Uber Eats – Como Trabalhar de Entregador





Saiba aqui como trabalhar de entregador do Uber Eats.

Com o avanço da tecnologia e um mundo cada vez mais corrido, a sociedade passou a procurar resolver probleminhas do dia a dia dos indivíduos. Seja na facilidade em se locomover com transporte urbano ou até mesmo solicitar refeições através de aplicativos, a Uber apostou fortemente em tecnologia e comodidade para os seus usuários. O Uber Eats, em uma tradução simples para o português “Uber come”, é um aplicativo que tem ganhado cada vez mais adeptos desde 2016, quando foi trazido para o Brasil. Mas como fazer para se tornar um entregador do Uber Eats? Esta e outras perguntas responderemos a seguir.

Quais são os requisitos para ser um entregador do Uber Eats?

A depender da região, as entregas poderão ser realizadas de carro, moto ou até mesmo de bicicleta. Assim que tiver interesse, o entregador pode se cadastrar diretamente no aplicativo que está disponível gratuitamente para Android e IOS ou no site oficial, para acessar o site clique aqui.




Antes de tudo, é preciso salientar que o interessado deverá ter mais de 18 anos e RG, CNH e CPF válidos, Para os que farão as entregas em motocicletas ou carros particulares ou alugados, deverão incluir na lista de documentação o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) válido, que não necessariamente deve estar em nome do condutor. Após o envio da documentação exigida, basta esperar a análise e a aprovação para entregar alimentos. Assim que ativada o entregador já pode começar a gerar ganhos e com isso complementar a renda mensal.

Quanto é a remuneração do Uber Eats?

O pagamento do Uber Eats é semanal e ocorre todas as segundas, mas o valor repassado não é fixo e depende muito do trajeto que o entregador faz. No site da Uber não é possível encontrar valores estabelecidos, mas ao procuramos referências de pessoas que já fazem este tipo de serviço, encontramos um canal no Youtube intitulado “Uber na quebrada”, lá o entregador relata suas experiências e pegamos uma dela como um exemplo.


Em uma viagem com duração de 19 minutos e 6 segundos e uma distância percorrida de 10.11 quilômetros, o valor de ganhos líquido foi de R$ 11,79. Nesta situação, é importante mencionar que o veículo utilizado era uma motocicleta, que segundo o youtuber, faz 40 quilômetros com um litro de gasolina. Se a cada vinte minutos um entregador fizer R$ 11,79, trabalhando cerca de 4 horas ininterruptas, é possível fazer um valor aproximado a R$ 141,48 por dia. Deve-se dar atenção que os custos de gasolina, óleo e internet não estão incluídos, entrementes, o Uber Eats pode ser uma boa oportunidade para as pessoas que estão desempregadas ou que precisam de uma renda extra.

Quais são os benefícios?

Apesar de não ser um emprego comum, com carteira assinada e vale alimentação, a empresa Uber faz o possível para motivar e reconhecer seus colaboradores, algumas vantagens são o diferencial para quem tem interesse nesse ramo, confira algumas:

  • Descontos de até 60% em aluguéis de veículos
  • Vantagens em compras de aparelhos novos e adesão à planos telefônicos
  • Facilidade em financiamento de automóveis. (O valor do financiamento é descontado do repasse semanal que a Uber faz para o motorista)
  • Descontos de até 50% na Baglev na compra de bolsas automotivas.
  • Incentivo à educação e ao aprendizado de novas habilidades na Udemy, com descontos e vantagens exclusivas.

Quer mais vantagem? Com o Uber Eats você trabalha na hora que quiser, tanto pela manhã, tarde ou noite. O horário é flexível e possui uma navegação fácil, oferecendo no próprio App todas as informações necessárias para a realização das entregas. Além de tudo, a Uber possui um seguro completo para as viagens de entrega sem custos extras para os colaboradores.

Raiza Pereira da Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *