Desemprego cresce em 7,4% no Brasil



  

Os dados foram coletados pelo IBGE em relação ao trimestre encerrado em fevereiro de 2015

E o número de desempregados no Brasil continua crescendo. A taxa de desemprego no país subiu para 7,4% no período de dezembro do ano passado a fevereiro deste ano, foi o que informou o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

A taxa é preocupante e mostra que continua aumentando o número de desocupados, se compararmos os números com o resultado obtido no trimestre anterior, ou seja, setembro a novembro de 2014. Neste período, a taxa de desemprego cresceu 6,5% o que já era alta e agora é mais preocupante ainda.

E a pesquisa Pnad Contínua mostra que o desemprego no trimestre que vai de dezembro a fevereiro ficou acima até do índice registrado neste mesmo período no ano anterior – dezembro de 2014 a fevereiro de 2014 – que foi de 6,8%. O resultado de um aumento no desemprego de 7,4% é maior de toda a história, desde que se iniciou a contagem.

A Pnad Contínua é responsável por produzir conteúdo informativo sobre a atual inserção da população brasileira em relação ao mercado de trabalho, levando em consideração todas as características das regiões onde cada pessoa mora, assim como as características da educação e até do desenvolvimento sócio-econômico.




Para se chegar ao resultado, faz-se uma pesquisa através de uma amostra de domicílios, para que possa garantir um resultado que tenha uma representatividade que atenda aos mais variados níveis geográficos. A cada novo trimestre, mais de 211 mil domicílios são investigados, em mais de 16 mil setores que estão distribuídos em uma média de 3,5 mil cidades pelo país.

E esta mesma pesquisa que apontou o crescimento do desemprego também indicou um aumento no rendimento médio do brasileiro, que subiu 1,1% passando de R$ 1.793,00 referente ao trimestre de setembro a novembro de 2014 para R$ 1.817,00 para o trimestre seguinte. Se comparado com o mesmo período do ano anterior, o aumento foi de 0,7%, já sendo descontada a inflação.

O IBGE elabora a PME – Pesquisa Mensal do Emprego – para poder analisar o desemprego no Brasil, mas a PME está sendo substituída pela Pnad Contínua que é bem mais completa na aquisição dos dados para análise.

Por Russel

Nossos Cursos - Loja Online



Cursos de aprimoramento profissional Trabalhou.com.br. Visite nossa loja.



Post Comment