Programa de Trainee Ensina Brasil 2019 – Inscrições




O Ensina Brasil recebe inscrições para seu programa de trainee até o dia 14 de setembro de 2018.

A startup Ensina Brasil recebe inscrições para seu programa de trainee até o dia 14 de setembro de 2018. A Instituição busca por jovens que queiram desenvolver suas habilidades de líderes e tenham forte vontade de mudar o Brasil através da melhoria da educação nas escolas da rede pública, em regiões mais vulneráveis socialmente.

Os interessados precisam se inscrever pelo site da instituição www.ensinabrasil.org. Confere abaixo todos os detalhes sobre o Programa da Ensina Brasil.


Sobre o Programa Ensina Brasil 2019

O interesse do Ensina Brasil é atrair jovens com qualidades e potenciais para liderarem uma verdadeira mudança no ensino público do país. Essa inspiração de atuar na rede pública em parceria com os governos, veio de modelos que deram certo ao redor do mundo através do Teach for All. A ideia é ensinar os jovens a serem verdadeiros líderes e que possam lecionar com maior competência, responsabilidade e criatividade.

A formação de 250 horas ministradas pelo Ensina Brasil durante o programa, dará ênfase a ações pedagógicas para que os Ensinas (trainees) trabalhem como professores na rede pública por dois anos.

Todos receberão formação continuada por meio de uma universidade autorizada pelo MEC e receberão mentoria.


Quem pode participar do programa

Quem quiser participar do programa precisa entender que deve estar disponível para fazer trabalhar fora da sua cidade caso seja convocado para isso. O trabalho é de tempo integral e com remuneração de acordo com o governo empregador. O programa ocorrerá entre fevereiro de 2019 e dezembro de 2020. Também é importante salientar que os participantes não serão funcionários do Ensina Brasil e sim dos governos locais que participarão do programa e são parceiros da instituição.

O Ensina Brasil oferece formação para os participantes que são chamados pelo projeto de Ensinas. Essa formação acontece de forma presencial por quatro semanas na cidade de São Paulo e mais uma semana na modalidade online. Para participar, o profissional precisa:

· Ser brasileiro naturalizado ou nato;

· Ter boa fluência na Língua Portuguesa

· Ensino Superior completo até dezembro de 2018 (caso a universidade atrase o encerramento do semestre devido a greves, serão aceitos candidatos que irão se formar no início de 2019. Apenas nesses casos);

· Formação concluída no máximo há 10 anos.

Sobre o processo seletivo 2019

O programa Ensina Brasil é muito concorrido. Embora tenha sido implantado recentemente, já houve muitos inscritos na primeira edição, todos disputando 130 vagas.

O Ensina utiliza sete critérios para avaliar os candidatos às vagas, são eles:

1. Identificação com os valores da instituição;

2. Empatia;

3. Humildade, persistência e resiliência;

4. Bom relacionamento interpessoal;

5. Capacidade de resolver problemas;

6. Responsabilidade e pragmatismo;

7. Sonhar alto.

A seleção ocorre em cinco etapas promovidas pelo Programa de Desenvolvimento de Lideranças do Ensina:

Primeiro é preciso se inscrever pelo site: www.ensinabrasil.org

Serão analisados o histórico acadêmico, atividades extracurriculares e o currículo profissional.

A segunda etapa é composta por uma avaliação de múltipla escolha.

Na terceira etapa, os candidatos irão responder questões dissertativas sobre suas trajetórias profissionais e de vida.

Quarta fase: Haverá uma dinâmica em grupo e acontecerá a simulação de aula.

Quinta etapa: Entrevistas.

Sobre o Ensina Brasil

A startup Ensina Brasil é uma sociedade que faz parcerias governamentais, mas sem fins lucrativos, buscando influenciar positivamente a sociedade brasileira por meio da educação.

O objetivo é que um dia todos os indivíduos possam ser contemplados com educação de qualidade.

Para alcançar esse objetivo, o Ensina Brasil aglutina em torno do seu projeto um grupo de jovens com vontade e capacidade de ajudar a solucionar problemas na área da educação.

Já foram mais de 12 mil inscritos no programa com 130 profissionais selecionados impactando a vida de 30 mil estudantes.

Por Fabiola de Moraes

Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *