Curitiba e RMC também tem mutirão de empregos


Curitiba, Região Metropolitana e localidades do interior do estado do Paraná estão com diversas oportunidades de emprego.

São mais de 10 mil vagas entre aquelas ofertadas pela Agência do Trabalhador e por postos avançados de emprego. Se interessou? Veja quais funções contam com mais chances logo a seguir.


Com 1.641 vagas abertas, a Região Metropolitana de Curitiba tem ofertas de emprego nos postos de operador de telemarketing receptivo e ativo, assistente administrativo, auxiliar de linha de produção e operador de telemarketing receptivo.


Para os residentes em Toledo e proximidades, os destaques ficam para os postos de pedreiro, abatedor de porco, abatedor de aves e auxiliar de linha de produção. Somente para esta última função estão disponíveis 313 vagas.


Auxiliar de linha produção é o destaque em Cascavel, sendo 502 vagas. Além dessa chance, também há oportunidades para safrista, professor para as séries iniciais e magarefe.


Já em Umuarama as chances são para trabalhador na cultura de cana-de-açúcar, tapeceiro de móveis, alimentador de linha de produção e auxiliar de linha produção. Destaque para o último posto que dispõe de 692 vagas.

Como se candidatar às vagas em Curitiba e Região Metropolitana

A recomendação é que os profissionais que desejarem aproveitar alguma das chances abertas nesta segunda quinzena de maio procurem as unidades de atendimento ao trabalhador de seus respectivos municípios.

Vale lembrar que é possível fazer o agendamento com horário marcado. O processo é bem simples: basta acessar o site https://www.justica.pr.gov.br/Trabalho.

Orientações para profissionais

  • Aprenda a dizer não

Em todos os momentos, é importante saber quanto trabalho você pode assumir para não se sobrecarregar – especialmente se estiver com problemas de saúde mental relacionados ao trabalho. Claro, é natural querer agradar seus gerentes e colegas assumindo muitos projetos e tarefas e tendo um bom desempenho, mas às vezes você só está no seu melhor quando não se compromete com muitas coisas.

A habilidade chave para gerenciar o estresse no trabalho e demandas de todos os tipos é estar ciente de quando é momento de assumir e quando é o momento de delegar. Você pode ficar tentado a trabalhar mais para ganhar elogios ou reconhecimento, mas pode estar pedindo por problemas a longo prazo.

  • Definir algumas restrições

Com a tecnologia de hoje, podemos estar conectados a nós 24 horas por dia, 7 dias por semana – o que cria uma cultura tóxica e "sempre ligado". Para se proteger de não conseguir relaxar completamente quando sair do trabalho e sentir que não pode ignorar as mensagens profissionais que aparecem em seu telefone, estabeleça alguns limites desde o início. Coisas simples, como não pular o almoço e sair do trabalho na hora, podem ajudar a estabelecer alguns limites e manter seu trabalho restrito ao local de trabalho. Uma sugestão: Tente não verificar ou responder a e-mails de trabalho fora do expediente. Certamente não os verifique na hora de dormir, nos fins de semana ou nas férias.

  • Construa um relacionamento positivo com seu chefe

É ótimo ter um bom relacionamento com os colegas, principalmente com seu chefe. Essa pessoa dividirá sua carga de trabalho e será sua porta principal para qualquer problema, por isso é importante manter um bom relacionamento com ela. Também facilita a conexão com seu gerente e ajuda quando precisar abordar tópicos delicados, como sua saúde mental.

Construir um relacionamento positivo de mão dupla com seu supervisor é fundamental para ajudá-lo a gerenciar sua carga de trabalho e promover conversas sobre como lidar com problemas que podem estar afetando sua saúde mental. Mesmo que não haja problemas no momento, a base de um relacionamento forte garantirá que você possa estar lá quando precisar, tempo e tempo para conversar.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.