5 passos para deixar de ser perfecionista no trabalho

Ser muito perfeccionista pode atrapalhar a sua carreira

Fazer tudo perfeito pode parecer uma receita para o sucesso. Vários indivíduos de alto desempenho argumentam que sua busca pela perfeição tem sido responsável pelo seu sucesso.

Embora seja verdade que os perfeccionistas podem ser recompensados por seu desempenho impecável e podem até pensar que seu desejo de nunca cometer um erro é o que os torna mais eficientes em seu trabalho, a obsessão pela perfeição pode atrapalhar o sucesso.

1. Os perfeccionistas evitam assumir riscos.

O desejo de ser perfeito o tempo todo pode se transformar em um medo de fracasso, fazendo com que fiquem presos ao status quo.

2. Os perfeccionistas são inflexíveis.

A mudança pode ser difícil para os perfeccionistas, que muitas vezes acreditam que existe uma maneira clara de fazer as coisas certas e erradas.

3. Os perfeccionistas levam muito tempo para conseguir fazer as coisas.

Se você estiver verificando e reverificando e certificando-se de que tudo está absolutamente perfeito, você pode ser menos produtivo.

4. O perfeccionismo pode afetar as relações com funcionários e colegas de trabalho.

Os outros não são capazes de viver à altura dos altos padrões ou podem considerá-los desnecessários. Um chefe perfeccionista pode criar um ambiente de trabalho muito tenso.

5 passos para deixar de ser um perfeccionista no trabalho:

Se você se aproxima de seu dia de trabalho com a expectativa de que tudo correrá bem, você está pode estar otimista demais. Desde e-mails não enviados até tarefas esquecidas, os possíveis buracos em seu caminho para o sucesso são infinitos.

No entanto, enquanto você está por aí perseguindo a perfeição em sua carreira, você pode estar prestando um mau serviço a si mesmo. Ter padrões exageradamente altos pode, na verdade, levar a mais problemas do que resolver.

Confira os 5 passos para deixar de ser tão perfeccionista:

1. Entenda que ninguém é perfeito

Embora você possa se esforçar para dar o melhor de si no local de trabalho (e assim deve ser), você não deve se bater quando as coisas não correm como planejadas. Ser continuamente seu próprio pior crítico só levará a angústias emocionais desnecessárias.

2. Pare de se comparar com os outros

Você está em sua própria jornada, e precisa ter isso em mente a cada vez. Comparar-se aos outros é um jogo perigoso de se jogar. Enquanto as pessoas ao seu redor podem parecer perfeitas, cada pessoa também tem suas próprias lutas profissionais.

3. Evite stress desnecessário

A busca da perfeição pode parecer nobre, mas se ela está causando estresse sem fim, é uma obsessão insalubre. O estresse relacionado ao trabalho pode rapidamente levar ao esgotamento. Se você achar que está irritável, sobrecarregado ou ansioso, você pode estar sofrendo deste problema.

4. Estabeleça objetivos atingíveis (e depois recompense-se por alcançá-los)

Em um ambiente de trabalho muito agitado, seu gerente pode nem sempre ter tempo para parabenizá-lo por um trabalho bem feito. Tudo bem. No entanto, muitos de nós achamos difícil sentir confiança quando não temos provas de que estamos no caminho certo. Uma das maneiras de resolver este problema é estabelecendo seus próprios objetivos e se recompensando quando os cumpre.

5. Aprenda e cresça a partir de seus erros

É perfeitamente correto cometer erros de vez em quando, mas você deve sempre aprender com eles. Seguindo em frente, o que você pode fazer para evitar esta situação particular? Usar os erros como uma oportunidade para aprender e crescer ajudará você a superá-los.

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.