Dicas para perder o medo de falar em público



  

Tentar esquecer o passado, treinar e quebrar o gelo são algumas dicas para saber lidar melhor com o medo de falar em público.

Saber se comunicar é uma ferramenta essencial nos dias atuais, seja para uma entrevista de emprego, apresentação de seminários, TCC ou uma reunião de trabalho, as apresentações são parte fundamental da rotina de estudantes e profissionais de diversas áreas. Mas nem todos possuem desenvoltura para tal situação, para muitos, a hora da apresentação é sinônimo de pânico. Mas se isso é uma parte essencial de nossas vidas hoje em dia, como superar esse obstáculo? Aqui vão algumas dicas para você que quer perder ou aprender a lidar melhor com o medo de falar em público.

Segundo uma pesquisa realizada em 2010 pela Universidade de Utah, nos Estados Unidos, a glossofobia, ou desconforto de se apresentar na frente de outras pessoas, está principalmente relacionada ao medo e à insegurança de não atender as expectativas desejadas (ou que você considera desejadas), mas o problema também pode ter suas origens em experiências traumáticas. É importante destacar esse ponto, pois sem ele não temos como saber o que fazer para superar essa barreira, por mais difícil que seja, tentar esquecer o passado é uma das armas mais fortes para superar o medo de se falar em público.

O treino é outra técnica importante e que pode te ajudar, se o problema é medo de não atender às expectativas de quem te assiste, treine. Fale em voz alta, memorize os pontos chave de sua apresentação, tenha consciência de que o improviso às vezes é necessário e relaxe, ficar nervoso pode te atrapalhar. Atenção: Não tente memorizar cada palavra de um texto, isso pode quebrar o ritmo de sua apresentação e te deixar inseguro.




Quebrar o gelo em uma apresentação também é uma ótima técnica e pode te ajudar para diminuir o nervosismo. Uma piada leve que se encaixe na situação ou um comentário que arranque um sorriso de sua plateia já pode te deixar mais confortável e permitir que você faça uma apresentação mais tranquila e melhor.

Em alguns casos extremos é necessário recorrer à terapia, o ideal é não precisar, então tente o máximo possível treinar, relaxar e saiba que se apresentar é um processo que milhões de pessoas passam todos os dias, você não é o único que tem medo.

Boas apresentações! 

Por Tom Vitor de Freitas

Nossos Cursos - Loja Online



Cursos de aprimoramento profissional Trabalhou.com.br. Visite nossa loja.



Post Comment