Como a tecnologia pode melhorar o bem-estar no trabalho?

Quais são os benefícios da tecnologia no trabalho?

Você consegue imaginar um mundo sem tecnologia? Hoje, tudo o que fazemos é regido por ela, mesmo as coisas mais pequenas e, sem dúvida, graças a ela, vários processos foram simplificados ao longo do tempo, especialmente no trabalho.

A tecnologia mudou a dinâmica do local de trabalho, permitindo o acesso remoto com um clique a tudo, desde e-mails, chamadas em conferência e servidores.

Embora isto tenha tornado a vida profissional mais ágil, também criou uma cultura de trabalho “sempre ativa”, deixando muitos funcionários lutando para alcançar um equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.

Isto pode ter implicações na saúde física e mental dos trabalhadores, o que, por sua vez, tem um impacto negativo no absenteísmo, na produtividade e na retenção.

Entretanto, a tecnologia utilizada da maneira correta pode ajudar a facilitar uma força de trabalho mais saudável e mais feliz.

Veja como a tecnologia pode ser usada para aumentar o bem-estar dos trabalhadores:

1. Foco no cuidado preventivo

A tecnologia encoraja os funcionários a adotarem uma abordagem pró-ativa em vez de reativa à sua saúde. Com a tecnologia relacionada à saúde, o ônus é o indivíduo tomar ações positivas e controlar seu próprio bem-estar, em vez de ser um receptor passivo de cuidados definidos e prestados por prestadores de saúde.

2. Abordagem personalizada do bem-estar

A tecnologia permite uma abordagem mais personalizada da saúde e do bem-estar. Um funcionário pode sofrer altos níveis de estresse – e pode se beneficiar de um aplicativo de meditação – enquanto o aumento dos níveis de aptidão física pode ser prioridade para seu colega – no qual os rastreadores de atividades seriam o caminho certo.

3. Cria uma rede de apoio

A tecnologia, para muitos, é um meio de se conectar socialmente com seus pares. Os empregadores podem tirar proveito desta associação e aplicá-la no local de trabalho para incentivar estilos de vida mais saudáveis – escolhas.

4. Confidencialidade

Para muitos funcionários sua saúde – particularmente sua saúde mental – é um assunto privado e a ideia de falar sobre assuntos a um empregador pode ser assustadora. De acordo com a Pesquisa Global de Atitudes de Benefícios 2018 da Willis Towers Watson, um em cada dois (45%) funcionários não se sentiriam à vontade para revelar questões de estresse ou ansiedade a seu gerente.

5. Percepção valiosa

Tecnologias relacionadas à saúde coletam uma grande quantidade de dados, que podem fornecer uma visão inestimável para os empregadores. Os dados gerados pelos funcionários podem ajudar as empresas a adotar uma abordagem estratégica aos programas de saúde e bem-estar.

Posts Recentes

Serasa Experian oferece 80 vagas de estágio com bolsa de R$ 2.150

Estudantes de Administração, Matemática, Engenharias e outras áreas têm até setembro para se inscrever no programa de estágio da Serasa… Leia Mais

Inscrições abertas até junho para o trainee Kepler Weber 2024

A Kepler Weber, líder em soluções para armazenagem e processamento de grãos, está com inscrições abertas para seu programa trainee… Leia Mais

Arco Educação abre portas para futuros líderes em seu programa trainee

A Arco Educação, primeira startup brasileira de educação a abrir capital na Nasdaq, oferece um programa trainee focado em identificar… Leia Mais

Alavanque sua carreira com o programa trainee de finanças da Kenvue

Com um portfólio de marcas icônicas, a Kenvue oferece um programa de trainee de finanças que combina tradição, ciência e… Leia Mais

Como o Bolsa Trabalho Transforma Vidas no Estado de São Paulo

O Bolsa Trabalho SP oferece auxílio financeiro e capacitação para desempregados, promovendo inclusão e reintegração no mercado de trabalho. O… Leia Mais

Vagas de emprego para PCDs: descubra as melhores oportunidades em Jundiaí

Jundiaí oferece 150 vagas de emprego para pessoas com deficiência. Candidatos podem se inscrever pelo site da prefeitura. O mercado… Leia Mais