Simulador de Aposentadoria – Como Calcular?





Saiba quanto tempo falta para se aposentar por meio de uma calculadora que a Previdência Social disponibilizou que permite ao beneficiário simular e conferir quanto tempo de contribuição é necessário para que ele possa se aposentar.

Você, trabalhador com carteira assinada, ou contribuinte privado do INSS, já sabe o tempo que falta para você se aposentar? Ainda não? Então essa é a hora certa para fazer a contagem. A Previdência Social disponibilizou uma calculadora que permite ao beneficiário simular e conferir quanto tempo de contribuição é necessário para que ele possa se aposentar. Além disso, é possível saber o percentual do benefício que será recebido de acordo com as novas regras envolvendo a reforma da previdência.

Sendo assim, é possível realizar essa simulação de diversas formas distintas, isto é, por meio da Simulação Automática, também conhecida como ''Calculadora do INSS''. Sabe-se que essa é a ferramenta comumente mais utilizada pelos contribuintes. Desse modo, para conseguir realizar o cálculo, é necessário acessar ao endereço eletrônico do INSS (https://meu.inss.gov.br). A partir disso, a ferramenta irá realizar uma busca, de forma automática, de todos os dados e informações vinculados ao segurado, dessa maneira, todos os registros que constam nos sistemas do INSS são utilizados para realizar o cálculo do tempo de contribuição. Logo, o resultado desse cálculo diz quanto tempo é necessário que o segurado continue contribuindo para poder alcançar a aposentadoria.




Para conseguir simular o tempo que falta para a aposentadoria através dessa calculadora automática, é muito simples. Basta com que o contribuinte faça o login na área ''Meu INSS''. Vale salientar que em alguns casos alguns vínculos acabam não constando nos registros dos beneficiários. No entanto, não há motivo para pânico, uma vez que há a opção de incluir tais registros de forma manual, com o intuito de realizar a simulação.

A Simulação Manual, como o próprio nome já sugere, permite que o segurado possa realizar a contagem do tempo de contribuição manualmente. Desse modo, a fim de realizar essa simulação, é necessário ter em mãos todas as carteiras de trabalho, assim como guias, carnês e os comprovantes de pagamentos do INSS.


O cálculo manual pode ser feito seguindo as orientações do INSS, a partir de um clique no seguinte endereço eletrônico: https://sipa.inss.gov.br/SipaINSS/pages/conrmi/conrmiInicio.xhtml.

Uma lei determina que o serviço de simulação responsável por realizar esse contagem a respeito do tempo de contribuição seja atendido tanto de forma presencial quanto de forma alternativa, ao disponibilizar o uso de computadores e consulta aos funcionários para que os cidadãos possam ser auxiliados nessa operação.

É extremamente importante que os contribuintes tenham em mente que tais resultados apresentados são apenas uma simulação. Dessa forma, não há qualquer validade legal.

O objetivo do INSS ao disponibilizar a calculadora automática, bem como meios de realizar o cálculo, foi com o intuito de nortear e situar os seus contribuintes que não tem a menor ideia em relação ao tempo que falta.

Sabe-se que nos últimos tempos, muito se fala a respeito de realizar uma reforma no setor previdenciário brasileiro. O assunto entrou em pauta principalmente com a ocupação do cargo presidencial por Jair Messeias Bolsonaro, que teve como principal tema de campanha uma reformulação da política previdenciária.

Não é de hoje que a Previdência precisa de passar por mudanças, isso porque, atualmente o sistema está caótico e apresenta inúmeras falhas. Sabe-se que há uma enorme disparidade entre o valor recebido pelos contribuintes, além de muitas outras situações em que há irregularidades.

Desse modo, embora a população brasileira bem informada tenha em mente a necessidade de haver uma reforma na previdência, muitos discutem se as mudanças propostas pelo governo Bolsonaro realmente irão beneficiar majoritariamente os brasileiros, já que, no Brasil a grande parte dos trabalhadores está envolvida em atividades laborais que exigem boa saúde e disposição. No entanto, a ideia da nova previdência é de aumentar o ano de contribuição dos trabalhadores e desse modo fica o questionamento: será que os brasileiros vão conseguir completar o tempo necessário para se aposentar?

Esse é um assunto muito comentado por todos brasileiros, já que a reforma previdenciária é decisiva não apenas pra a população ativa, mas também para aqueles que ainda não se integram ao mercado de trabalho.

Por Ana Paula Oliveira Coimbra

simulador de aposentadoria



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *