Mudar de Emprego – Salário é o Principal Motivo dos Trabalhadores




Pesquisa do LinkedIn revela que Salário é o principal fator analisado pelos trabalhadores que querem mudar de emprego.

Na hora de mudar de emprego, o principal item avaliado pelos profissionais é o Salário, pelo menos é isso o que revela a Pesquisa de Tendências e Talentos realizada pela rede social LinkedIn.

Segundo a pesquisa, 49% dos entrevistados brasileiros responderam que a remuneração é o principal motivo que os levariam a trocar de emprego. Já em segundo lugar com 43%, ficou o desenvolvimento profissional. Outro motivo bastante citado na hora de trocar de emprego foi as oportunidades de avanço na carreira, com 41%.


Não bastasse isso, a pesquisa também revelou que grande parte dos brasileiros é apena candidato passivo, ou seja, não está procurando emprego, mas aceitariam conversar com os recrutadores para obter mais detalhes sobre as oportunidades. Neste quesito o número de brasileiros é bem maior do que o Mundial. No Brasil a pesquisa registrou 77%, contra 70% no resto do mundo.

A pesquisa também abordou a questão salarial. Cerca de 60% dos profissionais responderam que confiam no próprio discernimento para determinar um salário justo. Já outros 40% definem o salário de acordo com o cargo anterior.

Outro dado interessante é que boa parte dos brasileiros, para ser mais exato 55%, conta com a ajuda de colegas e amigos para encontrar novas vagas de emprego.


A utilização da internet para buscar emprego também é grande aqui no Brasil. Pela pesquisa, 63% dos entrevistados disseram que utilizam as redes sociais para procurar emprego. Neste quesito o Brasil só perde para Espanha (70%), Chile (68%) e Cingapura (63%). Já o número de entrevistados que acessa sites de emprego chega a 59%.

Com relação à hora da entrevista, a maioria disse que se sente inseguro com relação à vaga e a empresa. Apesar disso, boa parte dos entrevistados (87%) informou que pode mudar de opinião sobre o cargo ou empresa após ter realizado a entrevista. Os brasileiros também consideram a hora da entrevista como algum fundamental e que pode contribuir para a sua decisão de se juntar ou não a empresa.

Outra coisa constatada na pesquisa é que quase todos os brasileiros (94% no total) deseja receber um feedback da empresa sobre a entrevista.

Boa parte dos entrevistados (cerca de 90%) também afirmou que um contato direto do futuro gerente ou do recrutador pode fazer com que ele decida aceitar a oferta de trabalho mais rapidamente.

Por fim, a pesquisa também revelou que os meios mais utilizados pelos brasileiros para aumentar as chances de encontrar uma vaga de emprego são: Atualização do Currículo, Atividades de Desenvolvimento Profissional (como realizar um curso para aprender uma nova função) e Atividades de Networking.

Segundo o LinkedIn, esta pesquisa contou com mais de 20 mil entrevistados em 29 países. Deste total 660 eram brasileiros.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *