A entrevista não deu o retorno esperado, e agora?

Categorias: Empregos - Entrevista - Profissionais

Com certeza não ser escolhido para aquela vaga no emprego dos sonhos traz uma grande frustração e sensação de estar fazendo algo errado, muitas vezes não há nada de errado com você ou sua conduta, simplesmente aquela vaga exigia outras características ou perfil de candidato e o seu não se enquadrou. 



Ter um “não” como resposta pode gerar uma queda na autoestima e na autoconfiança, mas isso não pode deixar você se abater ao ponto de acreditar que o problema é seu, ou pior, acreditar que você é o problema. 

Supondo que você comparece numa entrevista laboral, aparentemente tudo está indo muito bem e o seu entrevistador não deixa transparecer nada de errado ou inapropriado, logo você sai de lá pensando que conquistou a vaga. Passam-se os dias, o telefone não toca e você constata que não foi tão bem assim e que a vaga não é sua. Analisando esta situação você pode concluir que fez algo errado, no entanto isso nem sempre acontece.  Esta situação acontece com muitas pessoas, o principal é não se deixar abater por ela e muito menos desistir de achar o emprego que você sempre quis. Negativas irão existir, o desafio é lidar com elas. Alguns pontos precisam ser verificados, eles são o início do processo de recuperação, entendimento e retomada da procura pelo posto que você quer. 

Muito importante é pensar que tudo acontece por um bem maior. Quem atua na área de recrutamento e seleção, tem um faro mais apurado, sabe identificar se você está dentro ou fora do perfil desejado, portanto confie nos profissionais e no seu potencial. Não criar expectativas é algo extremamente importante, assim não correrá o risco de ficar frustrado à toa, continue procurando emprego mesmo que acredite plenamente que conseguiu aquela vaga. Mesmo quando for reprovado numa entrevista, se tiver oportunidade, pergunte o porquê, a resposta será de grande valia para que você possa melhorar a sua atuação nas próximas entrevistas. Tudo é aprendizado. 



Outra dica importante é que você seja criterioso e pense na entrevista com certa prudência. Verifique se o seu comportamento foi adequado, se as respostas foram assertivas, enfim, avalie o que aconteceu, mas não subestime a sua capacidade. Ao perceber os erros que cometeu, você já estará dando um grande passo para melhorar nas próximas vezes. Foque em não repetir o erro, assim terá mais chances nas próximas entrevistas. 

Por Melina Menezes



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *