A semana pedagógica acontece na primeira semana do ano letivo e é destinada a coordenadores e professores que integram a escola. Nessa semana é discutido o planejamento escolar, bem como é introduzido os novos professores ao ambiente de trabalho, colegas e sua gestão. Também são apresentados ao PPP (Projeto Político Pedagógico), documento que define os caminhos para que os objetivos pedagógicos sejam atingidos.

Na maioria das Instituições de Ensino, essa semana acaba passando em branco, ou são usadas de maneira inadequada, gastando um tempo com debates sem fundamentos e poucos usuais no dia-a-dia escolar. Vamos aqui dar dicas de como construir uma semana pedagógica interessante e eficaz.

É necessário começar com o planejamento da Semana. Reúna os gestores da escola e se atente a:

– Montar o calendário escolar;

É importante monta-lo em cima do calendário de programação oficial da Secretária de Educação. Encaixe as datas de aulas regulares, aulas especiais, reunião de pais e professores, reunião dos Conselhos da escola, votação de representantes de sala, feira de ciências e outros eventos que a sua escola costuma fazer.

– Consolidar os dados da escola;

Faça uma planilha com os dados referentes a escola, como matrículas, taxas de aprovações, resultados de provas, etc.

– Planejar o tempo;

Planeje a semana inteira e suas atrações e necessidades para que tudo saia como planejado durante a realização da Semana Pedagógica.

– Organizar o espaço do evento;

Encontre o melhor local na escola para a realização do evento, de forma que todos se sintam acolhidos. É muito importante para o primeiro contato com a escola que os professores se sintam bem no local de trabalho, e isso começa com a Semana Pedagógica.

– Cuidar da alimentação que será oferecida;

Para que os professores e auxiliares pedagógicos possam participar da Semana Pedagógica é necessário que se pense em refeições que serão oferecidas entre uma atividade e outra. Planeje um café da manhã ou almoço, dependendo do horário marcado para as atividades.

Algumas pautas interessantes para o evento são:

– Integração dos professores antigos e novos;

– Análise dos dados do ano anterior;

– Ajustes no PPP;

– Calendário escolar;

– Turmas que serão lecionadas por quais professores e seus desafios;

– Planejamento Geral;

– Formação continuada;

– Avaliação Institucional e da equipe.

Evite debates e dinâmicas que tenham conteúdos motivacionais. Eles são cansativos e não trazem novidades. Busque escutar o que os professores têm a dizer e integralize os assuntos relevantes à programação.


Diretor e coordenador pedagógico possuem um importante papel na gestão da Instituição de Ensino. É preciso estabelecer uma relação de parceria e trabalho em equipe, a fim de buscar os melhores resultados para a Instituição. Por isso, é essencial planejar e organizar uma rotina com reuniões periódicas e, analisar, juntos, os desafios enfrentados pela Instituição.

As reuniões podem ser consideradas uma das principais maneiras para consolidar a relação profissional entre o diretor e o coordenador pedagógico. É preciso conhecer ambos os lados e, assim, encontrar estratégias e melhorias de acordo com o ponto de vista de cada um.

Os encontros devem ser programados na semana, com o dia e horário fixo, para estabelecer uma rotina comum e encontrar uma agenda conjunta. Nas reuniões podem ser estabelecidas as pautas do calendário escolar, ou seja, viabilizar a logística interna da Instituição, com o intuito de adequar os dias de aula, entrega de notas, feriados, entre outros assuntos.

A revisão do projeto pedagógico também é um assunto que deve fazer parte da rotina. O documento traz os objetivos da Instituição e os meios para alcançá-lo. Desta forma, é fundamental estabelecer metas, revisar o planejamento e ajustar as mudanças que devem ser realizadas.

Geralmente, cabe ao coordenador sistematizar o desempenho dos estudantes e o progresso das turmas e ao diretor cuidar da parte das questões extraclasse. Por isso, ambos precisam discutir, analisar e encontrar a melhor direção para a Instituição de Ensino.

Além disso, o trabalho em equipe deve ser desenvolvido junto a Secretaria de Educação. É preciso manter a sinergia e o diálogo, principalmente. As orientações devem ser discutidas pelos gestores, para que haja um consenso sobre as medidas a serem tomadas. Também devem ser conhecidas as necessidades cada profissional e, assim, fazer uma interlocução entre todos.

Desta forma, a interação entre diretor e coordenador pedagógico é fundamental, para articular e encontrar melhorias para a Instituição de Ensino. A relação não deve ser baseada apenas nos encontros de intervalos entre as aulas, muito mais do que isso, é preciso estabelecer um bom trabalho em dupla, estendendo a toda equipe e, desta forma, favorecer o crescimento da Instituição. 


A rede de educação do SESI está com oportunidades abertas para seu quadro docente com atuação na cidade de Pelotas, interior do Estado do Rio Grande do Sul. Os candidatos deverão ter Ensino Superior completo em Pedagogia, preferencialmente com habilitação em Supervisão Pedagógica ou com pós-graduação na área.

Os selecionados serão responsáveis pelo assessoramento a direção nas tomas de decisões e nas atividades de supervisão. Para tanto, os profissionais que a entidade está procurando deverão ter bons conhecimentos em informática, matemática, estatística aplicadas a área, além de experiência anterior no ramo da educação.

Os interessados deverão enviar currículo para o e-mail: [email protected].

Por R.D.





CONTINUE NAVEGANDO: