O Instituto Federal Sul Rio Grandense está com as inscrições abertas para o curso de Auxiliar Administrativo, que será oferecido pelo Pronatec com a oferta de 19 vagas com disponibilidade de horário somente no turno da tarde e a carga horária de 160 horas a ser cumprida.

Os candidatos precisam ter o seguinte perfil: idade entre 16 e 59 anos no ato da inscrição; ter concluído o 1º ano do Ensino Médio; pessoas com reincidência do seguro desemprego pela terceira vez em menos de dez anos, e por isso vêm encaminhadas pelo SINE, DRT ou Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), pessoas assistidas pela Bolsa-Família e encaminhadas pelo CRAS local, ou que seja aluno de escola pública a partir de 16 anos encaminhado pela Secretaria de Educação (SEDUC). 

O curso de Auxiliar Administrativo tem como objetivo formar assistentes na área administrativa para atuar em empresas, onde exercerão atividades práticas de controle de gestão financeira, organização de arquivo, revisão de documentos e outras atividades. E durante o curso, o aluno vai ter aulas de como se comportar no ambiente de trabalho, relações interpessoais, noções de atendimento, português, matemática e conhecimento especifico da área.

Com data de início para 9 de junho, o programa tem parceria com o município através do plano Municipal de Capacitação Profissional e Empresarial, o curso é totalmente gratuito. O local de inscrição é na Sala do Empreendedor, no Sine ou na Secretaria da Habitação e Desenvolvimento Social. Para qualquer outra informação, ligue para os números de telefone 3983-1030 ou 3983-1003.

O candidato tem direito apenas a uma vaga e deverá levar no ato da inscrição o cartão cidadão, carteira de identidade, CPF, comprovante de renda e de residência.

Por Jaqueline Mendes


Muitas pessoas estão perdendo a oportunidade de conseguir um bom emprego por não ter um curso de qualificação. E por imaginar que necessitam custear os estudos em uma instituição privada, muita gente deixa de estudar. Por isso que o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) oferece diversos cursos gratuitos por todo o Brasil.

Através das parcerias com o SENAI, SENAC, SENAR E SENAT os cursos são oferecidos em escolas públicas ou em instituições privadas de educação. E podem ser divididos em três modalidades: técnico para quem terminou o ensino médio, cuja duração mínima é de um ano; técnico para quem está matriculado no ensino médio, com duração mínima de um ano; ou a formação inicial e continuada para a qualificação profissional de trabalhadores, estudantes de ensino médio ou beneficiários de programas federais de transferência de renda, com duração mínima de dois meses.

Em cada município há vários cursos em oferta pelo Pronatec. São vários tipos de cursos como Técnico em Agenciamento de Viagem, Técnico em Agente Comunitário de Saúde, Técnico em Agricultura, Técnico em Agroecologia, Técnico em Agronegócio, Técnico em Alimentação Escolar, Técnico em Análises Químicas, Técnico em Apicultura, Técnico em Aquicultura, Técnico em Automação Industrial, Técnico em Biblioteca, Técnico em Biocombustíveis, Técnico em Biotecnologia, Técnico em Cafeicultura, Técnico em Calçados, Técnico em Carpintaria, Técnico em Açúcar e Álcool, Técnico em Administração, Técnico em Alimentos, Técnico em Análises Clínicas, Técnico em Radiologia e entre outras áreas.

Não deixem de acessar o portal através do site pronatec.mec.gov.br e saber mais sobre os cursos em sua cidade. Confira as datas de inscrição e realize o cadastro para garantir a sua vaga em um curso técnico gratuito.

Enfim, pelo Pronatec, o aluno estuda gratuitamente e ainda consegue uma grande oportunidade de conseguir um bom aperfeiçoamento profissional e aumentar as chances de conquistar um emprego melhor.

Por Jaqueline Mendes


Pessoas em busca de qualificação profissional têm uma boa oportunidade na cidade de Mauá, município da Grande São Paulo, próximo ao ABC. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino e Emprego (Pronatec) abriu 400 vagas em cursos profissionalizantes. Os inscritos terão aulas de diversas áreas gratuitamente.

As chances são para estudar sobre os setores de almoxarife, auxiliar administrativo, recepcionista, auxiliar de crédito e cobrança, promotor de vendas, auxiliar de faturamento, auxiliar de operações em logística e agente de inspeção de qualidade. As chances são destinadas a pessoas com baixa renda.

O projeto é uma iniciativa da Prefeitura Municipal em parceria com o SENAI e SENAC que darão as aulas. Os cursos têm carga horária de 160 a 180 horas, nos períodos diurno e vespertino, e a previsão de início das aulas é para a primeira quinzena de março. Os matriculados estudarão no CRAS Feital, Espaço Empreendedor e no SENAI.

Os interessados em participar das atividades, devem comparecer a sede da Secretaria de Trabalho e Renda de Mauá, situada na Rua Manoel Pedro Júnior, 45, na Vila Bocaina, das 9h às 17h.  

É necessário levar documentos pessoas, como CPF, carteira de identidade e comprovante de escolaridade e, também, o NIS da Família (Número de Inscrição Social). O período de matrícula será encerrado depois que as 400 vagas forem preenchidas. 

Por Paulo Talarico





CONTINUE NAVEGANDO: