Confira aqui algumas dicas para você se dar bem na hora de procurar emprego.

A situação econômica pela qual vem passando o Brasil tem feito com que os índices de pessoas desempregadas aumentem a ponto de chegar a níveis estratosféricos. Para termos uma ideia mais ampla dessa situação, temos atualmente mais de 11,6 milhões de pessoas desempregadas. E é nessa hora que a recolocação no mercado de trabalho se torna mais complicada. Os fatores parecem que somam contra: O aumento do desemprego, a concorrência, a qualificação exigida, dentre tantos outros pontos. Para ajudar a vida de quem está em busca de uma recolocação no mercado de trabalho (e até mesmo um primeiro emprego), separamos algumas dicas de profissionais do setor de RH. Confira:

1 – A primeira coisa a se fazer é quase que pedir um milagre. Mas é preciso ter paciência. Sem ela será muito mais complicado a pessoa se organizar para, enfim, começar a buscar por um emprego.

2 – Crie uma estratégia para o “caminho” do seu currículo. Isso basicamente quer dizer que você deve traçar uma linha na qual consta aquelas empresas que desejaria trabalhar e se concentrar nelas. Procure se conectar com pessoas de sua área que possam melhorar seu networking na hora de encarar a candidatura para uma vaga.

3 – Promova, desenvolva e complemente seu networking. Aqui não precisa de muita enrolação para justificar isso. Basta dizer que quanto mais completo e ativo for seu networking mais possibilidades você terá de ser “achado’ no mercado.

4 – Encare a procura por um novo emprego como um projeto de vida (o que na verdade é). Imagine o seguinte: Encarando a rotina de procurar um emprego como uma rotina de um projeto de trabalho você estará inevitavelmente se dedicando ao “trabalho de procurar um trabalho”. Com isso terá mais disciplina e foco.

5 – Faça trabalhos temporários. Isso é uma boa alternativa, ainda mais agora com tamanha crise. Esse ponto tem outro aspecto positivo: mesmo sendo algo temporário você sairá dele com mais experiência e com sorte (se for sua área de interesse) poderá até ser convidado a permanecer de forma efetiva na empresa.

6 – Use as redes sociais para outra coisa além de jogar tempo fora com muitos fazem. E isso inclui até mesmo as redes para “diversão”. Crie perfis em redes profissionais, adicione contatos que poderão fornecer ajudar em uma eventual necessidade ou até mesmo lhe indicar uma oportunidade.

7 – Preparar-se para as entrevistas é sempre dito e repetido pelos especialistas. Ainda assim, muita gente se “esquece” de fazer isso. Considere a importância desse fato lembrando que devido a situação do mercado os entrevistadores estão cada vez mais rigorosos e exigentes.

8 – Se cuide. Isso mesmo! É normal ficar ansioso e preocupado com a situação do desemprego. Entretanto, você não se sairá bem na procura por uma vaga se sua vida estiver desequilibrada. Imagine, por exemplo, que você está a cada dia mais ansioso. Caso vá participar de uma entrevista, qual seria a chance dessa ansiedade poder ajudá-lo?

Por Denisson Soares


Confira aqui algumas dicas para ter sucesso como freelancer.

Ser freelancer tem múltiplas vantagens: poder trabalhar em horários flexíveis, não ter que enfrentar trânsito ou transporte público, realizar outros afazeres com maior tranquilidade ou em momentos que achar melhor. Por outro lado, muitas pessoas optam por esse tipo de carreira porque simplesmente não encontram oportunidades que as realizem profissionalmente ou acabam se deparando com trabalhos com rotinas desgastantes.

No entanto, escolher essa modalidade de emprego exige diversos cuidados, planejamento e paciência.

Quer ser um freelancer de sucesso? Então leia estas dicas que preparamos para você!

Faça um Planejamento:

Para começar esse tipo de carreira, é importante que você saiba como funciona o setor em que irá atuar. De início, crie uma rede de contatos com pessoas experientes na área. Elas poderão lhe oferecer boas dicas e explicar como é o dia a dia da profissão. Procure, ainda, conhecer potenciais clientes ou parceiros. Além disso, tenha em mãos sempre um cartão de visitas, contendo seus contatos digitais, como redes sociais, e-mail e WhatsApp.

Prepare-se Financeiramente:

Caso já tenha um emprego formal e deseja ser seu próprio chefe, o ideal é começar a fazer alguns trabalhos antes de ser somente freelancer, porque do contrário pode ser que tenha que lidar com problemas financeiros. Essa também é uma forma de ter uma cartela de clientes fixos. Assim, é importante você aproveitar esse momento de transição para juntar dinheiro para que possa sair do seu trabalho atual com tranquilidade.

Evite Problemas Burocráticos:

Dependendo da área em que for atuar, é interessante ter um contador e um advogado de confiança para auxiliá-lo com planejamento financeiro, pagamento de impostos, contratos e questões burocráticas.

Seja Organizado:

Procure não pegar serviços que não dará conta, uma vez que o excesso de trabalho pode reduzir a qualidade do produto ou serviço final. Isso pode, ainda, fazer com que você não cumpra os prazos estipulados. A consequência disso pode ser a perda de clientes e má avaliações na internet.

Procure Sempre se Atualizar:

Acompanhe as tendências do mercado, participando de palestras, congressos, cursos e grupos de discussões. Também não deixe de observar o comportamento de potenciais clientes em relação ao tipo de produto ou serviço que você oferece. Para isso, esteja sempre presente em fóruns, seções de comentários, avaliações e pesquisas nos motores de busca.

Utilize o Marketing a Seu Favor:

Não é porque você é freelancer que não vai precisar de marketing. Dessa forma, é interessante ter um blog ou site, em que possa apresentar o seu produto ou serviço. Utilize, ainda, o potencial das redes sociais e do e-mail para apresentar um bom atendimento, obter novos clientes e feedbacks.

Esteja Preparado para Períodos de Menos Ganhos:

Quando você trabalha em uma empresa, pode contar com um salário todo mês. Infelizmente, isso nem sempre será garantido quando for freelancer ou autônomo. Por isso, calcule seus gastos pessoais e de trabalho com muito cuidado, principalmente quando for realizar orçamentos, para não ter que lidar com problemas financeiros futuramente.

Você tem alguma outra dica para compartilhar? Deixe seu comentário!

Camilla Silva.


Ter um bom perfil no LinkedIn requer diversos cuidados. Confira aqui algumas dicas de como montar um perfil de sucesso na rede social.

Ter um perfil no LinkedIn é quase que obrigatório, pois as redes sociais unem as pessoas e o LinkedIn une os profissionais e as empresas. A cada dia que passa cada vez mais empresas estão recorrendo ao LinkedIn na hora de contratar, por isso, é bom que você tenha um bom perfil, pois assim como antes era fundamental ter um bom currículo para ter maiores chances de conseguir um emprego, atualmente é indispensável que se tenha um bom perfil no LinkedIn.

A dica número 1 é ter uma boa foto no seu perfil. Lembra que no currículo a regra é nunca inserir foto? No LinkedIn é justamente o contrário, ter uma foto é obrigatório para garantir um bom perfil, mas cuidado, nada de inserir selfie ou fotos em momentos de descontração. Tire uma foto mais séria, mais profissional, sem exageros claro, mas também, que não seja em um momento de diversão.

Outra dica para garantir um bom perfil no LinkedIn é caprichar nas informações sobre sua vida profissional. Nada de ficar com preguiça nesta hora, pois quanto mais detalhado for o seu perfil, maiores serão as chances das empresas lhe encontrarem.

O ideal é que se reserve um bom tempo para trabalhar no seu perfil do LinkedIn, inserindo as informações profissionais, fotos e se tiver, até vídeos, pois o LinkedIn não é apenas uma página de currículos, mas também é um espaço de possibilidades e disponibiliza uma série de ferramentas, então saiba utilizá-las a seu favor.

Uma outra dica muito importante e que você deve prestar muita atenção é na hora de inserir suas informações profissionais relacionadas às empresas onde já trabalhou. Não faça como no currículo, onde você simplesmente descreve o trabalho executado.

No LinkedIn, o interessante nesta hora é você informar os resultados obtidos, mostrar que você fez diferença naquela empresa e todos os benefícios que você levou para o seu ambiente de trabalho.

No LinkedIn também é muito bom que se inclua informações sobre serviços voluntários ou causas sociais nas quais você atuou. Se você ainda não realizou nenhum trabalho neste sentido, é bom começar a pensar nesta hipótese, pois é uma forma de garantir conteúdo de qualidade ao seu perfil no Linkedin, pois não adianta ficar enchendo-o de informações que em nada acrescentam. As empresas acessam o seu perfil para saber se você é uma pessoa que gera resultados!

E esqueça aquela velha mania das outras redes sociais, de ficar adicionando contatos de forma aleatória, foque em qualidade e não na quantidade, pois no LinkedIn, mais vale ter poucos contatos que sejam realmente interessantes, do que ter uma lista enorme que nada tem a ver com você.

Por Russel


Confira aqui algumas dicas do que falar e como se comportar em uma Entrevista de Emprego.

Com o mercado de trabalho concorrido, é cada vez mais difícil de se destacar perante aos outros profissionais. E para conquistar aquela tão sonhada vaga de trabalho, é preciso ir muito bem na Entrevista de Emprego. Mas você sabe o que deve fazer durante a entrevista para conquistar de vez o recrutador? Se não, confira nesta matéria as principais dicas que podem ajuda-lo na hora da entrevista:

Primeiramente, saiba que a cada dia que passa os processos de seleção contam com mais candidatos. Isso é algo bastante ruim, já que faz com que o recrutador não se lembre de todos os profissionais que entrevistou.

Para evitar que você seja esquecido pelo selecionador, saiba que alguns detalhes podem fazer a diferença. A primeira delas é com relação à conversa. Se você tem uma boa história que apresente as suas habilidades e qualidades, não deixe de conta-la ao entrevistador, isso porque você poderá ser lembrado justamente pela história. Outro fator que pode pesar na hora da entrevista são as roupas, uma vez que uma pessoa bem vestida ficará muito mais marcada na memória do entrevistador do que alguém que se veste de maneira completamente igual aos outros. Mais um fator que pode chamar a atenção do entrevistador são projetos ou fatos inusitados que acabam surgindo durante a entrevista.

Outro fato importante e que o candidato deve tomar cuidado é quanto às impressões negativas que podem ser deixadas durante a entrevista. Para evitar que isso aconteça, procure não falar mal do seu ex-chefe, dos colegas ou então da empresa onde trabalhou. Isso não é visto com bons olhos pelos recrutadores, já que nada garante que no futuro você não fale mal da empresa atual. Por isso, procure falar para o selecionador o porquê de estar querendo mudar de emprego. Deve-se lembrar de que a entrevista é o primeiro encontro do trabalhador com o empregador, portanto, é preciso apresentar a sua melhor versão. Se neste momento você já ficar reclamando, imagina depois que tiver de trabalhar.

Uma característica bastante valorizada pelos entrevistadores é quando o candidato se mostra interessado e busca tirar dúvidas quanto às atribuições do cargo ou sobre a empresa.

Por outro lado, é preciso evitar iniciar a entrevista falando sobre o quanto você quer o emprego. Vale lembrar que antes de mostrar desejo pela vaga, você precisa saber realmente quais são as atribuições do cargo, não concorda?

É importante que o candidato também faça perguntas inteligentes e que realmente demonstrem o interesse pela vaga. Alguns exemplos de perguntas são: Querer saber o que a empresa espera do candidato, em quanto tempo eles querem resultados e como serão as avaliações de desempenho.

Outro cuidado que o entrevistado deve ter é com perguntas que fujam um pouco do assunto do trabalho. Por exemplo, perguntar se há problema em chegar atrasado ou em esticar o almoço não são coisas bem vistas pelos recrutadores.

Uma coisa extremamente importante que o candidato deve fazer é ser simpático. Lembre-se, ninguém quer trabalhar com alguém que não gosta. Sendo assim, procure fazer contato visual e demonstre entusiasmo.

Outra dica importante é mostrar que você pode trazer retorno imediato à empresa. Todo mundo sabe que é preciso pesquisar sobre a empresa antes da entrevista, mas você também pode ir um pouco além e mostrar como vai conseguir contribuir de imediato para a empresa. Vale lembrar que muitas empresas querem investir em seus futuros funcionários, mas se eles já tiverem algum talento certamente serão vistos com outros olhos.

Já perto do fim da entrevista, aí sim fale sobre o porquê de querer o emprego. É nesta hora que você deve tirar dúvidas e tentar conquistar o entrevistador. 

Para finalizar, é preciso agradecer ao recrutador pela oportunidade e se mostrar à disposição para responder qualquer dúvida que possa surgir.

Feito isso, agora é preciso torcer e aguardar um novo contato da empresa.


Insatisfeito com seu trabalho? Se a resposta é sim, nada custa enviar um curriculum para outro lugar. Para começar, o curriculum ideal é aquele que valoriza as qualidades e as habilitações do profissional, além de passar boas impressões de suas antigas experiências. Então, antes de mais nada, é válido um pequeno estudo. Aconselho anotar em um caderno todos os lugares que você já trabalhou e coisas concretas que podem ser apresentadas, como cartas de recomendação ou elogios escritos.

O site www.crieseucurriculum.com.br cria um curriculum rápido e simples. Porém, vamos abordar os MAIORES ERROS em um Curriculum Vitae para evitar desapontamentos.

1 – Não vá pensando que um mesmo curriculum vale para ser Gari ou Presidente. Cada cargo e empresa possuem necessidades diferentes, então faça uma boa pesquisa das qualidades necessárias e que você pode destacar no seu curriculum de acordo com cada entrevista que for feita.

2 – Nenhum entrevistador quer saber sobre coisas irrelevantes ou pessoais demais. O curriculum deve ser direto e apresentar aquilo que você tem e pode oferecer para empresa. Se for extenso, você fica mais sujeito ainda a paciência dos outros.

3 – É válido que sejam citadas as experiências importantes para nova carreira. Um bom curriculum não pode explorar demais o futuro nem seus desejos dentro da empresa, mas se mostrar cada vez mais apto para o novo cargo é uma opção muito boa, até mesmo porque se você já tem habilidades concretas para o novo cargo, isso lhe coloca mais perto de ser contratado.

4 – Cite a mudança. Explique-se de forma resumida sobre as razões que o fizeram sair de um ramo e entrar em outro, porque assim o contratante saberá suas razões e o curriculum ganha importância. Aquele que consegue enfrentar o medo da mudança é de admirável coragem, coisa rara no mundo de hoje.

Então, espero que seu novo curriculum seja uma excelente forma de valorizar sua própria imagem e conseguir se vender ainda melhor.

Por Vinícius Leite


Se você ainda não conseguiu decidir qual profissão escolher e é louca por tratamentos estéticos, saiba que esta é uma área em ascensão e que, havendo uma especial dedicação, pode lhe proporcionar bons rendimentos e ainda a satisfação profissional.

É crescente a procura por bons profissionais para a realização de tratamentos estéticos, que atualmente possuem uma variedade gigantesca. O bom é que o oferecimento de cursos nesta área cresce na mesma medida da demanda.

Nas escolas de estética é possível encontrar cursos que capacitam a realizar tratamentos corporais e faciais, como drenagem linfática, eletroterapia, massagens modeladoras, tratamentos específicos para estrias, celulite, pós-operatório, limpeza de pele, clareamento, depilação, entre outros. Ou seja, há uma gama de opções. E a noticia boa é que as melhores escolas de estética são muito procuradas por clinicas, interessadas em contratar os novos profissionais que se formam. Ou seja, há grande possibilidade de sair do curso com emprego garantido.

Além de todos os benefícios com relação ao retorno financeiro, ainda vale lembrar que, para quem gosta desta área, a atividade torna-se bastante prazerosa. A dica para quem quer se lançar neste mercado de trabalho é: especialize-se. Faça os mais diversos cursos possíveis, amplie seus conhecimentos, e os benefícios são certos.

Por Leni do Vale





CONTINUE NAVEGANDO: