Vagas de Emprego no Setor da Construção Civil em 2020





Crescimento da Construção Civil irá aumentar a geração de empregos em mais de 150 mil vagas neste ano.

A construção civil é a área que engloba elaboração de obras como casas, edifícios, pontes, aeroportos, fundação de máquina, estradas e infraestrutura, onde atuam os profissionais de engenharia civil e arquitetos, além disso, também técnicos e especialistas de outros cursos. Nos setores econômicos, a engenharia atua no setor secundário que além da própria, possui: Indústria (Aeroespacial, aeronaves, alimentos, automóveis, energética, naval e tecnologia).

Aliás, o termo construção civil e engenharia civil, são gerados de um período em que só existiam duas classificações para a profissão, sendo elas, civil e militar. A vista disso, quem era fazia a engenharia militar eram os militares e quem fazia a civil era os cidadãos comuns. Portanto, com o passar do tempo foram se dividindo conforme as especialidades e atualmente, é um dos setores mais importantes para economia brasileira. E em 2020, será um excelente ano, pois, de acordo com os especialistas, haverá um aumento no número de vagas no mercado imobiliário, ou seja, sem dúvida um grande momento para aquecer a economia.




Segundo José Carlos, o atual presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), confia que em 2020, o setor de obras terá um aumento de 3% este ano, abrindo para possibilidade de criação de mais de 150 mil a 200 mil postos de trabalhos no Brasil. Acredita-se que superará a margem de 2019, que ficou em aproximadamente 100 mil empregos, desenvolvendo em 2% ao ano. Dessa forma, a conjuntura do país se mostra mais otimista para construção civil, tanto para investir como para procurar empregos.

Além disso, sem contar que os juros estavam em nível reduzido, por volta de 4,5% ao ano. Isto é totalmente histórico. Houve um controle da inflação e outro fator de extrema importância, que os consumidores e os empresários voltaram a ter confiança comércio. Sendo, momento favorável para investir no setor produtivo e gerar novos empregos. Apesar disso, é necessário ficar atento não só ao mercado doméstico, mas também aos seus investimentos e no ritmo das reformas. Pelo motivo que o cenário dos negócios é muito flexível e, por isso, é imprescindível fazer um bom planejamento financeiro e estar de olho no espetáculo mundial.


Após a virada de ano para 2020, foram construídas mais de 580 mil novas moradias, as construtoras esperam que neste ano, o valor seja de 1 milhão de casas confeccionadas. Além do mais, o programa Minha Casa Minha Vida que é um programa de habitação federal do Brasil lançado em 2009. O PCMMV contribui para aquisição de casas ou apartamentos próprios para famílias renda de até 1,8 mil reais e favorece as condições de acesso ao imóvel para famílias com renda até 9 mil. Segundo a Caixa Econômica Federal, anunciou que 14,7 milhões de pessoas adquiriram o imóvel (7% da população). Desse modo, o projeto além beneficiar milhões de brasileiros, tornou factível este sonho de ser realizado e ainda contribuiu para que fosse possível gerar empregos por todo o Brasil.

Contudo, no cenário internacional vemos é uma grande guerra comercial. Onde ainda hoje acontece o protecionismo – são medidas que um estado impõe, crescer com as exportações e dificultando ou cancelar a relação e a importação com outros países. Atualmente, temos percebido esta ideologia política no governo do presidente Donald Trump, com o qual seu objetivo é impedir que produtos chineses aos Estados Unidos, o promoveria a produção. Porém, os chineses têm reagido por meio de retaliações e também impondo tarifas sobre os produtos dos EUA. Dessa maneira, é preocupante ver esta e outras tensões entre países, pois afeta indiretamente as comercializações, em razão disso que é essencial para qualquer país, buscar sempre ter uma relação amigável.

Por Mateus Aparecido de Faria

Setor da Construção Civil



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *