Dicas de como montar um portfólio



Descrever toda a experiência profissional no currículo através do portfólio com certeza é uma das principais exigências das empresas para uma contratação.

Um portfólio é o cartão de vistas do profissional, por permitir ver todas as experiências anteriores, além de trabalhos realizados ao longo de sua carreira.



As experiências descritas em um portfólio deixam claro ao contratante as atuações em seu campo profissional. Na maioria dos processos seletivos, as empresas exigem o portfólio como requisito primordial para a participação do candidato.

Para se construir um portfólio atrativo e bem coerente, é necessário criar textos ou layouts que foram publicados. Em vagas de emprego específicas podem ser incluídos, por exemplo, trabalhos acadêmicos realizados anteriormente.

Como começar uma apresentação:



A internet se tornou uma ferramenta muito útil para se propagar um portfólio. Você pode começar, por exemplo, com um blog, ou ainda com redes sociais de grande visibilidade como o Twitter e o Facebook, pois elas funcionam como um verdadeiro marketing (aquele de boca a boca mesmo). Elas podem ser utilizadas para começar a apresentar suas experiências profissionais aos contatos de sua rede e da rede de seus contatos também.

Mesmo a web sendo uma grande aliada na propagação de seus trabalhos por e-mails, arquivos em anexos ou links, sempre é bom levar algumas amostras impressas para o empregador no dia da entrevista de emprego. Para isso, faça uma seleção de seus melhores trabalhos, publicações, inclua novas posições e atualize-as, caso houver necessidade e dependendo da situação.

Algumas dicas:

Descreva de maneira coerente e precisa o que pretende e o que você realmente é como profissional. Organize atenciosamente as peças que vão fazer parte de seu portfólio sempre em ordem, começando desde o início. Exclua o que não for relevante para o seu objetivo.

Caso precisar excluir, substitua esses trabalhos por algum outro recente. E lembre-se que excesso de projetos no portfólio pode ser desnecessário e até prejudicial, pois dificulta a atenção do examinador na hora da análise.

Por Daniela Almeida da Silva

Nossos Cursos - Loja Trabalhou


Cursos de Aprimoramento Profissional. Visite nossa loja.




Post Comment