Justiça do Trabalho condena McDonald’s por Desigualdades Salariais de Funcionários

  

A Justiça do Trabalho condenou a rede de fast food McDonald’s a pagar as desigualdades salariais e indenizações de seus funcionários atuantes em São Paulo. Esta decisão busca fazer com que a rede nivele a remuneração de seus empregados em conformidade com o salário de cozinheiros e garçons dos restaurantes convencionais, que tem piso superior em R$ 210.

O Sindicato dos Trabalhadores em Gastronomia e Hospedagem, autor da ação, discute a legalidade com que o McDonald’s ajusta a remuneração de seus empregados na capital paulista.




Em nota, o McDonald’s promete recorrer da decisão proferida pela Justiça do Trabalho. Caso não obtenha êxito, a rede terá de desembolsar uma quantia equivalente a R$ 88,2 milhões.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Nossos Cursos - Loja Online



Cursos de aprimoramento profissional Trabalhou.com.br. Visite nossa loja.



4 Comentários - Escrever um Comentário

  1. olha, sinceramente o que tenho a comentar é que o mc donald´s pode recorrer o quanto for, mas eu acho que eles tem condições de dar um salário merecedor do trabalho de seus funcionários! lá é um ambiente bom pra se trabalhar, mas o problema é o salário! não está sendo pedido nada além do que é direito do trabalhador, Igualar salários!
    Porque funcionários de lá fazem muito além de atender e mandar lanche!
    eu acho que eles deveriam se concientizar, e se está acontecendo esse prejuízo com eles, é porque algum dia já tiveram muito lucro por não ter igualdade salarial aos seu funcionários!

  2. trabalhei no mc donald’s durante 5 meses e nao recebi minha recisao veio zerada e omeu salario era uma merda, nem chegava a um salario,nos nao temos horario de almoço e nem recebemos hora extra.

  3. trabalhei no mc donald’s durante 11 meses e nao recebi minha recisao veio zerada e o meu salario era ruim, nem chegava a um salario,nos nao temos horario de almoço e nem recebemos hora extra.
    por esta empresa ser grande deveria pagar pelo menos o salario minino.

Post Comment