Lidar com as falhas no ambiente de trabalho é uma luta diária e que deve ser feita com muita dedicação.

O profissional que aprende a lidar com suas falhas no trabalho se torna um líder, uma pessoa de sucesso, mas não é nada fácil para uma pessoa lidar de forma madura com seus erros, pois a tendência natural de todo ser humano é se justificar.

É mais do que compreensível que uma pessoa sinta aquela vontade de atingir a perfeição, é nato do ser humano, mas isso não deve ser feito buscando justificativa para as falhas, pelo contrário, devemos assumi-las com humildade ao mesmo tempo em que nos propomos a buscarmos formas de corrigir o erro e atitudes que o evitarão acontecer novamente.

Nas empresas encontramos muitos profissionais que sonham em ser líderes ou estar à frente de um importante projeto, porém são poucos os que sabem realmente lidar com suas falhas e para ser um líder isso é fundamental porque todos erram, o que faz a diferença é saber lidar com nossos erros.

Um bom profissional nunca deve deixar que o erro lhe afete emocionalmente, vindo até mesmo a prejudicar seu trabalho. Uma falha nunca poderá lhe influenciar aponto de comprometer seu rendimento na empresa.

Quando cometer um erro, o primeiro passo é ter a humildade de assumi-lo e se for o caso, comunicá-lo a outros setores, caso seja um erro que venha a afetar outras partes da empresa.

Mas não se pode ficar perdendo tempo, batendo no peito por ter errado, é preciso atitude! Você tem que fazer algo, o mais breve possível para corrigir o erro ou ao menos amenizar a situação. Para saber lidar com suas falhas no trabalho, é preciso deixar de lado a arrogância, a prepotência e principalmente, saber ouvir seus companheiros de trabalho, pois é muito comum que diariamente cometamos as mesmas pequenas falhas, mas basta o alerta de um colega para mudarmos de atitude.

Todo mundo está sujeito a erros no ambiente de trabalho e tenha consciência de que quanto mais elevado for o posto mais as falhas serão percebidas e mais graves serão as consequências, mas isso não significa que funcionários de postos mais baixos não precisam ficar atentos, muito pelo contrário!

O profissional que deseja realmente crescer profissionalmente, independente do cargo que ocupa, está sempre atento para evitar erros e quando estes acontecem, o profissional tem uma atitude de humildade e principalmente de agilidade, tomando todas as providências necessárias em tempo hábil para resolver o erro cometido.

Lidar com suas falhas no trabalho é uma batalha diária, que nunca será vencida, por isso mantenha sempre o foco no trabalho, a atenção nunca deve estar dispersa e se mesmo assim a falha vier a acontecer, mostre-se um verdadeiro líder, capaz de assumir e resolver problemas, inclusive quando resultantes de suas próprias falhas.

Por Russel


É preciso ter certos cuidados e evitar alguns erros na jornada da busca de um novo emprego.

Você está em busca de novas oportunidades profissionais? Encontrar emprego é um desafio pela competitividade que existe hoje no mercado. Os candidatos que estão buscando por uma vaga devem tomar cuidado e evitar alguns erros. Que tal conhecê-los?

– Fazer intervalos prolongados entre uma entrevista e outra:

Você está tendo muito sucesso na busca profissional? Está sendo convocado para muitas entrevistas? Mas, enquanto não tiver uma resposta positiva e ter fechado um contrato, não dê pausas prolongadas. Muitos candidatos param de enviar currículos quando estão sendo chamados para entrevistas de forma regular. Portanto, se quiser fazer uma pausa entre uma entrevista e outra, não a prolongue muito.

– Não saber aproveitar o tempo!

É preciso saber aproveitar o tempo. Pesquise sobre as oportunidades de trabalho, dedique-se e estude as empresas que deseja trabalhar. Saiba os seus valores, cultura, posições no mercado, entre outras informações úteis. Não envie currículo apenas por “enviar”. Muitos candidatos não aproveitam o tempo para estudar a Organização, o que é um erro comum.

– Emoções negativas: cuidado com elas!

Estar desempregado não é uma situação confortável, mas é preciso lutar e encontrar outras oportunidades no mercado de trabalho. Sentimentos negativos não podem dominar durante a situação, é preciso manter a calma e o equilíbrio, que são os fatores chaves do sucesso. Quem está nesta situação deve se lembrar de manter uma alimentação saudável, conversar com as pessoas para obter um apoio, fazer atividades físicas e dormir bem.

– Não revisar o currículo

O currículo é o documento que vai constar toda a vida profissional do candidato. Por isso, é preciso que ele esteja escrito de forma clara e objetiva. Peça ajuda para revisar o seu currículo, verificar se ele está completo ou falta alguma informação.

– Confiar em apenas uma vaga

Você mandou bem na entrevista e está confiante? Não deposite a sua ficha em apenas uma oportunidade, continue mandado o seu currículo para outras vagas que surgirem. Continue se esforçando, até conseguir o que almeja. 

Por Babi


Para superar um erro cometido na empresa é preciso ter resiliência, autoconfiança e atitude.

Uma das maiores dificuldades de qualquer profissional, em qualquer área de atuação, é encarar e saber lidar com os próprios erros, principalmente se o erro reflete negativamente e acarreta em desdobramentos negativos para a empresa e para o próprio funcionário. Diante deste cenário, o que fazer para lidar melhor com essas situações e seguir em frente?

Uma das características citadas como de maior importância para a superação de frustrações e falhas é a resiliência. O dicionário Priberam define resiliência como uma capacidade de se recuperar e superar as adversidades.

É claro que a definição se estende quando tratamos do tema pelo viés das ciências humanas, mas é inegável que essa característica é indispensável para todos nós, principalmente no âmbito profissional, pois as responsabilidades do dia a dia requerem dinamismo e capacidade de superação para seguir em frente e aprender com os erros.

É importante salientar que para superar graves erros com resiliência é preciso ter autoconfiança e atitude. Essas dicas foram reveladas pela psicoterapeuta Clarice Barbosa em entrevista para o site UOL (página de Economia / Plano de Carreira).

A psicoterapeuta declara também que uma grande dificuldade que o profissional encontra após o cometimento de um grave erro é o fato de ter que encarar novamente os colegas de trabalho, o chefe e a rotina de trabalho. Para isso, o profissional deve, primeiramente, reconhecer o erro e gastar energias para buscar possíveis soluções, ao invés de se martirizar com pensamentos de culpa, o que causa um conflito interno e corrói a autoconfiança. Como consequência a resiliência é prejudicada.

Outro aspecto relevante levantado é a posição diante dos colegas de trabalho. Comentários a respeito do ocorrido devem ser evitados, contudo a posição de passividade pode prejudicar e levar a um conflito interno que dificultará a permanência da pessoa na empresa.

Se o erro causou demissão do funcionário, não há o que reparar para a antiga empresa, mas o ocorrido pode e deve fazer com que o profissional busque o aprendizado a partir do erro, pois do contrário a pessoa pode cair em depressão, o que seria uma perda maior do que a própria demissão.

Por André César


Seres humanos cometem erros e isso não é diferente no trabalho. Caso cometa algum erro na empresa o melhor a fazer é assumir o erro, fazer uma avaliação do ocorrido e verificar o que pode ser feito para solucionar o problema.

Todo mundo erra, inclusive, no trabalho! Porém, quando estamos em uma empresa, os cuidados devem ser redobrados para que não haja nenhum erro, pois algumas falhas podem ser simples e facilmente corrigidas, mas há erros graves no trabalho que podem colocar em risco a vida das pessoas ou trazer um grande prejuízo financeiro à empresa. Mas, infelizmente, mesmo com todos os cuidados, as pessoas estão propícias a cometerem um erro grave no trabalho e diante disso é preciso saber o que fazer.

O primeiro passo a ser dado é assumir o erro! Jamais tente esconder o erro cometido e muito menos tente se justificar ou dizer que não teve culpa. Você errou e, claro, não foi de propósito, mas errou e precisa encarar a situação.

Faça uma avaliação do ocorrido, veja o que pode ser feito de imediato e seja o mais transparente possível. Informe o erro aos seus superiores e de forma clara, narrando o fato ocorrido e sem se preocupar demais em se justificar, posteriormente você fará isso, mas não agora.

Procure identificar o erro e veja como isso irá afetar a empresa e até mesmo os clientes. Analisando a fundo esta falha cometida, você estará se preparando para não errar novamente e ajudará outros colegas de trabalho a não cometer o mesmo erro que você.

Analisado o erro é hora de ver o que pode ser feito. Faça uma avaliação completa de tudo que pode ser feito para corrigir o problema e veja o que pode ser feito em caráter emergencial para sanar logo o problema.

Há erros de pequenas proporções e outros que afetam vários setores da empresa, clientes, funcionários, por isso é importante fazer uma análise para saber qual o tamanho do problema gerado por seu erro.

Outro detalhe importante nesta hora, é que o problema deve ser antecipado, primeiramente, aos superiores da empresa e também ao maior prejudicado, seja seu patrão, os colegas de trabalho ou clientes. É importante adiantar a estas pessoas que você já tem consciência do erro cometido, já admitiu a culpa e, principalmente, já está tomando providências para resolver o problema.

Lembre-se sempre que você será lembrado na empresa não só pelo erro, mas, principalmente, pela forma como conduziu todo o problema, suas atitudes e as soluções encontradas.

Por Russel





CONTINUE NAVEGANDO: