Você já deve ter pensado o quanto é difícil manter todas as suas tarefas em dia, todos os dias. Mas, o mais difícil ainda é, além de mantê-las em dia, fazê-las com êxito.

Tanto no trabalho quanto em casa, as pessoas só pensam em cumprir com suas obrigações, que às vezes é muito diferente de fazer as coisas com amor e dedicação. Por um lado, se você vê suas tarefas como uma simples obrigação, sua rotina se torna mecânica, exaustiva e sobrecarregada. Por outro, fazer as suas tarefas com amor te deixa motivado e te coloca no caminho da perfeição e do êxito.

Veja agora algumas dicas para ajuda-lo a ter êxito nas suas tarefas do dia a dia:

– Programe-se: Quando você se programa e programa as coisas que você faz, sejam elas no seu trabalho ou na sua casa, você está fazendo valer o seu tempo e o seu esforço, que são muito importantes para a sua produtividade.

– Esteja sempre atento aos detalhes: Quando nos preocupamos com detalhes ficamos mais atenciosos, e isso é muito importante. Ser atento implica em cuidar da melhor maneira tudo o que está à sua volta, e, em consequência disso, colhe bons resultados.

– Preocupe-se com sua autoestima: A autoestima está relacionada com autoaceitação, ou seja, você se sente bem consigo mesmo. Quando a autoestima de uma pessoa está elevada, ela se sente mais motivada e faz as suas tarefas com prazer e força de vontade.

– Gaste seu tempo fazendo coisas que você gosta e que te acrescenta em algo positivo: Um dos maiores causadores do estresse com certeza é a falta de tempo, ou a privação e oscilação dele. Para evitar isso, faça uma lista das coisas que você gosta de fazer. Separe por horários e dias da semana. Observe, um tempo depois, que você estará tão habituado que nem perceberá o tempo passar voando.

Por Daniela Almeida da Silva


Nova tendência mundial de divisão de trabalhos é o crowdsourcing de microtarefas. É um sistema online no qual uma tarefa grande é dividida em partes pequenas e distribuídas para trabalhadores que trabalham de maneira freelancer, em todo o mundo. Isso faz com que o trabalho possa ser executado mais rapidamente e por diversas pessoas, ao mesmo tempo, sem que uma atrapalhe a outra.

Se formos encaixar isso ao desenvolvimento de software, por exemplo, podemos ter como vantagens. O uso da microtarefa pode ao mesmo tempo aumentar o paralelismo no trabalho de desenvolvimento e aumentar a participação no desenvolvimento open source. As barreiras existentes para as contribuições são reduzidas e o desenvolvimento dos programas acabam acontecendo de maneira mais rápida.

No crowdsourcing de microtarefas, a empresa que solicita o trabalho poderá definir um fluxo a ser seguido.  Isso pode parecer impossível ao se pensar no desenvolvimento de software, afinal, as tarefas são muito dinâmicas. O Departamento de Informática da Universidade da Califórnia – Irvine, teve uma ideia que usou em um dos seus trabalhos e que obteve bom resultado.

“A nossa perspectiva é coordenar o trabalho através de um gráfico de processos, gerando microtarefas em resposta a eventos que possam ocorrer nesses mesmos processos, em vez de utilizar um fluxo de trabalho concreto. Cada microtarefa indica ao trabalhador para realizar uma tarefa pequena e bem definida num único processo (ex: uma sub-rotina ou um teste), permitindo ao trabalhador prosseguir em muitos processos em paralelo. A medida que os trabalhadores vão completando as microtarefas, são gerados eventos no processo, que poderão desencadear mais microtarefas a serem geradas”, explicaram em um resumo do trabalho.

Microtask é uma especialista na área. Fundada em 2009 por quatro empresários seriais finlandeses, tem escritórios em Tampere e Atlanta. Os investidores incluem Sunstone Capital e investidores privados estratégicos. Os trabalhadores podem ser de qualquer parte do mundo e mais informações podem ser obtidas em www.microtask.com/about

Por Milena Godoy





CONTINUE NAVEGANDO: