Surgimento do trabalho em equipe




Alguns seres humanos veem a história da mão de obra no trabalho como algo relacionado à desumanização da sociedade. Sem o trabalho, as pessoas ainda se sentem incompletas. Porém, por outro lado, as pessoas que se sentem completas no trabalho quando se transformam em máquinas.
Talvez, o lado bom disso tudo é que o fato de trabalhar com sucesso resulta no lado produtivo e criativo de todo ser humano, por isso que as pessoas acabam se tornando repetitivas em alguns aspectos.

A repetitividade impede algumas pessoas de se estabelecerem em um  novo emprego. Observe que pessoas que  trabalham demais são aquelas que possuem uma certa dificuldade de ganhar bem, ou seja, de se estabelecer financeiramente com sucesso em alguma área do mercado de trabalho.


O sonho de muitas empresas é  encontrar funcionários que se dediquem como máquinas. Existem excelentes máquinas desenvolvidas por humanos, mas, como máquinas não funcionam efetivamente como um cérebro humano (mesmo sendo programadas para isso), a demanda fez com que essas empresas aumentassem as exigências, e dentro delas, pré-requisitos cada vez mais exclusivos para contratarem profissionais exclusivos para um cargo.

Com as máquinas trabalhando juntamente como o auxílio da mão de obra humana, foi possível racionalizar tarefas, dividindo-as em equipes, um excelente meio de produzir muito sem alguns custos e pressões.

Por isso que o trabalho em equipe se tornou extremamente importante para as empresas, pois para produzir muito cada grupo de operários em uma empresa, por exemplo, dedica-se a uma parcela da tarefa. Dessa forma, o trabalho que precisa ser um trabalho fragmentado é elaborado atenciosamente por detalhes. Um exemplo disso seria uma fábrica de carros. Enquanto em um setor fabrica a capota do carro, o outro setor cuida das portas, o outro da pintura e assim por diante. O resultado de tudo isso você já sabe: mecanização do trabalho e a  excessiva pressão para dar conta de uma demanda.


Portanto, se você não tem prazer em servir, jamais verá a qualidade de seus esforços. Por isso, é necessário se basear em uma meta para atuar em uma área específica. Muitas vezes um bom emprego não deve servir apenas para trazer segurança, mas também para trazer capacitação.

Por Daniela Almeida da Silva

Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *