Trocar de Emprego – O Que Analisar Antes de Mudar de Trabalho




Mudar de emprego requer muitos cuidados. Confira algumas dicas do que analisar antes de optar por trocar de trabalho.

Com a crise econômica que temos passado, está cada vez mais difícil encontrar uma nova oportunidade de emprego. Apesar disso, muita gente que atualmente está empregada está insatisfeita e quer mudar de emprego, mas será que este é o momento certo para isso? Primeiramente, saiba que mesmo com a economia instável, muitos profissionais buscam novas oportunidades para aumentar seus conhecimentos e até mesmo para conquistar melhores posições de trabalho. Apesar disso, antes de trocar de emprego o profissional precisa analisar várias coisas para não acabar se arrependendo da decisão. Mas afinal de contas, o que deve ser levado em consideração antes de você mudar de emprego? Se você também tem esta pergunta, confira agora o que você deve analisar antes de buscar novos rumos:

Primeiramente o profissional precisa analisar o propósito da nova empresa e se ela oferece oportunidades de desenvolvimento. Ninguém quem mudar de trabalho e acabar descobrindo mais tarde que sua antiga empresa teria muito mais oportunidades para crescer do que a atual. É preciso analisar também se a nova empresa busca construir um legado que agregue competências para as gerações futuras e também para ela própria.


Outro ponto a ser analisado é com relação à Cultura Corporativa. É preciso que a nova empresa seja coerente e pratique tudo o que prega. É importante lembrar que a falta de sintonia entre o discurso pregado pela empresa e a realidade pode desmotivar o profissional e levar este a repensar a sua permanência na empresa.

Outra coisa que deve ser analisada pelo trabalhador é a Remuneração e os Benefícios. Dificilmente um trabalhador irá querer receber um salário muito menor do que o que recebia na empresa antiga. Já se dispuser a isso, é bem provável que depois de um certo tempo o profissional fique um pouco desmotivado por receber menos. É preciso analisar ainda os benefícios oferecidos, muitas vezes uma previdência privada, ações da empresa, bônus ou até mesmo um carro da companhia podem servir de fator compensador para o profissional.

O profissional interessado em mudar de emprego também precisa analisar se nesta nova oportunidade ele terá tempo para conciliar a vida profissional e pessoal. É muito importante que a pessoa consiga conciliar de maneira equilibrada as duas coisas, pois somente assim conseguirá se manter motivado e comprometido para exercer as suas atividades.


É preciso avaliar também o perfil de seu chefe. Procure trabalhar com gestores que incentivam, ensinam, apoiam e impulsionam o trabalhador a tomar suas próprias decisões. É preciso considerar ainda que geralmente as pessoas que buscam trocar de emprego possuem um perfil mais aberto a mudanças, que buscam novos conhecimentos e que também gostam de desafios e do desconhecido. Devido a isso, os líderes inspiradores são os que mais agradam e retém este tipo de profissional.

É preciso buscar também oportunidades que oferecem crescimento profissional. Poder enxergar possibilidades de evolução técnica e econômica fazem com que o profissional tenha mais satisfação e motivação para seguir dentro da empresa.

Por fim, o profissional também precisa analisar a autonomia que terá dentro da empresa. Atualmente, muitas empresas trazem consigo regras que podem desagradar o funcionário. Portanto, é bom que o profissional que deseja trocar de emprego analise bem todas as regras da empresa para ver se irá se encaixar a elas. Além disso, o trabalhador deve priorizar empresas que possibilitam que o funcionário possa romper com os paradigmas e trazer novas soluções para a companhia. 

Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *