Segundo pesquisa da consultoria PwC, o número de profissionais certificados na atividade de coach mais que triplicou em apenas três anos. A procura por essas pessoas está crescente e o problema maior são os oportunistas que se aproveitam da oferta do mercado para se aventurarem e enganar empresas.

Outras situações acontecem quando o próprio profissional contrata um coach – aproveitando dos preços que caíram para a contratação – e acabam confundindo o trabalho desse profissional. Não é qualquer tipo de treinamento que se pode chamar de coaching, segundo o psicólogo João Mendes e coautor de livros sobre o assunto.

O primeiro cuidado que se precisa ter antes de contratar um coach é saber que ele pode até ser um psicólogo ou psicoterapeuta, contudo ele vai tratar de questões profissionais e não pessoais. Mesmo que seja um trabalho íntimo e individual, ele não mexe com os aspectos emocionais do profissional.

O coach precisa ter algum tipo de experiência profissional, é isso que mais vai auxiliar quem o contratou. Se o coach já foi gerente, ele poderá auxiliar gerentes, mas será incapaz de ajudar um diretor profissionalmente. Outra situação é avaliar o certificado que o coach tem. Existem várias entidades que certificam, mas poucas são realmente sérias. Para conseguir se tornar um profissional da área, ele precisa passar por semanas de aulas, conferências, leituras e atendimentos supervisionados. Sem isso, o certificado não é tão válido assim.

O preço que o profissional de coach vai cobrar do cliente também é importante ser notado. Os valores das sessões variam muito, mas o mínimo é R$ 250. Menos que isso a empresa ou o cliente devem desconfiar. O máximo é R$ 3 mil e mesmo assim o coach precisa provar que tem muita experiência e que os seus clientes são importantes para elevar tanto assim o preço.

Os encontros também precisam ser combinados já na primeira sessão. Normalmente são de 10 a 15 sessões, dependendo da situação de cada cliente. Por fim, o contratante deve pedir referências ao coach de ex-clientes para que ele se sintonize e veja se realmente é um profissional que realmente valha a pena trabalhar. 

Por Carolina Miranda


Os interessados em participar do curso Líder Coach e Gestão para Resultados, promovido pela Cozex, tem até o próximo dia 19 de maio para se inscrever. O treinamento, a ser realizado no período de 21 a 23 de maio, no Hotel Vila Rica, em Boa Viagem,  Recife (PE), visa desenvolver gestores para atuar como líderes coaches no desenvolvimento das pessoas e na resolução de problemas organizacionais, com vistas a aumentar o desempenho dos liderados e da empresa.

“Oportunidade para quem lidera equipes, e deseja e precisa atuar como um coach do seu time para potencializar o desempenho da empresa. O curso também é voltado para quem deseja atuar como um coach profissional, mas falta sedimentação em comportamentos de liderança e gestão”, explica Lília Barbosa, sócia da Cozex. Ela destaca, ainda, que o curso oferece plano de desenvolvimento em liderança; aplicação de Assessment de Tendência Comportamental; além de metodologia com fundamentação teórica e vivencial.

O treinamento será ministrado por ela e Creoncedes Sampaio, que além de sócios da Cozex são instrutores Master Coaches e fazem parte do time dos oito licenciados do país pela Sociedade Brasileira de Coaching para ministrar o curso de formação de Coaching Personal & Professional Coaching.

As inscrições para o curso Líder Coach e Gestão para Resultados podem ser feitas pelos telefones: 81. 3421.4672  ou 81. 3421.4389 – ou e-mail – [email protected].





CONTINUE NAVEGANDO: