Motivação Intrínseca e Extrínseca

  

Um dos mais comuns motivos para se trabalhar satisfeito citados pelos empregados são as recompensas financeiras e materiais, que muitas vezes são recebidas na forma de gratificações, prêmios e dinheiro.

Mas, a ciência tem revelado por meio de estudos do meio corporativo, que quem tem sua principal motivação baseada em recompensas, não desempenha seu trabalho com melhor qualidade.

Embora a maioria das empresas entenda que quanto mais dinheiro receber o funcionário, mais dedicado ele será, essa idéia parece contradizer o que se pratica hoje no mundo corporativo, pois a visão quantitativa não está de acordo com a visão qualitativa.




Existe distantes diferenças entre motivação intrínseca (que vem de dentro) e motivação extrínseca (que vem de fora).

Quando a motivação é intrínseca, a pessoa demonstra real interesse na atividade e desenvolve alguns atributos como autonomia, propósito e aprimoramento. Essas características fazem a diferença no trabalho no quesito qualidade, e é o que trás os surpreendentes resultados.

Por Zilmara Filisbelo

Fonte: Você S/A

Nossos Cursos - Loja Online



Cursos de aprimoramento profissional Trabalhou.com.br. Visite nossa loja.



2 Comentários - Escrever um Comentário

  1. Bom dia!
    Comentários sobre o conceito de Motivação.
    – como é possível a utilização do termo “extrínseco” para o que não consideram como motivação?
    -como é possível que o indivíduo motivado se torne infenso à influência de qualquer estímulo do meio externo?
    -como é possível não exitir profissionais realmente comprometidos, engajados e interessados em estímulações do meio coordenadas por seus gestores.
    Acho que o paradigma da motivação precisa ser urgentemente refutado.
    obrigada,
    Angela Paes!

Post Comment