Documento de Identidade pode Ganhar Versão Digital



  

Documento pode reunir todas as informações da pessoa em um só lugar.

Atualmente a tecnologia está em tudo o que vemos. Os aparelhos estão cada vez mais avançados, oferecendo uma série de recursos que torna a vida de todos muito mais fácil, onde há uma agilidade incrível, muito diferente de tempos nem tão antigos assim, quando a maioria das coisas era realizada de forma manual e em um tempo que hoje em dia pode ser considerado quase uma eternidade.

E ainda temos muito que avançar em termos de aplicação de tecnologia às nossas tarefas cotidianas. Contudo, aos poucos essas novidades vão chegando e se tornando parte da nossa Vida.

É isso mesmo, no ano passado foi anunciado que a Carteira Nacional de Habilitação iria ganhar uma versão digital e a estimativa é de que ainda neste ano o documento eletrônico já esteja sendo utilizado.

Dessa vez, o próximo documento a ter uma versão digital é a nossa popular identidade. Na verdade estamos nos referindo ao Documento Nacional de Identidade, o DNI, que foi criado por uma Lei de Número 13.444/2017, que institui a INC, que é Identificação Civil Nacional.

De acordo com as primeiras informações sobre o assunto, em um só documento digital irão constar dados importantes de outros documentos como Título de eleitor, o RG, o CPF, Carteira de motorista, Certidão de Nascimento e outras informações sobre o cidadão. Ou seja, em um único documento poderão ser acessados todos os documentos que uma pessoa possui e isso de forma rápida, com apenas alguns cliques. Interessante não é?

Mas por enquanto essa nova modalidade de documento de identificação está em fase de testes. Existe, portanto, uma estimativa de que a partir do mês de julho deste ano, já seja liberado aos cidadãos a realização de um cadastro em um sistema a ser disponibilizado pelo governo.

Desse modo, para que o cidadão se cadastre será necessário realizar o download do aplicativo ainda a ser disponibilizado em um aparelho celular e assim cadastrar seus dados e enviar.

Assim que essas informações forem enviadas, o aplicativo irá fazer a indicação de um local onde haverá um ponto de atendimento e o cidadão poderá comparecer para que essas informações possam ser verificadas e o documento digital gerado.

A notícia nem se espalhou direito pelo país e já há muitas pessoas interessadas em obter o documento digital. Afinal, ele será realmente muito útil uma vez que irá dispensar toda aquela papelada que muitas das vezes, quando precisamos, acabamos sempre deixando algum documento para trás ou simplesmente não sabendo onde ele se encontra.




Como já foi dito anteriormente o documento ainda está sendo testado, mas se você se interessou por este novo documento de identificação e deseja saber o que fazer para obtê-lo e sair na frente. Veja abaixo algumas informações que podem ser importantes para isso:

– Primeiramente, para soliciatar seu documento de identificação digital é preciso que o cidadão já possua o registro biométrio no TSE, que é o Tribunal Superior Eleitoral.

– Em seguida, quando o programa já estiver disponível, realizar o seu download em um aparelho celular.

– Feito isto, será necessário fazer um pré-cadastro no sistema que o aplicativo possui e assim solicitar o documento eletrônico.

– Depois de todos esses passos, o sistema vai identificar a sua localização e apontar um local mais próximo da sua casa, onde você todos oss eus dados serão validados presencialmente.

– Estando tudo certo, o documento digital será disponibilizado para uso no seu aparelho celular.

Como a adoção deste tipo de documento ainda é recente, a princípio, qunado o cidadão realizar a troca do aparelho ele precisará repetir a validação dos dados de forma presencial.

Resta agora aguradarmos até que a identificação digital esteja liberada à todos os cidadãos.

Sirlene Montes

Nossos Cursos - Loja Online



Cursos de aprimoramento profissional Trabalhou.com.br. Visite nossa loja.



Post Comment