A ECT – Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – lançou o edital n° 1.417/2013 para realização de processo seletivo que estabelece as condições para a seleção de jovens  que formarão o quadro de pessoal do Programa Jovem Aprendiz. O certame oferece 2.559 vagas e formação de cadastro reserva aos jovens que terão a qualificação na formação de Auxiliar Administrativo, segundo as regras da CLT. 

Os candidatos aprovados terão direito a auxílio mensal será de R$ 318,26. A jornada de aprendizagem será de 20 horas semanais, além de curso de aprendizagem em um total de 12 meses consecutivos.

São exigidos dos candidatos idade entre 14 e 22 anos completos (ao candidato com necessidades especiais não é aplicado o limite de idade máxima), estar matriculado e frequente na escola, se não tiver concluído o ensino médio, além de disponibilidade de cumprir a jornada de aprendizagem de 4 a 6 horas diárias.

Os interessados que se adequam aos pré–requisitos podem se inscrever por meio de formulário disponível no endereço eletrônico www.correios.com.br, até o dia 19 de fevereiro de 2014. Não haverá cobrança de taxa de participação dos candidatos.

O Jovem Aprendiz terá as seguintes responsabilidades: deslocar documentos entre as diferentes áreas internas, expedir, receber e arquivar documentos, repor materiais e demais ferramentas referentes ao trabalho e ao expediente, ajudar na realização de eventos (organizar ambientes), verificar a boa condição de equipamentos e materiais de acordo com o  o solicitado, prestar informações acerca dos serviços e produtos dos Correios e outras funções conhecidas no decorrer do aprendizado.

A seleção será feita por meio de inscrição e a fase pré-admissional, que se dará por meio de exames médicos de admissão. Após essas etapas, os candidatos passarão por curso de aprendizagem (somente para os aprovados nas primeiras etapas). O curso será aplicado em uma das unidades do SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (parte teórica) e na ECT (parte prática).

Mais informações em www.correios.com.br.

Por Robson Quirino de Moraes





CONTINUE NAVEGANDO: