Dicas de como enfrentar uma entrevista em inglês




Hoje em dia, o domínio de um segundo idioma tornou-se algo muito importante na vida de um profissional, principalmente se essa segunda língua for o inglês.

Com a globalização, as fronteiras se estreitaram, fazendo-se quase inexistentes, então as empresas começaram a valorizar cada vez mais um segundo idioma na hora da contratação de profissionais para integrar o seu quadro de funcionários. Hoje trabalhar numa empresa no Brasil e precisar contatar um profissional que atue na mesma organização localizada em outro continente, é algo comum, por essa razão a necessidade de um outro idioma. A fluência no inglês passou a ser um requisito expressamente necessário na carreira de qualquer profissional. Antes o fato de dominar outro idioma era considerado somente um diferencial, agora é uma necessidade básica.


Uma das principais dificuldades das pessoas é expressar em um currículo qual o nível de inglês que elas possuem. Na expectativa de corresponder a este requisito ou também pela dificuldade de realizar uma autoavaliação, muitos candidatos destacam um nível do idioma quem nem sempre pode coincidir com a real aptidão do candidato no que diz respeito à leitura, interpretação, fala ou compreensão do inglês.

Mesmo você colocando no curriculum que possui um determinado nível de inglês, fique ciente que a empresa verificará se você possui mesmo tal expertise, por isso ela poderá comprovar isso mediante uma entrevista em inglês ou através da avaliação dos diplomas anexados ao currículo. Caso ocorra o teste oral, tente não ficar nervoso, pratique em casa as possíveis perguntas e respostas que poderão aparecer na hora da interação em inglês, busque e treine jargões comuns na sua área de atuação isso facilitará a elaboração das respostas mais técnicas. Outra dica é, seja você mesmo, seja autêntico e honesto quanto ao seu nível de conhecimento do idioma.

Seguindo estas dicas, ficará muito mais fácil demonstrar o quanto você sabe do idioma.


Por Melina Menezes

Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *