Geração de empregos – Queda em janeiro de 2013




O Ministério Público do Trabalho divulgou na sexta-feira (22/02/2013) os números dos novos postos de trabalho criados no último mês. Segundo os dados, foram criadas 28,9 mil vagas com carteira assinada, a menor taxa para o mês desde 2009.

A principal explicação para o resultado desfavorável foi a desaceleração do setor de comércio que teve um recuo de 0,75%, o que representa 67.458 vagas de emprego a menos nesta esfera de economia. O comércio puxou os resultados positivos nos últimos anos, no entanto esse ano não manteve o mesmo fôlego e teve o número mais baixo desde 1992, quando iniciou a série histórica deste índice.


Esses números refletem a desaceleração na geração de empregos no Brasil se analisados juntamente com os dados divulgados sobre 2012, ano em que o país teve o menor número de vagas criadas desde 2009 (1,3 milhão de vagas).

No próximo mês serão divulgados os números oficiais do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil no último ano, e considerando os indicadores divulgados até agora será bem menor do que a meta original do governo.

A partir destes números já se pensa em uma queda na geração se empregos que perdure ainda por alguns meses.


Por Bruno Hardt

Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *