Concurso PC RN 2021 – Inscrições, Vagas

Categorias: 2021 - Concursos Públicos - Polícia Civil - Rio Grande do Norte

Concurso para a Polícia Civil do RN oferta 301 vagas para os cargos de Delegado, Agente e Escrivão.



Muitos esperam por uma oportunidade de ingressar na Polícia Civil. Sem dúvida, é esse um dos concursos mais concorridos. Para você que estava a espera por uma chance de ingresso na instituição, o novo edital do Estado do Rio Grande do Norte pode tornar isso possível. Após passar por retificação, o edital para o concurso da Polícia Civil do Rio Grande do Norte finalmente saiu.

Vários cargos da PC despertam bastante interesse por parte de concurseiros. Para esse certame, serão 301 vagas disponíveis para três cargos: Delegado, Agente e Escrivão. De acordo com o novo edital, um candidato poderá se inscrever para até dois desses e caso seja aprovado na primeira etapa, neste momento deverá fazer sua escolha.

Data das provas

A prova objetiva e discursiva para candidatos ao cargo de Agente ou Escrivão foram marcadas para o dia 7 de março. Serão realizadas no mesmo dia. As provas devem ser realizadas no horário de 8h às 13h30.

Inscritos para o cargo de Delegado farão a prova objetiva no dia 14 de março, começando a prova às 8hs e terminando 12h30. A prova discursiva para estes se dará depois.



Local em que serão realizadas as provas da PCRN

As provas para a PC RN acontecerão na cidade de Natal, capital do estado.

Distribuição das vagas

Para Agente são 230 vagas disponíveis. Para Delegado há 47 vagas e para Escrivão serão 24 vagas.

Taxas de inscrição

A taxa de inscrição para Agente e Escrivão é de R$ 120. Para o cargo de Delegado a taxa é de R$ 150.

O candidato tem até o dia 22/12 para fazer o pagamento da taxa, caso não tenha o pagamento confirmado até a essa data, sua inscrição deixará de ter validade.

Endereço para inscrição

Os candidatos devem realizar a inscrição unicamente através do site da Fundação Getúlio Vargas (https://conhecimento.fgv.br/concursos).

Provas

O candidato terá que responder as 100 questões contidas na prova. Para obter aprovação, no mínimo serão necessárias 50 questões corretas. Somente aqueles que estiverem entre os 600 primeiros colocados seguirão para a próxima fase. A prova discursiva exige o mínimo de 50 pontos.

O concurso prevê ainda, teste de saúde, teste de aptidão física, investigação social, avaliação psicológica, curso de formação, operação de microcomputador (prática)

Todas as etapas têm caráter eliminatório exceto a prova objetiva que tem caráter classificatório.

A avaliação física será necessária apenas para candidatos às vagas de Agente e Delegado e terá os seguintes testes: barra, teste de impulsão, abdominal e corrida em 12 minutos.

A avaliação psicológica tem como objetivo analisar se o perfil do candidato atende às exigências do cargo pretendido.

O teste prático de operação de microcomputador é apenas para o cargo de escrivão.

O concurso será considerado válido por dois anos, apresentando ainda a possibilidade de ser renovado por mais dois.

Requisitos necessários

  • Escrivão e Agente: Nível superior completo em qualquer área;
  • Delegado: Diploma em Direito.

Demais requisitos exigidos para todos os cargos:

  • Possuir CNH;
  • Nacionalidade brasileira ou portuguesa;
  • Não existe limite máximo para idade apenas mínimo de 18 anos;
  • Deve apresentar todas as certidões negativas: Justiça Federal, Eleitoral e Militar;
  • Não ter sido demitido de órgão municipal, estadual ou federal;
  • Deve apresentar antecedentes de lugares que tenha residido durante os últimos cinco anos tanto da Polícia Civil do Estado como da Polícia Federal;
  • Estar em dia com a Justiça Eleitoral.

Remuneração

O salário do Delegado substituto é de R$ 16.670,59 e para Agente e Escrivão o salário atualmente está em R$ 4.731,91 além de outras gratificações.

Carência de profissionais na Polícia Civil

De acordo com estudos internos realizados pela Polícia Civil, existem hoje 3820 cargos vagos, número bastante superior ao número de vagas oferecidas no próximo concurso.

O último concurso realizado pela Polícia Civil para o preenchimento dos três cargos (delegado, agente e escrivão), aconteceu há 12 anos, no ano de 2008.

Por Henri



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *