Dicas de como fazer uma carta de pedido de demissão





Muitos são os motivos que podem levar a um empregado fazer o pedido de demissão de uma determinada empresa, seja por insatisfação das tarefas que são executadas no dia a dia, salário abaixo do que é pago no mercado, por receber uma proposta melhor, entre coisas do mesmo gênero.

Porém, quando uma pessoa vai fazer o pedido de demissão, é preciso que se faça uma carta que hoje faz parte dos padrões dos departamentos de Recursos Humanos de todo o país.


O principal objetivo da realização dessa carta é formalizar o motivo do desligamento do profissional, e por esse motivo é preciso ter muita atenção aos dados que coloca nesse documento que deve ser datado e assinado.

É muito comum que antes do profissional fazer a entrega da sua carta de pedido de demissão ele avise com antecedência aos empregadores que não tem mais a intenção de continuar o seu trabalho na unidade, informando também se vai ou não cumprir o período de aviso prévio de 30 dias.

No caso de não cumprimento do aviso prévio o profissional terá a cobrança de descontos maiores, sendo isso previsto pela lei CLT.


E para escrever uma carta de pedido de demissão é preciso escrever seu nome, dados de documento como RG e CPF. Logo depois escreva os motivos pelo qual está solicitando o desligamento da empresa, e nesse momento é preciso ser claro e direto.

No final escreva se vai cumprir ou dispensar o período de aviso prévio. Por fim coloque a data e realize a sua assinatura. O responsável por receber a carta de demissão também deve assinar o documento.

E ainda vale destacar que quanto mais motivos colocar na sua carta de demissão melhor será, mas evite falar mal da empresa que está saindo, por isso pode fazer com que a porta não se abra mais em casos de procura de novas oportunidades no futuro. 

Por Josiane Fernandes de Jesus



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *