trabalho, por isso é importante que tudo esteja em equilíbrio.

O seu desempenho no trabalho depende, dentre outros fatores, também da sua vida pessoal. Se sua vida pessoal anda mal, provavelmente seu desempenho será afetado. É necessário um investimento pessoal, para que todas as outras áreas de sua vida sejam beneficiadas. Separamos algumas dicas para aumentar sua satisfação pessoal:

– Não tenha pensamentos negativos:

Todos nós alguma vez na vida já ouvimos que pensamentos ruins atraem coisas ruins e o mesmo acontece quando temos pensamentos bons. Essa crença popular pode sim influenciar sua vida. Quando temos uma postura mais otimista, tendemos a pensar de forma mais aberta e ficamos mais sujeitos a bons acontecimentos. Tente eliminar o excesso de pensamentos negativos de sua vida.

– Valorize seus pontos positivos:

Todos nós temos qualidades pessoais de que nos orgulhamos. Que tal começar a valorizar esses pontos ao invés de reparar nos seus defeitos? Valorizar as qualidades é o primeiro passo para se sentir bem consigo mesmo e ter uma vida mais saudável e produtiva.

– Tenha um Hobbie:

Se sua vida gira em torno de trabalho, estudos e família, provavelmente haverá horas em que o cansaço do dia a dia o atingirá, fazendo com que o peso das responsabilidades seja maior. Que tal investir algum tempo em algo que lhe dê prazer? Pode ser uma coleção, algum tipo de jogo, ou alguma atividade esportiva prazerosa. O importante é redescobrir seus gostos pessoais, brincar novamente, como uma criança! Sua autoestima irá agradecer!

– Cuide de sua aparência:

Está acima do peso? Tem algum problema no visual? Seu cabelo não lhe agrada? Algum desses fatores te incomoda?  Tire um tempo para resolver esses problemas. Uma autoimagem positiva é uma das melhores formas de ser bem sucedido pessoalmente. Uma pessoa que tem segurança em sua imagem passará esse sentimento para as outras pessoas, além de se sentir muito mais realizada.

– Ajude os outros:

Está se sentindo desmotivado? Acha que algo falta em sua vida? Que tal separar um tempo para fazer obras sociais? Seja visitar um asilo ou um orfanato, distribuir roupas e alimentos aos mais necessitados, ou ajudar algum colega de trabalho ou parente que precisem de apoio emocional. O importante é se sentir bem e ter a sensação de estar sendo útil.

Seja qual for o caminho escolhido por você é importante notar que a satisfação pessoal está intimamente ligada com se autoconhecer. Se você ainda não tem seu autoconhecimento, tire algum tempo para ir em busca dele, para saber quais das opções acima mais se adaptam ao seu estilo de vida.             

Por Patrícia Generoso


O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo, e ter algumas habilidades que façam o profissional se destacar fazem a diferença.

O mercado de trabalho atual está bastante competitivo e exigente em relação às habilidades dos profissionais. Quanto mais completo o profissional é, mais oportunidades estarão disponíveis. Principalmente as grandes empresas, estão mais exigentes em relação à formação de seus funcionários. Mas não é somente a formação acadêmica que está sendo considerada primordial nos profissionais atuais. Há diversas outras qualidades e habilidades essenciais para se destacar.   

Os valores também não são esquecidos, em um mundo cada vez mais corrompido. Honestidade, empatia, liderança, paciência, iniciativa, persuasão, entre diversas outras estão entre os traços de personalidade mais visados pelas empresas. No entanto, há algumas habilidades que podem ser consideradas essenciais em qualquer profissional, seja qual for sua área de atuação. Veja abaixo cinco habilidades para que você consiga se desenvolver no mercado de trabalho:   

1. Seja comunicativo:

Ser comunicativo não quer dizer que você deve falar o todo tempo. Um bom comunicador sabe a hora de se posicionar. É muito levar a opinião de outros em consideração e demonstrar isso em suas conversas. A habilidade de se comunicar bem com sua equipe de trabalho lhe dará muitas outras oportunidades, além de proporcionar um excelente ambiente de trabalho.   

2. Seja inovador:

Pense em soluções criativas para diferentes tipos de problemas. Comece por coisas simples em sua rotina pessoal. Com o tempo você conseguirá levar tal habilidade para o ambiente profissional, beneficiando a empresa que você trabalha. Lembre-se que profissionais inovadores que produzem soluções para as empresas são muito valorizados.   

3. Tenha o máximo de conhecimento em informática:

Em um mundo cada vez mais tecnológico não há como dispensar tal habilidade. Profissionais que obtêm um bom conhecimento em informática certamente estão à frente dos outros. Além disso, eles podem resolver pequenos problemas que poderiam prejudicar a produtividade caso uma equipe de T.I. tenha que se deslocar para resolvê-los.   

4. Seja prestativo:

Deixe de olhar apenas para o seu nariz. Procure trabalhar de uma forma colaborativa com sua equipe de trabalho. Ajude um colega caso ele precise e peça sua ajuda. Não o encare como um concorrente, mas como um parceiro para ajudá-lo a conseguir seus objetivos. Crescer junto é muito mais fácil e sólido do que se aventurar sozinho. Profissionais prestativos são mais amados e respeitados, visto que contribuem para o bom andamento da empresa.   

5. Saiba tomar decisões:

Planeje e conduza projetos de uma maneira crítica, mas sem exageros. Seja realista sempre. Elabore soluções para eventuais problemas e esteja atento o suficiente para detectá-los. Manter o foco e ser objetivo são características presentes em profissionais que tomam boas decisões.

Por William Nascimento


Fazer análises sobre o comportamento e se autoconhecer ajudam a encontrar seus verdadeiros talentos.

Todos nós temos talento, e isso é fato. Saber o que mais gostamos de fazer e o que nos faz sentir bem é um caminho para descobrirmos quais são nossos talentos, porém existem muitas outras coisas que podem nos ajudar a encontrar e descobrir em que somos realmente bons. Mas quais são eles?

– Conheça suas ambições:

Ambição é uma palavra perigosa e que algumas vezes pode ter uma conotação ruim. Não é esse o caso, com ambição aqui queremos dizer seus objetivos e sonhos, o que você deseja conquistar. Talvez o seu talento especial seja exatamente o que vai te fazer chegar aonde você quer, não tenha medo de se perguntar se o que faz atualmente é o seu verdadeiro sonho, questione-se e reflita sobre sua vida, só assim descobrirá seu verdadeiro talento.

– O que você gosta de fazer?

Fora da sua vida profissional, o que te dá prazer em fazer? Pense em seus momentos de lazer e em sua diversão, descubra o que te faz relaxar e se sentir bem, normalmente aquelas atividades que não te exigem nenhum esforço podem ser consideradas seus talentos. O autoconhecimento é uma ferramenta necessária para descobrir seu talento, pense sobre seus hobbies e sobre o que você faz nas horas vagas, descubra como isso pode ser usado a seu favor no ambiente profissional.

– Experimente:

Experimente coisas que você não conhece e que tem curiosidade, novos esportes, novos cursos, descubra novas áreas, sejam coisas fáceis ou difíceis, descobrir o novo também faz parte de descobrir novas partes de você que nem você mesmo conhecia, arrisque e percebe em que áreas você se dá bem ou não.

Como já dissemos, todos nós temos talentos e nem sempre nos conhecemos tão bem para saber quais são os que mais podemos aproveitar, por isso arrisque, conheça novas coisas e conheça a si mesmo, assim você poderá fazer o que mais gosta e ter uma vida mais feliz.

Por Tom Vitor de Freitas


Ser perfeccionista demasiadamente pode prejudicar o seu desempenho na empresa, mas é possível lidar com a situação.

Fazer as coisas com perfeição pode ser muito bom, mas em exagero, pode significar um problema, ainda mais no ambiente profissional. Ser muito perfeccionista significa que você provavelmente terá níveis de estresse e de ansiedade cada vez maiores ao longo de sua carreira. É comum confundir isso com busca pela excelência no trabalho, é importante saber que são duas coisas diferentes, buscar excelência não significa querer fazer tudo perfeito o tempo inteiro, mas dar o melhor de si para evoluir cada vez mais. Mas então como combater o perfeccionismo? Veja aqui algumas dicas!

– Avalie seu comportamento:

A dica mais importante tem que aparecer logo no início da lista: avalie se suas atitudes estão sendo perfeccionistas demais. Além de te prejudicar emocionalmente, como já citado aqui, isso pode abalar suas relações com os colegas de trabalho e até mesmo com seus superiores, que podem notar que você está muito estressado ou que seus trabalhos estão demorando a ser entregues.

– Reflita:

Essa dica pode soar um pouco abstrata, mas é muito importante. Você deve ter em mente que nem sempre o que é perfeito para você é o ideal para todos, muitas vezes um trabalho ou projeto precisa de mais rapidez e criatividade do que perfeccionismo nos mínimos detalhes. Refletir é essencial para saber se o que você está fazendo está prejudicando você ou até mesmo toda sua equipe.

– Mude seu comportamento:

Depois de percebido que você está sendo perfeccionista demais, você precisa se policiar. Para não afetar sua produção e nem as relações com as pessoas no trabalho, é essencial que essa mudança seja positiva, de forma que você consiga lidar com seu trabalho tendo níveis menores de estresse e ansiedade, se isso não acontecer, você apenas deixou de ser perfeccionista para ter outro vício, o que não é bom.

Existem ocasiões onde outras pessoas podem te ajudar também, mas saiba que você sozinho pode fazer isso, e é sempre melhor perceber e consertar seus erros.

Por Tom Vitor de Freitas


É preciso ter certos cuidados e evitar alguns erros na jornada da busca de um novo emprego.

Você está em busca de novas oportunidades profissionais? Encontrar emprego é um desafio pela competitividade que existe hoje no mercado. Os candidatos que estão buscando por uma vaga devem tomar cuidado e evitar alguns erros. Que tal conhecê-los?

– Fazer intervalos prolongados entre uma entrevista e outra:

Você está tendo muito sucesso na busca profissional? Está sendo convocado para muitas entrevistas? Mas, enquanto não tiver uma resposta positiva e ter fechado um contrato, não dê pausas prolongadas. Muitos candidatos param de enviar currículos quando estão sendo chamados para entrevistas de forma regular. Portanto, se quiser fazer uma pausa entre uma entrevista e outra, não a prolongue muito.

– Não saber aproveitar o tempo!

É preciso saber aproveitar o tempo. Pesquise sobre as oportunidades de trabalho, dedique-se e estude as empresas que deseja trabalhar. Saiba os seus valores, cultura, posições no mercado, entre outras informações úteis. Não envie currículo apenas por “enviar”. Muitos candidatos não aproveitam o tempo para estudar a Organização, o que é um erro comum.

– Emoções negativas: cuidado com elas!

Estar desempregado não é uma situação confortável, mas é preciso lutar e encontrar outras oportunidades no mercado de trabalho. Sentimentos negativos não podem dominar durante a situação, é preciso manter a calma e o equilíbrio, que são os fatores chaves do sucesso. Quem está nesta situação deve se lembrar de manter uma alimentação saudável, conversar com as pessoas para obter um apoio, fazer atividades físicas e dormir bem.

– Não revisar o currículo

O currículo é o documento que vai constar toda a vida profissional do candidato. Por isso, é preciso que ele esteja escrito de forma clara e objetiva. Peça ajuda para revisar o seu currículo, verificar se ele está completo ou falta alguma informação.

– Confiar em apenas uma vaga

Você mandou bem na entrevista e está confiante? Não deposite a sua ficha em apenas uma oportunidade, continue mandado o seu currículo para outras vagas que surgirem. Continue se esforçando, até conseguir o que almeja. 

Por Babi


É normal ter afinidades e desafetos no ambiente de trabalho, mas para construir uma boa convivência é preciso saber lidar com a situação, para evitar possíveis desentendimentos.

Não importa o lugar que você esteja, sempre vão existir pessoas que você tem mais afinidade e pessoas que você não se dá bem. Isso é normal, mas quando esse tipo de pessoa está no seu ambiente de trabalho, ainda mais na sua equipe, isso pode se tornar um problema. Mas como lidar com alguém que você não gosta dentro do trabalho? Essa é uma pergunta complexa, mas existem maneiras de amenizar a situação e evitar possíveis estresses.

– Pense a respeito:

Pense sobre o porquê de você não gostar daquela pessoa, talvez você possa descobrir que só sente inveja ou se incomoda com o cargo que ela ocupa. Muitas vezes a solução para o problema de convivência pode estar dentro de você.

– Não espalhe o ódio:

Não fique dizendo a todos que não gosta de certa pessoa, seja o motivo que for, isso pode ser prejudicial para sua imagem, além de não adiantar nada para amenizar a situação. Se precisar desabafar, converse com alguém de confiança ou até mesmo só em casa para evitar conflitos desnecessários.  

– Saiba administrar suas atitudes:

Existem momentos em que é preciso ser rude com certas pessoas para mostrar que elas estão erradas, mas esses são momentos específicos e você deve tomar cuidado ao fazer isso. Ser rude não precisa ser grosseiro e ofender uma pessoa, apenas lhe repreender de forma um pouco mais rigorosa para ela ficar mais atenta. Ser gentil a maior parte do tempo garante maior paz no seu ambiente de trabalho, além de evitar estresses desnecessários.

– Converse com seus superiores:

Esta é uma situação especifica, se você for obrigado a trabalhar com alguém que não gosta para um certo projeto, por exemplo, converse com seu chefe sobre mudar de lugar ou de projeto. Mas atenção, só faça isso se a situação for extrema, não crie caso na empresa se você conseguir suportar a situação. É claro que não funciona se a pessoa que você não gosta é seu chefe.

Por Tom Vitor de Freitas


Algumas atitudes e comportamentos são vistos como diferenciais pelas empresas e podem ajudar os funcionários a se destacarem no ambiente de trabalho.

O cenário do mercado de trabalho atual é vasto, possui uma grande gama de profissionais preparados e capacitados para exercer suas funções profissionais, sendo que a cada processo seletivo realizado, os gestores de recursos humanos percebem essa grande variedade de profissionais.

Mas em relação a isso, algumas atitudes e comportamentos são considerados diferenciais para quem deseja se destacar numa empresa, então confira quais são essas atitudes e comportamentos:

– Um comportamento proativo é muito observado:

Sabe aquele profissional que não espera opinião do chefe para resolver uma situação problemática, e que ao conversar sobre um problema apresenta mais soluções do que reclamações, esse é um profissional proativo e que hoje em dia é muito procurado pelas empresas, então sempre tenha iniciativa, quando estiver numa empresa, tente resolver o problema antes de classificá-lo sem solução.

– Uma atitude empreendedora é um diferencial:

Pode soar estranho mais ter uma atitude empreendedora é fundamental nos dias de hoje, mesmo para um profissional que trabalhe numa empresa. Ser empreendedor é ser um profissional inovador, e ser inovador é trazer novas ideias ao trabalho, trazer um jeito todo particular de trabalhar e que facilite a execução do trabalho, então quando começar a trabalhar tente colocar a sua forma de trabalhar e que essa forma facilite o seu trabalho e de seus colegas de trabalho.

– Ser comunicativo e ter uma boa escrita:

Hoje a comunicação é importantíssima para o sucesso e para o crescimento de qualquer empresa, ter uma boa escrita também faz parte do trabalho de qualquer profissional, enviar e-mails, relatórios e requisições de materiais são verdadeiras ferramentas de trabalho. Então procure ser mais comunicativo com seus colegas de trabalho e procure ler mais, pois a leitura auxilia para ser ter uma melhor escrita.

– Um funcionário bem humorado contagia os outros colegas de trabalho:

Por mais incrível que pareça, o humor faz parte do dia a dia dos profissionais dentro de uma empresa, arrancar risadas de colegas faz com que o trabalho seja mais suave e as obrigações sejam mais “leves”, então procure ter um bom relacionamento com seus colegas e tenha sempre um comportamento bem humorado.

Enfim, essas são atitudes e comportamentos fundamentais e que são muito observados dentro das empresas, além de pontualidade e assiduidade.

Por Rodrigo da Silva Monteiro


Levar trabalho para casa é um mau negócio quando o trabalho atrapalha sua vida pessoal. Por outro lado, se isso não influenciar em seu dia a dia com a família e houver organização, pode ser um bom negócio.

Levar ou não levar trabalho para casamuitas vezes gera polêmica. A maioria das pessoas já faz cara feia só de pensar na possibilidade disso acontecer. Por outro lado existem aqueles profissionais (e estão aumentando) que acreditam que levar trabalho para casa é mais um exemplo de competência, comprometimento e que isso aumenta sua produtividade. Mas vamos transformar nosso assunto principal em uma pergunta: “Levar trabalho para casa faz mal?”. A resposta seria simplesmente “depende”. Pelo bem da verdade isso é algo bem mais pessoal para os profissionais do que se imagina.

Para entender melhor essa questão, primeiramente precisa-se compreender que cada pessoa tem um estilo de vida diferente da outra. E tão diferente quanto o estilo é também o perfil profissional.

Alguns tipos de funções permitem que o profissional leve seu trabalho para casa sem que para isso ele tenha que abrir mão dos finais de semana, dos feriados, dos momentos com a família, do lazer e daí em diante.

Olhando por esse ângulo o trabalho levado para casa não o atrapalha em sua vida cotidiana.

Agora vejamos a situação de um profissional que leva o trabalho para casa e perde tudo aquilo citado anteriormente. Aí sim é um problema. Como bem se sabe todo mundo precisa descansar e tirar o pé do acelerador de vez em quando. Ainda nessa linha de pensamento vale chamar a atenção para um aspecto onde muita gente se engana: a produtividade. Isso mesmo, à primeira vista fazer mais trabalho em casa é sinônimo de produtividade. Pode até funcionar no início, entretanto, um dia a “bateria” do profissional se esgota.

Apenas para ampliar o campo de análise de nossos leitores vejamos um estudo realizado pela Universidade de Baylor, no Texas. O estudo já tem algum tempo, mas as considerações é que importam. De acordo com o mesmo algumas coisas chatas do trabalho como o estresse não prejudicam apenas o profissional no ambiente onde atua. Esses problemas muitas vezes se estendem até sua casa. Agora imagine a situação desse profissional estressado com o trabalho, com problemas em casa e mais trabalho extra para fazer. O resultado é catastrófico em todos os sentidos.

Concluindo, em tudo na vida o que vale é o bom senso. Se o profissional leva trabalho para casa e sabe que não vai atrapalhar seu relacionamento, suas atividades, sua saúde e os momentos “apenas seus” não há problema. Agora se o desgaste físico e psicológico só aumenta é melhor repensar a questão.

Por Denisson Soares


Algumas atitudes facilitam a convivência diária e a valorização do ambiente de trabalho.

Há muitas pessoas que passam mais tempo no trabalho do que em sua própria casa. Muitos podem até dizer que valorizam o ambiente de trabalho, mas pelas atitudes que são tomadas no dia a dia fica claro se realmente há esta valorização. 

Se passamos a maior parte do nosso tempo no ambiente de trabalho é de grande importância que este espaço seja agradável para todos, por isso devemos ter algumas atitudes que facilitam essa convivência diária e valorize o ambiente no qual estamos. As mudanças que você pode tomar com relação às suas atitudes contribuirão para melhorar o seu ambiente de trabalho. Aqui vão algumas dicas:

  • Priorizar as relações humanas sendo gentil, prestativo e educado;
  • Não fale das pessoas, fale para as pessoas aquilo o que tem te incomodado, fofocas desvalorizam muito o ambiente de trabalho;
  • Tenha a capacidade de diluir conflitos e não aumentá-los;
  • Deixe o ambiente limpo, organizado, com os materiais nos seus devidos lugares;
  • Contribua com ideias para melhor organização do ambiente;
  • Ofereça ajuda quando perceber que há algum colega com dificuldade;
  • Por mais que não tenha afinidade com algum colega, priorize o respeito para que as relações permaneçam harmoniosas;
  • Tenha compromissos com horários e datas de entrega de algum serviço;
  • Faça sempre o seu melhor, quem se dedica é porque valoriza.

Após todas estas situações, certamente, você já se avaliou se essas atitudes realmente estavam sendo tomadas no seu dia a dia.

Assim como em todas as relações que temos, onde muitas vezes devemos ser tolerantes e compreensivos, da mesma forma devemos ter este equilíbrio no nosso local de trabalho e com as pessoas que convivemos. Pois um lugar onde passamos a maior parte do nosso tempo, muitas vezes um tempo até maior do que com a nossa própria família, tem que ser agradável para todos

Com estas atitudes sendo tomadas diariamente conseguiremos uma maior valorização do ambiente do qual fazemos parte.

Por Regiane Daniele de Jesus


Deve ser abordada no currículo as áreas de conhecimento, as habilidades e as principais competências do candidato a Menor Aprendiz.

Muitas vagas para Menor Aprendiz são abertas durante todo o ano por empresas de pequeno, médio e de grande porte. A maioria das propostas é direcionada para estudantes que procuram o seu primeiro emprego.

Para conseguir conquistar uma vaga como essa, o aluno precisa ter em mente que o currículo deve ser bem elaborado, e aqui vamos mostrar qual é a maneira correta de informar seus dados pessoais, quais são as características que podem agregar na empresa, entre coisas do mesmo gênero.

No currículo de um Menor Aprendiz é necessário escrever, de maneira clara, quais são as áreas de conhecimento, quais são suas habilidades e principais competências.  

Todas essas informações são consideradas como as mais relevantes na hora de chamar a atenção do recrutador, pois os candidatos normalmente não têm experiências anteriores, e são as suas qualificações que vão os diferenciar um do outro.

Começo do Currículo:

Logo no começo do documento informe seu nome completo, sua idade, data de nascimento, endereço, e-mail e os principais telefones de contato.

Formação Acadêmica:

Na sequência, informe qual é o grau de escolaridade. Caso não tenha concluído o ensino médio, informe onde estuda e o horário. Nesse espaço você pode dizer qual a disponibilidade de horário, e se pode realizar viagens ou mudanças.

Objetivo Profissional: Jovem ou Menor Aprendiz.

Resumo de Qualificações Profissionais:

Descreva quais são suas qualificações profissionais, qual a área que tem interesse em atuar, como por exemplo, o departamento administrativo, quais são suas aptidões, habilidades e áreas de conhecimento.

Cursos Extracurriculares:

Caso tenha feito algum curso que pode agregar o documento não deixe de informar. Os principais cursos que devem ser realizados por um menor aprendiz são de informática e idiomas.

Por Yasmin Fernandes Robles


Seguindo alguns passos é possível voltar mais rapidamente ao mercado de trabalho.

Em tempos de crise econômica muitos profissionais, infelizmente, encontram-se fora do mercado de trabalho, por demissões sem justa causa, e de forma inesperada, mas se você está nessa situação, saiba o que fazer para voltar o mais rápido possível para o mercado de trabalho?

Confira algumas dicas para conseguir uma nova inserção no mercado de trabalho:

– Procure atualizar os seus contatos:

Nessa fase profissional ter bons contatos profissionais é muito importante para se conseguir uma rápida inserção no mercado de trabalho. Atualmente a internet é uma ferramenta fundamental para que se haja uma aproximação de profissionais, pois existem redes sociais voltadas somente para contato de profissionais, então se você não conhece nenhuma rede social, faça uma pesquisa e se cadastre em uma o mais rápido possível.

– Aproveite para melhorar seu currículo através de cursos:

Aproveite esse tempo que você está sem trabalhar para fazer cursos complementares, saiba que hoje em dia existem muitos cursos voltados para profissionais que estão fora do mercado de trabalho, sendo que esses cursos são inteiramente gratuitos e ainda oferecem auxílios transporte e alimentação como forma de incentivo e de ajuda para o profissional.

– Cadastre-se em sites de empregos na internet:

Hoje em dia a principal forma de contratação de profissionais é através de agências de emprego, sendo que essas agências nem ao menos recolhem currículos caso você deseje entregar algum para alguma atendente na própria agência, certamente ela pedirá que você faça um cadastro no site da agência e confira as vagas para efetuar candidatura, então não perca tempo indo até a agência ou entregando um currículo na portaria de uma empresa, hoje em dia tudo é na internet.

– Não tenha medo de arranjar um emprego com uma remuneração menor:

Às vezes muitos profissionais demoram para voltar ao mercado de trabalho porque desejam ganhar a mesma remuneração ou uma remuneração maior do que aquela que recebiam no emprego anterior, então se você quer uma rápida inserção, aceite um emprego com uma remuneração menor, pois às vezes, em pouco tempo, a empresa pode reconhecer o seu esforço e te dar uma oportunidade melhor, seja em forma de aumento salarial ou em forma de mudança de função.

Enfim, essas foram as dicas, então não se desespere, fique calmo e elabore suas estratégias, você verá que em pouco tempo você estará empregado novamente.

Por Rodrigo da Silva Monteiro


É essencial ser criativo e fugir de respostas padrões para ter sucesso em uma entrevista de emprego.

A entrevista é um momento de extrema importância que antecede a conquista de uma vaga de emprego que almeja, por isso, é fundamental saber o que falar sobre você no momento de seleção, e acredite isso pode não ser tão fácil como imagina.  

Muitos entrevistadores já conseguem ter muitas informações de um candidato assim que ele entra no ambiente de seleção. Por exemplo, se a pessoa não é de falar muito ou não faz perguntas, ele logo será considerado como tímido.

Em outros casos, os participantes que tomam a iniciativa podem ser considerados com o perfil de liderança, que é a característica mais procurada para vagas de diversos departamentos.  Um bom profissional precisa pensar e treinar para se sair bem nas próximas entrevistas que for convocado, e para conseguir esse resultado é preciso se autoconhecer.

As principais perguntas de uma entrevista de trabalho são:

Quais são as suas qualidades e seus pontos fracos?  E o que você tem feito para superar seus defeitos? Através dessas questões é possível passar ou reprovar um participante.

Para responder é necessário não usar a falsa modéstia, pois existem aqueles que chegam relatar não ter nenhum tipo de defeito. Essa é uma grande mentira, pois todo ser humano tem algo que deve ser melhorado. Esteja atento a esse detalhe.

Você deve conhecer quais são essas características negativas muito bem, reconhecendo que são falhas que podem ser melhoradas. Na sequência de uma pergunta como essa, é preciso falar com bastante ênfase quais são suas qualidades, e o que poderá fazer, caso seja contratado (a), para ajudar na melhoria da empresa.

O candidato ainda deve fugir de respostas que são padrões, ou seja, aquelas que todos os candidatos acabam aprendendo através da internet, ou que são citadas com frequência em processos seletivos. Aqueles que possuem maior jogo de cintura e forem diferenciados serão os aprovados.

Fale também com quem mora, quais são seus hobbies, o que gosta de fazer no tempo livre, quais foram as experiências anteriores, se teve algum tipo de promoção, entre coisas relacionadas.

Por Yasmin Fernandes Robles


Seguindo algumas dicas é possível ter eficiência na busca por um emprego.

O Brasil está enfrentando uma das maiores crises de oferta de trabalho, é por esse motivo que as pessoas estão procurando recorrer a dicas que são essenciais na hora de tentar conquistar aquela vaga de emprego tão desejada.

Se você está desempregado e quer saber que dicas são essas, saiba que abaixo nós vamos descrever as principais delas. Seguindo todas será possível se destacar e ter a possibilidade de ser escolhido entre os demais concorrentes.

Essas dicas para conseguir um emprego são baseadas em estudos que foram realizados pelo site Americano Glassdoor no ano de 2014.

– Acompanhar as publicações da empresa:

Se existe uma empresa certa que deseja trabalhar, saiba que é fundamental ativar assinaturas de publicações que estão ligadas a ela. Essas assinaturas podem ser feitas em sites, blogs e portal de emprego. Dessa forma será possível estar por dentro de todas as informações da instituição e de vagas que poderão surgir no decorrer do ano.

– Habilidades:

Todos os anos novos tipos de tecnologias surgem pelo mundo, sendo simplesmente impossível conhecer todas elas. Nesse caso, a dica é que separe pelo menos um mês do ano para estudar e conhecer algo novo que poderá agregar em áreas que deseja atuar.

– Currículo:

Aproveite a fase mais fraca para trabalhar para realizar cursos e atividades que possam agregar um pouco mais de valor em seu currículo.  Procure também formatar o documento e redigi-lo em um modelo mais moderno.

Mantenha uma cópia desse currículo atual sempre disponível em seu computador, pois caso uma vaga surja, você poderá encaminhá-lo com facilidade para a empresa.

O ideal é enviar o documento para pelo menos 5 vagas na semana. Estabeleça essa meta, e se quiser use as redes sociais para aumentar suas chances.

– Entrevista:

Prepare-se para as entrevistas que poderão surgir no futuro, valendo até mesmo realizar a contratação de um coach que vai ser responsável por auxiliar, informando através de feedback os seus pontos positivos e o que precisa melhorar em um momento tão importante como esse.

Por Yasmin Fernandes Robles


Saber se comunicar no trabalho é imprescindível para uma boa relação entre a equipe e para obter resultados positivos para a empresa.

Saber se comunicar bem não é importante apenas no que diz respeito à vida pessoal. Muito mais do que se pensa, saber se comunicar no ambiente de trabalho tem se tornado a cada dia algo mais fundamental ainda.

Uma observação interessante que deve ser feita é que aqueles profissionais que querem subir na carreira precisam ter mais atenção ainda com isso. O motivo é bem simples: quando o nível hierárquico sobe o que ocorre geralmente é que o profissional que ocupar o cargo irá precisar cada vez menos de conhecimentos técnicos e mais de comunicação.

Veja bem, alguém em um cargo estratégico em uma empresa inevitavelmente terá que participar da apresentação de projetos, negociações e reuniões dentre tantas outras situações. A última coisa que esse profissional vai querer é que existam falhas de comunicação.

Abaixo listamos alguns pontos importantes para quem deseja ter uma boa comunicação no ambiente de trabalho. Confira:

– Veja com os olhos do outro:

Um dos maiores problemas entre profissionais reside principalmente no fato de que um dificilmente tenta ver sob o ponto de vista do colega. No lugar de observar e tentar entender o porquê do colega querer daquele jeito a pessoa fica como uma muralha e não “mexe” de maneira alguma em seu ponto de vista. Em muitos casos nem é preciso abrir mão de muita coisa. Imagine um projeto. Muitas vezes a visão do outro pode trazer ainda mais valor do que se feito apenas sob um prisma.

– Cuidado com as palavras:

É tão óbvio isso. Entretanto, vale fazer uma observação: em qualquer empresa alguém sempre conhece um sujeito que subiu de cargo e mudou sua forma de agir. É bom lembrar que antes de sermos profissionais, somos humanos. De fato um cargo mais importante requer do profissional mais atenção e muitas vezes, pode até estressá-lo mais ainda do que a antiga função. Mesmo assim, a pessoa que ocupa esse cargo geralmente o procurou, trabalhou para conquistá-lo. Por isso, manter um bom relacionamento com todos através de uma boa comunicação é imprescindível para se manter no posto com sucesso.

– Prepare-se:

Às vezes existe um determinado projeto, por exemplo, e o profissional precisa apresentá-lo para um grupo de pessoas. O resultado geralmente é horrível se a pessoa não tem experiência. Por isso o fator “preparação” é de extrema importância. Busque conhecer bem o assunto ou como tornar a reunião mais agradável, por exemplo.

Existem diversos outros pontos a serem considerados. Entretanto, é importante destacar que “cada um é cada um”. O que serve para um profissional pode não servir para o seu colega. Daí ser fundamental conhecer o próprio perfil profissional a fundo.

Por Denisson Soares


Uma pessoa que tenha a introversão na sua personalidade pode contar com alguns problemas no ambiente de trabalho. Confira os melhores trabalhos e algumas dicas para se dar melhor na carreira.

Você é introvertido? Se sim, você e algumas outras pessoas que tem essa personalidade, podem encontrar certos problemas para trabalhar em alguns empregos. Tais pessoas preferem trabalhar sozinhas e buscar uma energia que venha de sí próprio, mas em algumas ocasiões se sentem deslocadas.

O site especializado em carreiras o Payscale aponta em artigo, que depois viria ser publicado no Business Insider, que o mercado de trabalho está em grande parte sendo projetado para pessoas extrovertidas.

Problemas como redes de contatos ou falar para um público maior, podem se tornar barreiras que dificultam, e muito, pessoas introvertidas em seu ambiente de trabalho. Com isso, foram divulgadas alguns empregos que são apontados como os melhores para pessoas introvertidas. Eles são indicados devido ao fato que os mesmos não exigem uma grande interação com outras pessoas ou são exercidos de maneira mais autônoma.

Confira os trabalhos –

  • Chef Particular – Neste trabalho, maior parte do tempo para a função é voltada somente para preparar a comida e não com o contato de servir as pessoas. O público feminino é o que mais representa os chefs particulares (62%).
  • Estatístico – Além de serem bem remunerados pelos seus trabalhos, um vencimento médio de R$ 5.400 ao mês, os estatísticos tem a maior preocupação com os números, equações e suas planilhas.
  • Geólogo de Petróleo – Esse tipo de profissional fica em grande parte da rotina fazendo a modelagem de projetos de engenharia e analisando dados. Outro bom atrativo é o salário destes geólogos.
  • Designer de Videogame – Uma função que é feita em sua maioria por pessoas introvertidas e é destinado para elas. Os designers criam os mundos virtuais e as experiências que os jogadores terão nos consoles. O trabalho também não exige a interação com muitas pessoas.
  • Artistas Plásticos – A função é dividida entre escultores, pintores ou ilustradores, mas o importante é que eles passam várias horas no estúdio no trabalho de suas obras. Tanto pessoas introvertidas como as extrovertidas, a função é válida para ambos.
  • Arquivista, técnico de museus ou curador – O profissional passa o dia dentro de um museu ou biblioteca, então, pessoas introvertidas podem se dar bem nessa área.
  • Desenvolvedor de web – Esse é outra função que os introvertidos gostam. Como trabalham com a internet, a rede não exige que se tenha uma interação presencial com as pessoas.
  • Guarda Florestal – Tanto para introvertidos como para amantes da natureza, essa é uma boa pedida. Os profissionais vão passar um bom tempo estudanto sozinhos os parques, lagos, florestas e outras áreas.
  • Gerente de mídias sociais – Ficar cercado de muitas pessoas podem deixar os introvertidos desgastados. Os gerentes de mídias trabalham com a interação virtual. Com isso, as pessoas vão interagir virtualmente com pessoas do Facebook e Twitter, por exemplo.
  • Engenheiro de Motores – O tempo para a interação com outras pessoas fica bem diminuto, uma vez que o profissional fica com o seu foco voltado para cada pequeno detalhe do motor.

Dicas para pessoas introvertidas no trabalho

Faça o possível para identificar seus pontos fortes!

Não pense em como os colegas lhe veem no seu emprego. O primeiro passo é conseguir verificar quais são seus pontos fortes. Além daquelas habilidades que tenham relação ao cargo atual que ocupa, vise valores que agregariam em qualquer outra posição que poderia ter em um futuro.

Não deixe que o “ser extrovertido” mude seu foco. Caso você seja uma pessoa que é mais solitária, sua produção deve ser muito boa quando necessita ler e escrever pesquisas e relatórios. O comportamento em questão vai mostrar que você é independente e pode agregar novas ideias para sua equipe.

Conseguiu verificar as suas principais forças? Tenta destacar as mesmas no seu local de trabalho.

Quando é a hora de aceitar um desafio?

Reconheça o ser introvertido e elimine desconfortos. Alguns desafios para essas pessoas são, por exemplo, aceitar ir a um almoço com bons clientes ou com um diretor importante da empresa. Aceite tais desafios e equilibre a sua vida pessoal e profissional, sempre aceitando a sua personalidade.

Nunca use a introversão como desculpa. Busque a hora certa de tentar superar em alguns momentos a sua introversão e melhore as oportunidades em seu trabalho. Sempre faça uma análise por de trás desse desafio. Vale a pena ir em frente para ter uma nova oportunidade?

Deixe bem claro para as pessoas o que podem esperar de você!

Quando se é introvertido, muitas vezes você pode ser mal interpretado no ambiente de trabalho. Sempre diga para seus colegas e superiores o que podem esperar de sua função. Quando se deixa isso muito aberto, o profissional poderá ter o reconhecimento daquilo que merece e não apenas por uma falsa impressão de alguns colegas, por exemplo, que podem lhe enxergar como um funcionário que não agrega a sua empresa. Mesmo com alguns problemas de comunicação, quando se deixa claro suas qualidades, você dificilmente será interpretado de maneira errônea. 





CONTINUE NAVEGANDO: