Excesso de trabalho pode aumentar o risco de ter um AVC



  

Segundo um estudo realizado com 600 mil pessoas, o excesso de trabalho pode aumentar o risco do profissional desenvolver um AVC.

Você tem o hábito de levar trabalho para casa ou fazer hora extra de forma excessiva para adiantar uma tarefa? Um estudo publicado na revista médica britânica The Lancet mostrou que o excesso de trabalho pode aumentar o risco do profissional desenvolver um acidente vascular cerebral (AVC). O estudo foi feito com 600 mil pessoas e contemplou a Europa, Estados Unidos e Austrália.

Segundo a pesquisa, as pessoas que trabalham mais de 55 horas por semana podem elevar em até 33% a chance de desenvolver um AVC. Outro resultado significativo no estudo, é que pode aumentar em até 13% a chance de aparecerem outros problemas coronarianos, se comparados com profissionais que trabalham em média 35 a 40 horas semanais.

A pesquisa foi realizada, aproximadamente, por 7 anos em que foram avaliados pessoas do sexo masculino e feminino sem históricos de problemas cardiovasculares. Mas, também, outros itens foram considerados para realizar o estudo como tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas e também o sedentarismo.



O estudo também mostrou que o aumento do risco em relação ao AVC ocorre de forma paralela de acordo com a duração do trabalho. Ou seja, 10% entre os profissionais que atuam entre 41 e 48 horas, 27% entre as pessoas que trabalham entre 49 a 54 horas e 33% para os profissionais que atuam além das 55 horas semanais.

Além disso, o doutor Urban Jarlet ressaltou que entre os membros da Organização para Cooperação Econômica e de Desenvolvimento, a Turquia tem o maior número de profissionais que trabalham mais de 50 horas, o que equivale cerca de 43%.

Segundo a OCDE, o México aparece em segundo lugar, com 28,8% dos trabalhadores, e depois a Coreia do Sul com 27,1% dos trabalhadores. Desta forma, trabalhar de forma excessiva pode ser prejudicial à saúde. Por isso, reserve um tempo na semana para se dedicar às coisas que gosta e manter uma boa qualidade de vida. 

Por Babi



Post Comment