Procurar Emprego – Dicas de Como se Dar Bem



  

Confira aqui algumas dicas para você se dar bem na hora de procurar emprego.

A situação econômica pela qual vem passando o Brasil tem feito com que os índices de pessoas desempregadas aumentem a ponto de chegar a níveis estratosféricos. Para termos uma ideia mais ampla dessa situação, temos atualmente mais de 11,6 milhões de pessoas desempregadas. E é nessa hora que a recolocação no mercado de trabalho se torna mais complicada. Os fatores parecem que somam contra: O aumento do desemprego, a concorrência, a qualificação exigida, dentre tantos outros pontos. Para ajudar a vida de quem está em busca de uma recolocação no mercado de trabalho (e até mesmo um primeiro emprego), separamos algumas dicas de profissionais do setor de RH. Confira:

1 – A primeira coisa a se fazer é quase que pedir um milagre. Mas é preciso ter paciência. Sem ela será muito mais complicado a pessoa se organizar para, enfim, começar a buscar por um emprego.

2 – Crie uma estratégia para o “caminho” do seu currículo. Isso basicamente quer dizer que você deve traçar uma linha na qual consta aquelas empresas que desejaria trabalhar e se concentrar nelas. Procure se conectar com pessoas de sua área que possam melhorar seu networking na hora de encarar a candidatura para uma vaga.

3 – Promova, desenvolva e complemente seu networking. Aqui não precisa de muita enrolação para justificar isso. Basta dizer que quanto mais completo e ativo for seu networking mais possibilidades você terá de ser “achado’ no mercado.

4 – Encare a procura por um novo emprego como um projeto de vida (o que na verdade é). Imagine o seguinte: Encarando a rotina de procurar um emprego como uma rotina de um projeto de trabalho você estará inevitavelmente se dedicando ao “trabalho de procurar um trabalho”. Com isso terá mais disciplina e foco.



5 – Faça trabalhos temporários. Isso é uma boa alternativa, ainda mais agora com tamanha crise. Esse ponto tem outro aspecto positivo: mesmo sendo algo temporário você sairá dele com mais experiência e com sorte (se for sua área de interesse) poderá até ser convidado a permanecer de forma efetiva na empresa.

6 – Use as redes sociais para outra coisa além de jogar tempo fora com muitos fazem. E isso inclui até mesmo as redes para “diversão”. Crie perfis em redes profissionais, adicione contatos que poderão fornecer ajudar em uma eventual necessidade ou até mesmo lhe indicar uma oportunidade.

7 – Preparar-se para as entrevistas é sempre dito e repetido pelos especialistas. Ainda assim, muita gente se “esquece” de fazer isso. Considere a importância desse fato lembrando que devido a situação do mercado os entrevistadores estão cada vez mais rigorosos e exigentes.

8 – Se cuide. Isso mesmo! É normal ficar ansioso e preocupado com a situação do desemprego. Entretanto, você não se sairá bem na procura por uma vaga se sua vida estiver desequilibrada. Imagine, por exemplo, que você está a cada dia mais ansioso. Caso vá participar de uma entrevista, qual seria a chance dessa ansiedade poder ajudá-lo?

Por Denisson Soares



Post Comment