Dicas para lidar com pessoas negativas e invejosas





Infelizmente sentimentos destrutivos e mal intencionados invadem pessoas que não acreditam no potencial delas mesmas, e ficam induzindo outras bem sucedidas ao fracasso. Se você se encontra em um ambiente infestado de pessoas assim, atente-se às dicas a seguir e livre-se dessas energias que só podem lhe causar sofrimentos, caso você não tome uma providência rápida:

– Não fique falando de você:


Pessoas negativas só querem saber coisas a respeito de pessoas bem sucedidas para depois desejarem tudo o que essas pessoas têm para elas. Isso se chama inveja. Existem pessoas que conseguem conviver com outras que são negativas e invejosas, assim como também existem pessoas que se sentem mal à medida que vão sendo sugadas intelectualmente e fisicamente por pessoas negativas. Se você for uma da segunda opção, então o ideal mesmo seria se afastar de pessoas assim e evitar falar de sua vida íntima para elas.

– Seja a luz que as pessoas negativas não conseguem ser:

Se você for resistente a energias ruins, então ajude pessoas negativas a subirem na vida. Pelo menos essa atitude deixará elas sem graça na sua presença, pois você está ajudando elas ao invés de deixá-las ir ao abismo. Com certeza isso será um marco na vida delas.


– Seja cordial, evite grosserias:

É fato que às vezes você pode se sentir frustrado e impotente diante de pessoas assim, portanto, se você quer se sentir superior a elas, então você deve ser educado e cordial o máximo possível, pois grosseria só leva as pessoas a discussões desnecessárias.

– Seja uma pessoa seletiva:

Às vezes queremos fazer amizades com todos e estar perto de todos, porém, não fazemos isso com paciência e muita cautela. Se procurarmos ser mais seletivos em relação às amizades, talvez evitaríamos certos constrangimentos que as diferenças podem trazer. É preciso pensar muito bem na hora de escolher suas amizades e confiar em alguém para contar seus problemas e compartilhar de sua vida, pois ela é muito importante.

Por Daniela Almeida da Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *