Dicas para quem quer se tornar um empreendedor



Muitos profissionais alimentam dentro de si o desejo de poderem trabalhar por conta própria, de terem sua própria empresa. Ser um empreendedor a primeira vista é algo fantástico. Entretanto, existem muitos aspectos que devem ser observados e levados em consideração pelo profissional que pretende abrir sua empresa para que não acabe fechando as portas já nos dois primeiros anos.

A pessoa que tem planos de abrir um negócio, uma empresa, com recursos próprios e isso quando não colocamos na lista os prováveis investidores, os empréstimos e etc, precisam estar bem conscientes sobre o que vão fazer e saber muito bem como vão gastar o dinheiro.

Levando em consideração esse tipo de cenário não é difícil de perceber que qualquer deslize, qualquer erro por mínimo que seja, pode acabar ameaçando não apenas o caixa da nova empresa como também os projetos que envolvem o crescimento da mesma.

De fato, trabalhar para si mesmo não é fácil. O fundador da Ciplex, uma agência do setor digital norte-americano que foca sua atuação em startups e em pequenas empresas listou algumas dicas para quem quer começar a própria empresa investindo o mínimo e necessário possível com vistas a diminuir os riscos. O artigo foi publicado no site da revista Inc. Confira duas observações feitas por ele.

 – Torne sua ideia válida:

Aqui temos uma questão fundamental: como é que a pessoa vai saber que a ideia que está tendo para o seu negócio é boa? A sensação de que se perguntar para um amigo ou um parente é o ideal é um completo engano. Às vezes suas opiniões apenas querem agradar e não traduzem a realidade.



A melhor forma de descobrir se a ideia é boa ou ruim é ir perguntar para quem não vai ganhar ou perder com ela. Nessa categoria pode-se incluir profissionais mais experientes e prováveis clientes.

– Procure por um mentor:

Não é uma boa ideia pedir opiniões para aquelas pessoas que só vão confirmar suas ideias. É necessário que a pessoa que quer abrir sua própria empresa busque conversar com quem desafie suas proposições. Desta forma haverá uma maneira de se discutir os prós e os contras de uma maneira mais eficaz.

Fica o aviso. Em muitos casos o empreendedor não vai gostar do que irá ouvir. Mas é bom ponderar e levar a sério para continuar recebendo feedbacks.

Por Denisson Soares


Nossos Cursos - Loja Online



Cursos de aprimoramento profissional Trabalhou.com.br. Visite nossa loja.



Post Comment