Saque do FGTS Inativo – Quem Pode Sacar o Dinheiro



Confira aqui quem pode sacar o dinheiro do FGTS Inativo.

Em 2016, o governo federal anunciou a possibilidade de saque de todo o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) de contas inativas. No caso, a medida tem como objetivo injetar cerca de R$ 30 bilhões na economia, como avalia o governo. Lembrando que essas as contas inativas são aquelas que não recebem mais depósitos das empresas após o fim do contrato. Então, há situações em que verifica-se um saldo residual parado. Segundo a medida do governo, podem sacar esses valores pessoas que tiveram contrato rescindido até 31 de janeiro de 2015, em situações as quais pediu demissão ou foi demitido com justa causa.

Mas é preciso checar se a conta encontra-se inativa e existe saldo. Por isso, o cidadão necessita se dirigir às agências da Caixa Econômica Federal para obter esses dados. Será preciso ter em mãos o NIS/PIS. Quem tiver o cartão cidadão pode checar os dados nos próprios caixa eletrônicos. As lotéricas também realizam consultas, mas apenas quando a pessoa possui o cartão cidadão.

A Caixa ainda informa que é possível verificar o saldo do FGTS através de app, disponível nas plataformas Android e iOS. Outra possibilidade é obter a informação por meio do site da Caixa, pelo Internet Banking, mas devido à grande tráfego – em termos de acessos – a página encontra-se instável.

O FGTS hoje tem rendimento de 3% ao ano, juntamente com TR (Taxa Referencial – a mesma relacionada ao rendimento da poupança). Então, o índice pode chegar entre 5% a 6 %.

Quando sacar?



Os saques serão realizados no mês de março de 2017, nas agências Caixa em todo Brasil. Contudo, ainda será divulgado neste mês de fevereiro o calendário oficial com as datas disponibilizadas para saque. A Caixa disponibiliza material completo sobre mais informações relativas a contas inativas do FGTS. No caso, acesse: http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/contas-inativas/Paginas/default.aspx

FGTS: Opção para rendimentos?

Muitos especialistas citam que o FGTS não é melhor opção para deixar dinheiro render, pois existem outros métodos, como a própria poupança – uma modalidade ainda bastante usada pelos brasileiros. De acordo com reportagem do portal UOL, a caderneta de poupança é bem mais vantajosa – se comparada ao FGTS – pois pode render em torno de 6,17% ao ano, mais a TR. Segundo José Dutra Vieira Sobrinho, matemático financeiro, em entrevista ao UOL, uma boa opção é “usar o dinheiro do FGTS inativo para ser aplicado na caderneta de poupança”.

Por Letícia Veloso


Nossos Cursos - Loja Online



Cursos de aprimoramento profissional Trabalhou.com.br. Visite nossa loja.



2 Comentários - Escrever um Comentário

  1. Ronaldo da costa · Editar

    Trabalhei numa empresa no período de setembro de 1987 a dezembro de 1989 quero saber se tenho direito ao fundo de garantia de conta inativa

Post Comment