Programa do IRPF 2018 – Download




Declarações devem ser enviadas entre os dias 1º de março e 30 de abril de 2018.

Todo mundo já sabe que dependendo da soma dos rendimentos anuais de um cidadão brasileiro, este precisa anualmente fazer a Declaração de seu Imposto de Renda. Pois já esta na hora de realizar a declaração.

Porém, sempre que se fala em realizar esta declaração, muitas pessoas já se sentem desanimadas frente à burocracia desse processo que envolve o preenchimento de muitos papéis.


Desde o ano passado esse processo de declaração já pode ser realizado com a ajuda da tecnologia, em computadores, tablets e celulares, o que facilitou a vida de muita gente, agilizando todo este processo.

Desse modo, quem precisa realizar a declaração do Imposto de Renda cujo ano base é o de 2017, pode acessar o site da Receita Federal do Brasil e fazer o download do programa.

O programa foi chamado de Meu Imposto de Renda e por ele o declarante poderá fazer o preenchimento de todos os seus dados e enviar para a Receita Federal.


Nesse sentido, é possível baixar o programa nos computadores e para tablets e aparelhos smartphones a Receita disponibiliza também um aplicativo, que pode ser facilmente utilizado.

Desse modo, se você pretende declarar os seus rendimentos por meio desse programa, ele já está disponível. Assim, a partir do dia 1º do mês de março as declarações já poderão ser enviadas, sendo o último dia para envio, a data do dia 30 do mês de abril.

Uma das vantagens desse programa é que mesmo depois de enviado a sua documentação, caso seja necessário, é possível fazer retificações, acessando um login com e-mail e senha cadastrados no programa.

A Receita Federal recomenda que os declarantes baixem o programa o quanto antes e preencham com calma e atenção seus dados, conferindo-os antes de enviar. Evitando contratempos como multas, pois quem não realizar a sua declaração até a data prevista receberá multa de 1% por mês atrasado, sendo o máximo de multa no valor de 20% sobre o valor total do imposto. O valor da multa mínima é de R$165,00, cujo valor virá descontado da restituição. Assim, não deixe para a última hora.

Dessa forma, quem enviar sua declaração mais cedo para a Receita Federal terá maiores chances de, já nos primeiros lotes, receber a restituição do imposto, o que é uma grande vantagem.

Como o programa já havia sido utilizado no ano passado, quem ainda o possuir instalado em seu dispositivo, não precisará baixa-lo novamente, basta atualizá-lo. Para isso clique na guia “Menu” , em seguida “Ferramentas” e por último em “Verificar atualizações”.

Se você possui dúvidas se deve ou não fazer a sua declaração, saiba que são obrigadas a declarar seus impostos cidadãos que no ano de 2017 receberam como rendimentos em todo o ano uma soma que seja superior ao valor de R$28.559,70.

Para este ano, o Imposto de Renda de Pessoa Física chega com várias novidades, sendo que nem todas irão agradar aos contribuintes, uma vez que vão dar um pouco mais de trabalho na hora de declarar. Assim, uma destas novidades é em relação aos dependentes, cujas deduções possuem limite sendo este de R$ 2.275,08. Já em relação à educação, o limite é no valor máximo de R$ 3.561,50 por ano. Para finalizar as deduções, temos os gastos com empregados domésticos, que pode ser de até R$ 1.171.

Uma questão que já está despertando muita polêmica por parte dos declarantes é que neste ano deve ser incluído na declaração o número de CPF dos dependentes com idade maior que 8 anos.

Para saber de todas essas novidades e para baixar o programa Meu Imposto de Renda acesse o site da Receita Federal em: http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2018.

Sirlene Montes

Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *