Dicas de Como se Recolocar no Mercado de Trabalho



  

Confira aqui algumas dicas para conseguir se recolocar no Mercado de Trabalho.

Infelizmente a caminhada para se recolocar no mercado de trabalho tem sido longa, pois tem muitas pessoas desempregadas no nosso país. Entretanto, a internet tem ajudado muito nessa caminhada, é através dela que as vagas de emprego são divulgadas e os interessados podem enviar seus currículos.

Atualmente as pessoas que não tem fácil acesso a um computador ou internet saem muitas vezes na desvantagem, porque muitas empresas só aceitam o currículo através do seu próprio site, e-mail ou página no Linkedin.

O cadastro realizado nos sites das empresas deve conter todas as informações encontradas no currículo: dados pessoais, objetivo, pretensão salarial, curso superior, pós-graduação, cursos de especialização, experiência profissional e idiomas.

É essencial criar perfis nas redes sociais, como Facebook e Linkedin, esses perfis são muito importantes para as empresas encontrarem o profissional que encaminhou o currículo ou realizou o cadastro em seu site. Eles são um portfólio público, mostram para todos o que você pensa e quem você é, portanto, não compartilhe tudo que você encontra, exclua imagens que não são sérias, com bebida, sensuais ou até mesmo com biquíni.



No momento em que um profissional encontra-se muito tempo fora do mercado de trabalho, ele passa a encontrar uma grande dificuldade para conseguir se recolocar. Com isso é importante avaliar a empregabilidade conforme os conhecimentos obtidos anteriormente, experiências, nível acadêmico, habilidades, atitudes e se necessita ou não fazer novos cursos.

Devido a dificuldade de encontrar um trabalho, é muito comum vermos pessoas aceitando se recolocar no mercado de trabalho com um salário bem menor que o salário anterior. Aceitar ou não um salário menor, depende muito do número de dívidas e a renda mensal da família. Todos querem receber um salário semelhante ou maior que o salário anterior, mas o mercado de trabalho não se encontra muito receptivo.

Perante toda essa dificuldade encontrada para se recolocar no mercado de trabalho, é importante que o profissional esteja aberto para novos desafios, realizar trabalhos temporários, projetos de diferentes setores e até mesmo Freelancer. Esses novos desafios contribuem para permanecer ativo, criar um excelente portfólio, possibilidade de escolher os locais de trabalho, conhecer novos profissionais, conseguir novos conhecimentos e experiência enquanto tenta encontrar algo melhor.

Aline Aparecida Feitosa Dias



Post Comment