Programa Jovem Executivo Bridgestone 2019 – Inscrições




Inscrições até o dia 3 de dezembro de 2018.

Uma das empresas mais respeitadas do Brasil no nicho de pneus, a Bridgestone, abrirá vagas para jovem executivo nas áreas comerciais e de marketing da corporação.

Para se inscrever, primeiramente precisa cumprir alguns pré-requisitos que fazem toda diferença no final das contas, afinal, precisam exercer a profissão no mínimo 3 anos em qualquer área que tenha se especializado.


Vale lembrar que é necessário ter um bom domínio da língua inglesa, além da possibilidade de fazer viagens empresariais. Além disso se tiver uma pós-graduação e saber espanhol será um atrativo a mais para diferenciar dos seus concorrentes.

Os profissionais que forem selecionados irão atuar em atividades do ramo financeiro, na parte de suprimentos, industrial, marketing e o próprio comércio que a empresa oferece.

As inscrições vão até dia 3 de dezembro e pode ser um diferencial a mais em seu currículo.


De olho nas exigências

O edital deixa bem claro que não é qualquer pessoa que pode tentar, ou seja, se atender os pré-requisitos tem totais condições de conseguir um bom emprego, entretanto, é bom analisar se atende os próprios requisitos que compõem todo seu currículo, se isso será um diferencial naquilo que for atuar.

As exigências são muitas e se não tem o diferencial, pratique um pouco de inglês, escute músicas estrangeiras, absorva conteúdos originais de uma das mais faladas línguas do mundo para assim conquistar a tão sonhada vaga.

A partir desse ponto é possível conquistar e traçar todos os objetivos que pretende alcançar em um determinado momento.

Neste caso ter um bom currículo é um diferencial e tanto pelo número de pessoas interessadas no concurso oferecido.

Etapas

A primeira etapa é constituída pelas provas online de lógica e inglês. Uma parte a ser observado é a questão do raciocínio lógico, análises simples de forma rápida e sutil são fundamentais para compreender e ser o diferencial em um meio de qualificação tão complicado de ser feito nesta seleção.

O inglês é fundamental para a maioria dos concursos de alto nível, como este oferecido pela Bridgestone. Diante disso, falar, explicar e compreender todas as diretrizes que compõem a prova em si deste conhecimento pode descomplicar parte do restante das etapas que tem que ser concluídas.

Outro ponto a ser discutido e observado para o candidato não ser eliminado de primeira é a análise de grupo, ou seja, não adianta o profissional ter todos os conhecimentos do mundo e não saber trabalhar em grupo.

As empresas precisam de todos para se manterem equilibradas financeiramente, socialmente e para o próprio bem-estar de cada pessoa que trabalha na corporação.

Os riscos de se perderem por egocentrismo e motivos considerados exaustivos no sentido amplo da palavra, compreendem a maior quantidade de eliminados que querem passar em um concurso ou programa.

O comportamento neste caso seria específico de tal forma que quem quiser ser qualificado precisa compreender os desafios organizacionais da empresa, filosofia, ética, moral e os demais protocolos que compõem o status que conseguiu ao longo dos anos. Além disso, é preciso analisar e se conter em caso de dúvidas e contradições que são colocadas como prova de fogo, desafiando cada candidato a todo instante no processo de seleção.

A banca executiva é como se fosse a chave do apartamento, é necessário, além de equilíbrio emocional, precisa de estabilidade social, comportamental, desafiador (no compromisso de metas), entender os feedbacks dos seus superiores e melhorá-los a partir do ponto em que precisam se reciclar para continuar na empresa, compreendendo também os desafios da própria globalização e concorrentes que induz todos os dias a sempre continuar no topo. Só assim os melhores continuarão se alinhando com toda a filosofia que compõe a corporação que foi selecionada.

Thalles Cakan

Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *