Mulheres no Mercado de Trabalho – Aumento Vagas Femininas




Segundo a pesquisa da SEADE (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados) e do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), as mulheres no ano passado ocuparam um número maior de cargos, porém as condições de salário ainda permanecem inferiores a dos homens.

Os pontos positivos foram em relação a taxa de desemprego na RM de São Paulo, que teve uma pequena queda entre o sexo feminino, em 2008 era de 16,5% e em 2009 de 16,2%. Em relação aos homens, essa taxa teve aumento. Elas ainda ocupam mais os cargos que possuem a maior presença feminina que é a de serviços e o de serviço doméstico. Quando se trata do salário, as mulheres ainda recebem menos que os homens. Em um cargo de nível superior, a remuneração feminina chega a ser 30% menor que a dos homens. De um modo geral, o espaço da mulher no mercado de trabalho cresce lentamente.



Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *