Quem gosta de uma vida com aventuras, sem muita rotina e com certos prestígios, pode optar por ser Comissário de Voo.

Quem é que não se lembra da famosa aeromoça? Hoje esse termo – aeromoça – caiu em desuso. Primeiro porque não é exclusividade das mulheres e segundo, hoje readaptaram a nomenclatura por que um comissário tem funções muito mais importantes do que simplesmente servir o lanche durante o voo e assistir a tripulação.

Então, quais as funções de um comissário? São profissionais que têm como responsabilidade garantir um ambiente de tranquilidade, conforto e segurança para os passageiros, seja servindo um drinque de boas-vindas a bordo, administrando conflitos e comportamentos inconvenientes, ou zelando pela vida do passageiro, em caso de acidente. Na verdade funcionam muito mais como agentes de segurança a bordo e por isso estão preparados para qualquer emergência.

Por mais que seja fascinante, conhecer muitas cidades e países, ficando completamente fora de uma rotina de escritório e de uma jornada tradicional de trabalho, a profissão de comissário de bordo atrai muitos jovens. Mas é que você se engana pensando ser uma profissão simples, a rotina do trabalho é de extrema responsabilidade. O comissário não pode aparentar cansaço e o bom humor é imprescindível. Ele assegura a imagem da qualidade dos serviços das empresas, torna-se o cartão de apresentação dela.

Depois de saber o que realmente faz um comissário, agora deve estar se perguntando: Como faço para me tornar um? Que requisitos devo ter?

Para ser Comissário de Voo, em primeiro lugar a pessoa precisa ser muito atenciosa e simpática, boa aparência também é imprescindível.

Algumas características desejáveis:

– Autocontrole, boa aparência, boa saúde, capacidade de adaptação a novas situações, habilidade de comunicação, capacidade de decisão, habilidade de lidar com o público, ser desembaraçado, discreto, ter equilíbrio emocional, ter firmeza, gostar de servir, habilidade para mediar conflitos, iniciativa, paciência, senso de responsabilidade e simpatia.

Por Luciana Viturino


Com o atual crescimento da aviação comercial, torna-se cada vez maior o interesse das pessoas em seguir a carreira de Comissário de Voo.

Este profissional, além de possuir diversos atributos como simpatia, gentileza e etiqueta, é arduamente treinado em técnicas de segurança de voo, primeiros socorros, procedimentos de emergência e, havendo um pouso fora do esperado, está preparado para cuidar dos passageiros em ambientes hostis como selva, mar, gelo e deserto!

Para exercer suas funções, após ser aprovado no curso realizado em uma escola credenciada, o Comissário é testado pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e fica à disposição das empresas aéreas. Estas fazem o chamado “Processo Seletivo” tão aguardado pelos alunos recém-formados.

Oferecer segurança, conforto e bem estar aos passageiros, tendo a oportunidade de conhecer diversos lugares do Brasil e do mundo, recebendo consideravelmente bem por isso, é um sonho que tem se tornado cada vez mais real.

Dentre outros fatores, são requisitos essenciais para tornar-se um Comissário de Voo: saúde física e mental (atestada por médicos da Aeronáutica), ter 18 anos ou mais, ensino médio completo (ou superior), além de disposição, força de vontade, gosto por servir, paciência e muito bom humor.

Confira no vídeo um pouco mais sobre esta profissão:

Por Vanessa Barbosa





CONTINUE NAVEGANDO: