Como escolher o melhor candidato para uma empresa?

Categorias: Candidato - Currículo

Depois de examinar uma infinidade de currículos e pré-selecionar vários candidatos, enfim, chega o momento de fazer as entrevistas para ter certeza de que algum deles é a melhor escolha para fazer parte da equipe da empresa.



Mas como, realmente, identificar quem será ele? Salvar-se de uma escolha inadequada nesse momento é fundamental para evitar dores de cabeça no futuro.

Por isso, separamos algumas dicas para ajudar você a avaliar melhor suas opções. Confira e saiba o que fazer para evitar decisões erradas na seleção de candidatos!

1. Leia a linguagem corporal

A linguagem corporal pode transparecer pontos importantes do comportamento do candidato. Os movimentos dos braços, contato visual e a maneira como se senta, por exemplo, pode até mesmo indicar se ele está ou não interessado na vaga.



2. Analise experiências e realizações específicas

O recrutador responsável pela seleção pode otimizar a escolha selecionando candidatos que seguem o método STAR, sigla em inglês para situação, objetivo, ação e resultado. Essa é uma boa maneira de entender como o candidato agiu e se comportou em oportunidades anteriores. Ou seja, se reagem a situação e buscam uma solução.

3. Avaliar ética e atitude

É importante estar atento a sinais, tais como frases ditas pelo candidato, que indiquem que ele já teve problemas para trabalhar com demais colegas de equipe no passado. Além disso, vale procurar entender as razões do problema e como ele agiu ante cargas de trabalho pesadas, decisões da gerência e mudanças de prioridade de sua antiga empresa — especialmente se envolver questões éticas.

4. Procure saber se eles são eternos aprendizes

Funcionários com grande potencial de trazer resultados para a empresa e contribuir para o seu crescimento tendem a ser mais curiosos. Esse tipo de profissional está sempre interessado em aprender novas habilidades e conhecer novas ferramentas. Quando contratado, pode se tornar um valioso recurso para a empresa.

5. Feedback de quem não estava na entrevista

Outra ideia legal para ampliar a percepção sobre o candidato é ter alguns membros da equipe também fazendo as entrevistas em uma espécie de conversa entre amigos. Muitas vezes, o candidato tem muito a oferecer, mas não consegue demonstrar isso pelo estresse e nervosismo da entrevista final. Além disso, pode-se obter o feedback de pessoas que interagiram com esse candidato fora da entrevista.

Como o candidato tratou o funcionário da recepção que o cumprimentou, se ele quis fazer um tour pela empresa ou qual a primeira impressão que ele passou são aspectos que podem reforçar pontos positivos como destacar pontos negativos que seriam escondidos intencionalmente na entrevista.

6. Pergunte sobre as paixões

Quer saber mais sobre o profissional? Tente ser comunicativo e aberto. Procure levar para a entrevista pontos sobre os quais o candidato se sinta confortável e confiante para falar. É provável que isso ajude a coletar informações importantes sobre o que o torna “marcante” como pessoa e trabalhador.

7. Teste

Nem todas as empresas tem essa possibilidade. Porém, se possível, vale muito a pena levar o potencial funcionário para um test drive antes de decidir pela contratação. Os períodos de experiência se parecem muito com estágios, mas são mais sérios e bem melhor pagos. Eles podem durar semanas ou meses, e podem dar uma boa ideia se a pessoa realmente a melhor alternativa para a empresa.

No mais, é sempre válido reunir o máximo de técnicas e métodos diferentes para selecionar o candidato. Isso evita que a entrevista fique engessada ou algo muito mecânico que não tratará uma luz sobre as possibilidades que o profissional poderia oferecer para a empresa.

Por fim, é preciso considerar que cada candidato é único. Sendo assim, cada entrevista deve ser personalizada de maneira a extrair o máximo possível dele, sem estresse e com muita calma.

Por Denisson Soares



Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *