Bom salário é fator primordial para a escolha de um novo emprego




Uma pesquisa feita pela rede social LinkedIn aponta que quase metade dos brasileiros ainda visa melhores remunerações na procura de novos cargos e/ou trabalhos.

Você se preocupa muito com o salário quando vai trocar de emprego? Pois bem, uma pesquisa feita pelo LinkedIn com o nome de Tendências de Talentos 2015, aponta que a remuneração é o item que mais conta quando o trabalhador muda de emprego.

Na pesquisa, 49% do entrevistados do Brasil apontaram que o salário sempre é o fator primordial que os incitariam a mudar de emprego. Na segunda colocação, com 43%, ficou o desenvolvimento da carreira profissional. A terceira posição ficou com o avanço na carreira, com 41%.


Candidatos Passivos

Sçao aqueles que não de maneira ativa procurando emprego, mas que não teriam problemas em conversar com recrutadores para se ter mais detalhes sobre novas chances de trabalho. Na pesquisa, os candidatos passivos somaram 77%. Em termos globais, a média para esse tipo de candidato fica em 70%.

Negociação de Salário

Para os profissionais entrevistados no estudo, 60% deles apontaram que o próprio discernimento é o suficiente para a determinação do salário no momento da negociação do mesmo. Outros 40% apontam que o ajuste da remuneração tem como base o seu cargo anterior.

Sabia que o Brasil está na quarta colocação dos países de todo o mundo em que as pessoas utilizam as redes sociais para buscar um emprego. Essas pessoas somam 63%. Deste total, 59% utilizam sites de emprego da web para a procura.


O que as empresas recrutadoras buscam em seus candidatos?

Empresas grandes do mercado como é o caso da Catho e a Dasein, por exemplo, visam muitos aspectos em seus candidatos no momento em que fazem as entrevistas.

Entre algumas das qualidades estão a ética, visão estratégica, compatibilidade com os valores da empresa, comprometimento, engajamento, paixão pelo que faz, trabalhar bem em equipe, capacidade de se inovar, foco na missão que conta na empresa, orientação na busca de resultados, sempre atuar junto às necessidades da organização, inteligência emocional, empatia, entre tantos outros quesitos.

Sempre tenha foco e procure se atualizar nas coisas que estão em sua volta. 

Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *