Albergue acolhe cerca de 200 trabalhadores em Pernambuco



  

Muitos trabalhadores do Ceasa possuem uma carga horária diferenciada. Afinal, o Centro começa a funcionar às 3h e segue até as 18h. Muitos deles moram distante, em outras cidades da Região Metropolitana e até em municípios do interior de Pernambuco ou da Paraíba, e só voltam para casa nos finais de semana.

Para essas pessoas o Ceasa disponibiliza o Albergue Modelo. Com capacidade para abrigar 200 homens, com estada e alimentação, o serviço está disponível, diariamente, das 16h às 5h. Mas para usufruir é preciso  desembolsar uma 'taxa de utilização', que é de R$ 2,50 por dia.

"O local proporciona condições dignas para esses trabalhadores que não têm condições de custear as passagens de ida e volta diariamente para suas casas", explica a coordenadora de Programas Sociais do Ceasa/PE, Maria José Rosa.




Antes, havia um dormitório no Ceasa, mas foi feita uma intervenção e o albergue foi inaugurado em março de 2009, oferecendo mais conforto para os usuários, que durante a semana têm o local como a sua própria. Hoje, oalbergue é modelo para os Ceasas do país.

Maria José Rosa ainda falou da proposta de alojamento para mulheres. "A maioria dos trabalhadores é de homens, cerca de 99%, mas temos a intenção de montar um albergue feminino com capacidade para dez pessoas. Quando necessário, as mulheres também terão onde ficar, com comodidade e conforto", justificou.

Por: Alexandre de Souza Acioli

Nossos Cursos - Loja Online



Cursos de aprimoramento profissional Trabalhou.com.br. Visite nossa loja.



Post Comment