Competências necessárias para alcançar a realização profissional

Categorias: Dicas - Empregos - Profissionais - Profissão

Muitas pessoas se questionam da seguinte forma: "Amo o que faço, sou um profissional competente e honesto e mesmo assim as coisas nunca dão certo para mim e nunca saem do jeito que planejo". Bem, em primeiro lugar, às vezes apenas amar o que se faz pode não ser tudo se a tarefa exigir um pouco mais de esforço contínuo. Isso quer dizer que, além de amar o que se faz, seria conveniente também possuir valores fundamentais para respeitar a sua vocação, que é o que sustenta esse seu amor pela profissão. Em segundo lugar, é essencial também, desenvolver competências para transformar cada vez mais sua vocação, e consequentemente, seus esforços em resultados.



A realização profissional ocorre quando unimos vocação com nossas competências. E você já conhece quais as competências que você precisa para chegar ao topo da realização que tanto almeja? É claro que competências podem ser subjetivas, mas cabe a todos lembrar que existem algumas que são quase obrigatórias no mundo corporativo, tais como:

– Automotivação:

Quem tem uma motivação própria e forte dentro de si jamais deixa se abater por qualquer obstáculo, pois se sente independente para resolver seus problemas e criar oportunidades. Quem tem motivação chega a qualquer lugar.



– Autodisciplina:

A disciplina é um sentimento de harmonia que estabelece organização em tudo o que vivemos. Quem tem autodisciplina jamais conseguirá viver com pessoas que são desorganizadas ou com a sua agenda bagunçada, pois ele está apto a realizar suas tarefas dentro do prazo que ele mesmo estabelece. Nada acontece por acaso para ele. Tudo é bem planejado.

– Foco:

Esse tipo de competência cabe em qualquer uma das anteriores, pois precisa de ambos para obter resultados. No entanto, se completam entre si. Porém, vale lembrar que apesar de estarem lado a lado, é preciso saber usá-las devidamente, por isso, tenha persistência e determinação. Tenha sempre coragem de arriscar, mas nunca seja imprudente.

Por Daniela Almeida da Silva



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *