Trabalhar em casa está cada vez mais popular entre as pessoas





Trabalhar em casa, com certeza, é o sonho de muita gente. Mas o que algumas pessoas não sabem é que esse sonho já é realidade há muito tempo, pena que não está disponível para todos. Algumas empresas dão todo apoio para que seus funcionários trabalhem em casa, mas isso muda de acordo com a área de cada função.

Mas seria possível ter direitos e deveres mesmo trabalhando em casa?




De acordo com o Cenofisco (Centro de Orientação Fiscal), a resposta dessa pergunta é "sim", pois quem trabalha em casa tem os mesmos direitos dos funcionários que trabalham dentro de uma empresa, exceto o vale-transporte, claro, pois eles não utilizam transporte para se deslocar de casa para o trabalho.

Uma pesquisa feita sobre tele-trabalho no Brasil apontou que 23,2% da população brasileira adulta, o que equivale a uma em cada quatro pessoas, de alguma maneira, trabalha em casa ao longo do mês.


Um terço dessas pessoas, o que corresponde a 8,1% exercem o trabalho virtual quase todos os dias. O trabalho em casa, conhecido como "Home Office" virou a forma mais popular nos últimos tempos, e 52% dos entrevistados estão nessa modalidade, com um destaque maior em indivíduos com maior poder aquisitivo, no caso, a Classe A. Este estudo foi realizado pelo Market Analysis, instituto de opinião pública.

Quem adotou essa modalidade de trabalho foram as empresas de pequeno e médio porte, pois um funcionário trabalhando em casa dá menos gastos financeiros para essas empresas, além de economizar espaço físico e tempo, evitando despesas com aluguel de prédios caríssimos e vale-transporte para esses funcionários.

É um tipo de trabalho que vale muito a pena não somente para as empresas, mas também, claro, para os funcionários. Empresas assim só têm a ganhar em grandes metrópoles como São Paulo, onde há um problema sério de deslocação devido ao trânsito precário.

Uma dica importante para quem trabalha em casa é ter um local dentro da própria casa especialmente para isso, e se desligar de outras tarefas quando estiver trabalhando.

Por Daniela Almeida da Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *