Confira aqui as principais profissões que estão em alta no mercado neste ano de 2017.

Uma das palavras que mais ouvimos falar no Brasil atualmente é “crise”, entretanto, alguns setores seguem firmes e fortes, mesmo em meio à diversos obstáculos e também à instabilidade política do país. Vale lembrar que, além de toda essa situação, o mercado de trabalho está constantemente se modificando, fazendo com que seja sempre necessária a avaliação de novas oportunidades e atualizações de conhecimentos.

Existem algumas profissões que estão em alta no mercado, que parecem estar em plena ascensão. Especialista apuraram quais são elas, então, se você está procurando uma nova atividade ou pensando em estudar, dê uma olhada nas carreiras que são avaliadas como promissoras atualmente.

ESPECIALISTA EM GERONTOLONGIA

Estranhou o termo? Ele vem da palavra geriatria, portanto, trata-se do cuidado com idosos. A população nacional está avançando, tornando-se em maioria idosos, o que vai abrir muito campo para atuação de especialistas na área, em diversos sentidos.

ANALISTA DE BIG DATE

Esse profissional dá conta de toda a organização do volume de dados para serem utilizados em uma empresa. Imagine a quantidade de dados que circulam atualmente nas redes, esse é o tamanho da área de atuação desse profissional.

AGROECOLOGIA

Essa é uma área responsável por grande parte do PIB do país. Os profissionais que atuarem nela, juntarão sustentabilidade e vida no campo, explorando o vasto setor de agro nacional.

GESTOR DE PROJETOS EM TI

Com a área tecnológica cada vez mais ampla, escolher com objetivo em manter a segurança e melhor aproveitamento das informações e velocidade, reduzem tempo e otimizam processos, a fim de manter um grupo menor de colaboradores, mas com componentes altamente capazes e qualificados.

GESTOR DE GOVERNANÇA CORPORATIVA

Esse profissional auxilia na direção da empresa, monitorando resultados e mantendo a relação coesa entre gestores, investidores e stakeholders, com o objetivo de dar sustentabilidade ao negócio.

PROFISSIONAL DE TRADE MARKETING

Trabalho na estratégia de recuperação da empresa, visando alavancar negócios e vendas.

GESTÃO DE CONTROLADORIA

Esse profissional atua mais especificamente em momentos de crise, controlando e focando na redução de custos, acompanhando resultados, fornecendo superação de dificuldades e alcance de sucesso.

Carolina B.


Algumas atitudes trazem indícios que podem comprovar se é ou não necessário mudar para outra área.

Em alguns momentos da nossa vida começamos a questionar se escolhemos bem a nossa carreira profissional, não é verdade?

Se isso está acontecendo com você, e acaba se sentindo um pouco desanimado, saiba que aqui vamos listar 5 motivos para repensar sua carreira, dessa forma será possível ver alguns indícios que podem comprovar se é ou não necessário mudar para outra área.

1- Olhar para o relógio ansioso para o fim do seu expediente

Às vezes ficamos ansiosos para chegar em casa ou para sair do trabalho e ir para algum compromisso. Isso é natural. Mas se todos os dias você chega no seu trabalho pensando na hora em que vai embora, então isso deve ser analisado, pois isso pode ser o indício de não sentir prazer na sua função.

2- Você ainda não entende o porquê escolheu atuar nessa área

Se todos os dias você pensa o que está fazendo atuando nessa empresa ou nessa área, então com certeza não fez a escolha certa. As vezes as pessoas escolhem uma função devido a salário ou pressão da família.

Se esse é seu caso, indicamos que pense em uma nova área que vai se sentir feliz por trabalhar nela.

3- Se sentir muito cansado (a)

Quando entramos em uma rotina chata nos sentimos esgotados, e isso compromete e muito o nosso desempenho. Caso não aguente mais seu trabalho, seu chefe e suas funções, isso significa que está na hora de mudar.

4- Ficar triste no domingo

Pode parecer algo comum, mas se no domingo à noite você se sente triste porque precisa trabalhar no outro dia pode ser preocupante. É necessário entender que o trabalho é crucial e ele deve ajudar na sua satisfação e felicidade plena, em todos os momentos, inclusive na segunda-feira.

5- Mentir que seu trabalho é legal

Não minta para si mesmo falando que seu trabalho é legal ou importante para manter uma falsa motivação. Tudo isso tem que ser feito sinceramente, caso contrário, é preciso sim repensar em sua carreira.

A escolha da área que deseja trabalhar muitas vezes é feita logo após a conclusão do ensino médio, uma fase em que muitos jovens não conhecem seus dons e aptidões.

Caso não tenha escolhido sua carreira, e não queira correr o risco de pensar em tudo isso que descrevemos, indicamos que faça uma breve analise sobre o seu perfil ou procure ajuda profissional para a realização de um teste vocacional.

Por Yasmin Fernandes Robles


Estilo de vida cresce entre profissionais de tecnologia.

Já se imaginou fugindo da rotina para  um local exuberante e totalmente diferente da onde você mora e ao mesmo tempo conseguir trabalhar e se sustentar. Uma vida dos sonhos e que parecia algo distante da realidade se tornou possível graças aos avanços tecnológicos que permitem esquecer os espaços físicos e  os horários fixos e poder trabalhar em áreas ao ar livre, desde que tenha o acesso à internet!

Cada vez mais pessoas estão optando por este estilo de vida chamado de "Nomadismo Digital". Já se tornou hábito em alguns países no exterior, sendo os pioneiros no Brasil o casal Jaque Barbosa e Eme Viegas, que graças às escolhas do seu dia-a-dia conseguiram a liberdade geográfica e de horários que desejavam e assim ter mais tempo livre para gastar.

A maioria dos nômades digitais tem seus trabalhos relacionados à tecnologia. Mas independente da liberdade que este estilo de vida traz, não significa que as cobranças serão menores, sendo necessário atender a produtividade e evoluir na carreira onde quer que esteja. O maior mito à respeito desse estilo de vida é a afirmação de que é necessário "ser filhinho de papai" para aderir ao ramo, sendo que a grande verdade é que se precisa de segurança financeira e esforço próprio.

De acordo com os adeptos do nomadismo digital, o maior motivo para procurarem este modo de vida era porque eles conseguiam produzir cada vez mais e com melhor qualidade. De acordo os mesmos, a ferramenta principal para aderir ao nomadismo é ter um notebook e um bom pacote de internet para acessar os arquivos que ficam na nuvem. Realmente este projeto pode ser de sucesso, exemplo disso é o casal citado no início da matéria, que hoje é dono de três blogs e fatura em torno de três milhões de dólares ao ano.

As maiores características das empresas que tem funcionários nômades digitais é a adequação dos funcionários aos fusos-horário diferentes, a motivação e colaboração desejando uma performance acima da média entre seus funcionários.

Além disso, no início de qualquer projeto empresarial envolvendo o nomadismo digital é necessário um conjunto de esforços constantes e diários, para que o projeto consiga assumir um rumo e seguir tranquilamente, sendo que depois de algum tempo se consegue mais tempo para realizar outras tarefas.

E você! O que acha dessa idéia? Deixe sua opinião em nossos comentários.

Por Denisson Soares


Confira aqui as principais vantagens e desvantagens da carreira de Professor.

Ser professor não é fácil, mas é uma das profissões mais nobres do mundo. Aquela que forma todas as outras. Muitas pessoas sabem disso, mas poucas sabem reconhecer a real importância deste profissional para o futuro de toda uma nação.

Desde os tempos mais remotos se fazia importante ter professor. No príncipio somente as camadas mais altas da população que poderiam ser escolarizadas e isso foi mudando com o tempo. A Educação começou a ser oferecida para todos de todas as classes.

Aqui no Brasil, o que vemos é a desvalorização deste profissional. Além das péssimas condições de trabalho deste profissional, ainda tem a pior remuneração em relação a outros profissionais de nível superior.

Os cursos de licenciatura estão com números cada vez mais reduzidos de alunos, pois os estudantes buscam altos salários e reconhecimento profissional, o que ainda não acontece com professores.

Não é apenas em escolas públicas que isso acontece. Nos estabelecimentos particulares também tem essa desvalorização, essa falta de reconhecimento e respeito. Os professores são humilhados e agredidos por alunos, pais. etc. É uma classe que luta sozinha, sem o apoio de ninguém.

Apesar de todas as dificuldades, confesso que não trocaria por nenhuma outra profissão, Não há nada mais gratificante do que o sorriso meio tímido de um aluno quando escuta a leitura dramatizada de um texto, do que o despertar dele para o conhecimento, sua curiosidade, sua dedicação na realização das atividades. Tem aqueles que se apegam tanto que nos tornamos sua segunda mãe, dando broncas, conselhos e "pegando no pé".

É tão bom ensinar e aprender ao mesmo tempo, pois acreditem, também aprendemos quando ensinamos, como já dizia o saudoso Paulo Freire em seu livro "Pedagogia da autonomia".

Um professor, alguns anos atrás, comprou um celular com uma nova tecnologia, mas não era muito habilidoso. Como sempre fez, levou seu aparelho para a sala de aula, caso alguém ligasse. Num momento da aula, necessitava de algo no aparelho mas não sabia como, eis que é surpreendido por um aluno que não dominava muito sua disciplina mas sabia tudo sobre o celular e ensinou o professor a utilizar todos os aplicativos que tinham disponíveis em seu aparelho.

Algumas coisas só descobrimos com o passar dos anos, ou seja, com a maturidade. Um jovem que inicia na profissão de professor e não tem certeza do que realmente quer, corre risco de desistir no primeiro dia de aula ao se deparar com toda a indisciplina que permeia a sala de aula, com toda falta de infraestrutura de escolas públicas e algumas "particulares" também, com toda ausência da família no processo ensino-aprendizagem dos alunos, nas reuniões de pais, a falta de informação daquele aluno indisciplinado que muitas vezes pede socorro para o professor em relação a algo que está acontecendo e que não sabe como lidar pela falta de experiência.

Crianças e adolescentes são as melhores pessoas para nos relacionar. Não, eles não são inocentes, mas são verdadeiros e intensos em seus sentimentos.

Para ser professor é necessário cursar Licenciatura Plenas em alguma disciplina do currículo oficial: Letras para  ensinar Português e Inglês (ou Espanhol, confome uma lei assinada em 2011), Matemática para ensinar a mais temida matéria, a própria Matemática. Se você quer ser professor de ciências basta cursar Ciências Biológicas. Os cursos de Geografia, História, Educação Física e Artes tem o mesmo nome que a disciplina que te tornará apto para lecionar tais disciplinas. A maioria dos cursos de Licenciatura têm duração de 3 anos e hoje em dia pode até ser realizado na modalidade EAD, isto é, a distância, no conforto da sua casa, sendo necessários alguns encontros semanais ou mensais, dependendo da grade do curso e da Universidade escolhida.

Os preços também são mais acessíveis não só em relação a alguns cursos como também há alguns anos atrás. Além disso, o governo dispões de programas de incenivo ao Ensino Superior como Prouni e Fies. Algumas faculdades oferecem financiamento estudantil próprio e bolsas de estudos com diversas porcentagens de desconto.

É necessário acreditar na Educação para poder fazer parte dela e para poder fazer a diferença.

O país só poderá ser melhor com Educação, isso é sabido e se faz urgente. Se o Brasil tem como slogan federal "Pátria Educadora", é mais que urgente a valorização destes profissionais não só com salários dignos e condições decentes de trabalho, como dar a sua real importância, assumindo que através da Educação é que podemos mudar o futuro.

Parabéns aos guerreios, professores desse Brasil, país tão rico e tão carente de educação. Eu acredito que seremos surpeendidos com a valorização do magistéio e que isso não vai demorar muito.

Nilda Ribeiro do Nascimento


Confira aqui as carreiras que mais cresceram neste ano de 2016.

Há certa dificuldade de recolocação do profissional no mercado de trabalho devido a crise no Brasil, mas existem áreas que apresentaram alta na demanda de trabalhadores qualificados em nosso país.

Confira uma lista feita pela empresa de consultoria Page Personnel com os cargos que mais cresceram em demanda neste ano de 2016.

Analista de Processos: Salário em média fica em R$ 6 mil a R$ 8 mil. As empresas buscam uma forma para reduzir os seus custos e também para melhorar a utilização dos recursos financeiros. Com isso, abrem-se vagas para esses profissionais. O aumento das vagas para analista de processos foi de 20% e a maior parte da demanda são para empresas de médio e grande porte, além de consultorias.

Analista de Marketing Digital: Salário base na média de R$ 3.500 até R$ 7 mil. Esse foi o cargo que apresentou o maior aumento na procura. A demanda se apresenta maior em empresas de bens de consumo, tecnologia e do varejo. A necessidade é para o acompanhamento da mudança do perfil dos consumidores no Brasil. Os profissionais desta área vão trabalhar em áreas como controle, estratégia e operação de canais digitais.

Analista para Vendas Financeiras (Sales Finance): Salário base na média de R$ 4.500 até R$ 7 mil. O aumento foi em 15% para a busca nessa área. Ele vai trabalhar para acompanhar o resultado das vendas de uma empresa, além de observar as estratégias de preço, volume, a margem do lucro, resultados dos produtos e seus vendedores, descontos e rentabilidade. A maior parte da demanda é no comércio, bens de consumo e indústria.

Analista para Planejamento de Vendas: Salário base na média de R$ 4 mil até R$ 7.800. As empresas buscam a manutenção ou elevação das vendas e procuram esses profissionais. A demanda fica em maior parte para empresas de serviços, varejo e bens de consumo. A alta para as vagas destes profissionais em 2016 foi de 30%. O trabalho do analista de planejamento de vendas se faz para analisar os dados e melhorar os resultados em termos de vendas.

Área de Desenvolvedor Fullstack Front e Back End: Salário base na média de R$ 8 mil até R$ 12 mil. O aumento na procura de profissionais desta área foi de 30%. A pessoa atua frente a criação de sistemas front end e back end. Com eles, as empresas conseguem a garantia de uma produção de interfaces amigáveis para aplicativos e sites. As vagas aparecem em empresas de comércio eletrônico, startups e consultorias.

Analista de Planejamento Tributário: Salário base na média de R$ 5 mil até R$ 8 mil. Como a legislação tributária do Brasil é muito complexa, os analistas desta área sempre apresentam boas oportunidades no mercado em segmentos jurídicos e fiscal das organizações. A alta para a procura destes profissionais foi de 10%. A atuação se dá para a apuração dos cursos e perdas, abertura de novas unidades das companhias, formular preço dos produtos e serviços.


Confira aqui algumas dicas importantes para quem quer mudar de carreira profissional.

Está pensando em mudar a sua carreira no próximo ano? Então é preciso começar a se mexer e encarar as mudanças que devem ser feitas. Proatividade é fundamental para o sucesso, entre outros elementos como planejamento e organização. Desta forma, o profissional que deseja estar em outro nível precisa começar a fazer uma auto-avaliação para conhecer as suas habilidades, além de seus pontos fortes e fracos, que devem ser melhorados.

Além de definir metas a curto prazo, também é essencial estabelecer a longo prazo, visando uma margem de 05 anos, que pode ser considerada uma boa janela de tempo. Separe um tempo e com muita paciência elabore uma planilha do que você quer conquistar em 05 anos. Escreva os seus sonhos, marcos que devem ser superados, conquistas, entre outros. Mas as metas devem ser realistas e compatíveis com a sua realidade. Neste sentido, procure desenvolver as suas intenções de forma prática.

Você tem disciplina? Ela é fundamental para a carreira e para o seu sucesso. Ela é o ingrediente que vai fazer com que você cumpra a sua meta independente dos obstáculos que surgirem. Desta forma, procure dar o seu melhor e o foco é considerado um dos maiores segredos do sucesso. Assim, tudo o que você se propor a fazer, faça. Alcançar os seus objetivos pode dar trabalho e exigir muito esforço, mas pense no quanto vai valer a pena no futuro.

Não perca tempo com atividades que não tem utilidade para o seu futuro. Use o tempo a seu favor e no tempo livre busque fazer leitura para descansar a sua mente. Para alcançar outros resultados, é fundamental mudar os seus hábitos. Que tal começar a pensar no assunto e iniciar 2016 de uma maneira diferente? A mudança na sua carreira só depende do seu esforço, objetivo e vontade de vencer.

Que tal começar a fazer uma lista dos seus hábitos que devem ser mudados? Boa sorte e sucesso!

Por Babi


Algumas dicas são muito importantes para os jovens decidirem qual carreira profissional querem seguir.

Está em dúvida sobre qual carreira escolher? Seu problema pode ser resolvido agora, confira estas dicas abaixo que vão lhe ajudar na escolha da carreira certa!

E a primeira dica, claro, é procurar se informar ao máximo sobre as profissões pela qual você tem interesse, porque a melhor forma de não se arrepender futuramente é escolhendo a carreira ciente de quais serão os benefícios e também os desafios.

Toda carreira exige do profissional um empenho muito grande, principalmente no início da carreira, então não crie ilusões achando que uma carreira é mais fácil que outra. Evite ficar ouvindo a opinião de pessoas que, como você, possuem mais dúvidas do que certezas. Converse com profissionais das áreas pelas quais você se interessa, oriente-se através de bons livros, se puder vá a palestras sobre a carreira que está pensando em escolher, pois assim, quanto melhor informado você tiver, mais certa será a sua escolha em relação à carreira que irá seguir.

Outra dica muito importante é ter calma na escolha da carreira. Há quem descobre desde bem novo, qual carreira quer seguir, outros demoram mais tempo, então saiba respeitar o seu jeito de ser. Não adianta os pais ficarem pressionando se você ainda não tem 100% de certeza de que é aquela carreira que gostaria de seguir. E é muito pior seguir uma carreira agora só para ceder à pressão e se arrepender depois, do que esperar um pouco mais.

E este "esperar um pouco mais" não significa ficar de braços cruzados, significa seguir a primeira dica, que é ir atrás de informações sobre as carreiras pelas quais você demonstrou interesse.

Os testes vocacionais continuam sendo uma ajuda a mais para auxiliar as pessoas a se decidirem pela carreira que pretendem seguir, então procure um profissional que possa lhe orientar neste sentido e lhe aplicar um teste vocacional, se você perceber que está tendo muita dificuldade para se decidir.

E cuidado com os “conselhos” que mais atrapalham do que ajudam. Somente você deve escolher o seu futuro e este futuro começa agora, com a escolha de sua carreira.

Viu só, como é grande sua responsabilidade?

Então não se deixe influenciar. Escolha com calma, informe-se ao máximo, faça testes vocacionais e assim, quando tomar a decisão final, estará certo de que é esta carreira que realmente deseja seguir.

Por Russel


Sucesso profissional e pessoal depende do equilíbrio financeiro das pessoas.

O sucesso das pessoas está diretamente ligado ao seu equilíbrio financeiro. Não importa se você seja um grande executivo, uma diarista, um estudante ou uma dona de casa, se você quer ser uma pessoa de sucesso na vida pessoal e também na profissional, precisará ter equilíbrio financeiro.

A pessoa que tem equilíbrio financeiro não só consegue realizar seus sonhos de forma mais rápida, como também vive de forma mais tranquila, o que é de suma importância para obter o sucesso, pois é preciso dedicação para atingirmos nossas metas e vamos perder muito tempo com as finanças se esta área estiver em desequilíbrio.

Com as facilidades de acesso ao crediário, as pessoas estão se endividando cada vez mais e, com isso, estão levando para o fundo do poço sua chance de ter sucesso.

Hoje consumimos muito mais do que precisamos e quando uma pessoa começa a gastar demais em produtos e serviços supérfluos, vai criar um grande problema em sua vida, porque as contas chegam e precisam ser pagas. A pessoa vai ter que se sujeitar aos parcelamentos e vai se endividar ainda mais devido aos altos juros.

E com a vida tomada de contas para pagar e falta de dinheiro para quitar estes débitos, como ela terá a estrutura necessária para investir em seu sucesso profissional e também pessoal?

O desequilíbrio financeiro afeta diretamente a carreira de todo profissional, que não conseguirá realizar novos cursos de aprimoramento, não conseguirá fazer uma especialização e nem sequer comprar um novo equipamento, fazer um curso online de aperfeiçoamento, tudo porque o lado financeiro de sua vida se descontrolou.

E tem o fato de que todo profissional endividado acaba deixando cair seu desempenho, ele não terá tanta disposição no trabalho, a produtividade já não será a mesma de antes e as preocupações relacionadas à dívida vão tomar o seu tempo, assim, ao invés de ser um profissional de bom humor, produtivo, criativo, será mais fechado, preocupado e produzindo cada vez menos.

Busque o equilíbrio financeiro o quanto antes! Renegocie suas dúvidas, corte gastos, busque uma renda extra até conseguir quitar todos os seus débitos e mantenha-se distante do crédito fácil.

Faça um bom controle de todos os seus gastos e mantenha sua vida financeira equilibrada, pois assim terá tempo, disponibilidade e energia para investir no sucesso.

Por Russel


Algumas profissões e áreas específicas prometem alavancar nos próximos anos e requisitar mais profissionais qualificados.

Se a sua vontade é mudar sua área de atuação, ou se você ainda está decidindo qual carreira seguir, é muito importante que você saiba quais profissões estarão em alta para os próximos anos. Confira as principais profissões em alta até o ano de 2019:

Tradutor/Intérprete: área que mais deve crescer segundo pesquisas. Com um crescimento previsto de até 36% na quantidade de vagas, o setor deve ser uma excelente opção para quem domina alguma língua estrangeira.

Especialidades hospitalares: Todo o comércio hospitalar, desde serviços até atendimento aos pacientes terá uma previsão de crescimento de aproximadamente 29%, ocupando o segundo lugar dentre as profissões mais cotadas para os próximos anos.

Reformas residenciais: O mercado da construção civil sempre está em alta, pois reformas e pequenos ajustes em casa são sempre necessários. A previsão é de que esse setor cresça cerca de 26%, ocupando o terceiro lugar entre as mais cotadas profissões.

Atendimento domiciliar de saúde: Profissionais que atendem em domicílio são cada vez mais requisitados nos dias atuais, fazendo com que o setor apresente previsão de crescimento de 25% para os próximos anos.

Comércio de bebidas  alcoólicas: Se você é dono de um comércio que trabalha com bebidas alcoólicas o cenário dos próximos anos estará excelente para você. A previsão é de crescimento de 25% em sua área.

Comércio eletrônico: Com a facilidade da internet, compras sem sair de casa viraram uma febre mundial e o e-commerce torna-se cada vez mais comum em nossas vidas. A previsão é que esse setor cresça 23% até 2019.

Conservação do meio ambiente: Outra preocupação crescente em nossa atualidade garante crescimento de 22% nos próximos anos.

Consultoria social para aposentadoria: Com a reforma da previdência brasileira, alguns fatores podem não ser mais tão claros para os futuros beneficiários do INSS, e também há a possibilidade da opção por uma aposentadoria privada. É aí que o profissional de consultoria entra. Essa área crescerá cerca de 21% daqui para a frente dizem os especialistas.

A pesquisa levou em conta o cenário nos Estados Unidos. Porém com a globalização, a tendência é que mais países tenham um cenário parecido, incluindo o Brasil.

Por Patrícia Generoso


Pesquisa revela quais os trabalhos que mais engordam as pessoas. Estudo foi feito nos Estados Unidos e entrevistou 3 mil trabalhadores.

Atualmente é comum encontrarmos nas empresas cargos onde o trabalhador é exposto a um ambiente bastante estressante e competitivo. Com tanto estresse, é comum que estes profissionais com o tempo comecem a engordar e brigar com a balança. Mas você sabe quais carreiras onde os profissionais mais engordar? Se não sabe, saiba que foi isso que uma pesquisa realizada pelo site Career Builder tentou identificar. Em seu estudo, o site constatou que 70% dos profissionais que se dizem estressados estão acima do peso. Já 66% dos profissionais que se consideraram muito estressados também estavam acima do peso. Vale lembrar que esta pesquisa entrevistou cerca de 3 mil pessoas que trabalhavam em período integral nos Estados Unidos.

Segundo a pesquisa, diversos fatores contribuem para o ganho de peso do profissional, entre eles podemos citar: o maior consumo de comida (por conta do estresse) e o cansaço (pelas altas jornadas de trabalho). Entre os entrevistados, 37% disseram que comem mais por conta do estresse, já 43% disseram que ficam exaustos com a alta jornada de trabalho e por isso não se exercitam. Não bastasse isso, outro aspecto que influencia no ganho de peso dos trabalhadores é o fato da pessoa ficar muito tempo sentada durante o expediente de trabalho.

Já com relação às mulheres, este problema é ainda maior. Do total de entrevistadas na pesquisa, 46% disseram que engordaram. Já entre os homens este número é um pouco menor, de apenas 38%.

Confira agora quais são as carreiras que mais engordam:

  • Prestação de Serviços Corporativos: Os profissionais que trabalham nesta área são os mais propensos a ganhar uns quilinhos. Segundo a pesquisa, 51% dos profissionais entrevistados e que trabalham nesta área disseram que ganharam peso desde que assumiram seus cargos.
  • Profissões Ligadas a Tecnologia da Informação (TI): Esta e a segunda área que mais deixa as pessoas gordinhas. Segundo a pesquisa, 48% dos profissionais da área que foram entrevistados disseram que engordaram depois que começaram a trabalhar.
  • Serviços Financeiros: Esta é a terceira área que mais engorda os profissionais, sendo que 45% dos entrevistados disseram que engordaram desde que iniciaram a carreira.
  • Profissões na Área de Saúde: Cerca de 45% dos entrevistados que trabalham nesta área informaram que engordaram.
  • Vendas: Segundo a pesquisa, 41% dos trabalhadores desta área que foram entrevistados afirmaram que ganharam peso desde que iniciaram o trabalho nesta área.
  • Profissões Ligadas à Hotelaria e Lazer: Cerca de 39% profissionais desta área responderam na pesquisa que notaram um aumento na balança.
  • Cargos no Setor de Indústria (Manufatura): A pesquisa revelou que 39% dos entrevistados que trabalham nesta área perceberam o ganho de peso.
  • Funções na área de Varejo: 35% dos profissionais desta área afirmaram que engordaram desde seu último emprego.


Eventos sociais da empresa podem ajudar em nossa carreira. Confira aqui os principais motivos para comparecer no próximo encontro com os colegas de trabalho.

O fim do expediente de trabalho vem chegando e com ele sempre chega aquele convite para um Happy Hour. Este convite despretencioso e que muitas vezes acabamos recusando e deixando de lado, pode fazer com que tenhamos mais dificuldades em nossa caminhada profissional. Pode parecer um exagero, mas o fato é que um simples Happy Hour com os colegas de trabalho são muito mais importantes do que pensamos e devemos leva-los mais a sério. Isso porque estas reuniões fora do trabalho são uma ótima oportunidade de melhorar a nossa convivência com nossos colegas e até aumentar a nossa visibilidade dentro da empresa.

Saiba que nestes eventos sociais das empresas, como almoços, festinhas de aniversário e os populares Happy Hours, são os locais onde surgem mais oportunidades. É exatamente nestas reuniões que temos a oportunidade de conhecer um pouco melhor o colega de trabalho e até mesmo ser mais notado pelo nosso chefe. Apesar desta importância, vale lembrar que precisamos manter o equilíbrio e não podemos valorizar e nem desvalorizar demais estes eventos.

Se não frequentarmos estas reuniões, podemos acabar sendo esquecidos quando aparecer alguma oportunidade dentro ou até mesmo fora da empresa. Não bastasse isso, a não presença nestes eventos pode criar uma imagem meio anti-social da pessoa, onde os colegas podem começar a pensar que a pessoa não está disponível para eventos e que só procura os colegas quando precisa de algo.

Porém, também é preciso ter muito cuidado ao participar destes eventos, pois se o não comparecimento pode ser projudicial, o exagero dentro deles poder soar como algo bastante forçado e também "queimar o seu filme". Por isso, muito cuidado para não exagerar na bebida e também para não falar demais

Muitas pessoas tímidas tem dificuldades em participar destes eventos entre colegas. Nestes casos, o recomendado é ir participando aos poucos. Vale lembrar que você não precisa ser a pessoa mais extrovertida e falante do evento, mas só de estar lá aos poucos você vai conquistando o seu espaço e se sentindo melhor junto aos seus colegas.

Se você ainda duvida da importância de sua participação nos eventos sociais da empresa, confira abaixo alguns motivos para você participar da próxima:

  • Quem Aparece é Lembrado: Quem participa destes eventos aumenta bastante a chance de ser lembrado na hora de uma promoção. Lembre-se de que se você não é visto, dificilmente será lembrado por alguém.
  • Oportunidades Surgem: Apesar de ser um momento de descontração, nada impede de que nestes momentos acabe surgindo alguma conversa de trabalho. E neste bate papo informal, muitas vezes podem surgir ideias, projetos e oportunidades.
  • Conhecimentos são Adquiridos: Nas conversas destes eventos sociais, sempre há oportunidades de aprender algo novo. Isso porque em meio ao bate papo, sempre tem alguém com uma boa informação para compartilhar, seja sobre um novo curso, filme ou até mesmo algum acontecimento ou reportagem interessante que mereça ser compartilhada.
  • Laços ficam Estreitos: A participação de eventos sociais proporciona que se possa estreitar as amizades com o pessoal do trabalho. É nestes momentos que podemos conhecer e mostrar o nosso lado fora do trabalho, que muitas vezes é bem diferente da postura adotada dentro da empresa.
  • Trabalho Rende Mais: Pode parecer que não, mas nestes eventos sociais da empresa sempre pode-se aprender algo que nos facilite a vida no trabalho. Além disso, também é possível conhecer colegas de outro setor que também podem auxilia-lo dentro da empresa.


Veja algumas dicas de como ter crescimento profissional em empresas desse porte

A princípio, a necessidade de um emprego geralmente vem quando temos despesas ou queremos consumir algo que o nosso salário atual não cobre ou, quando não temos salário nenhum para consumir ou se manter. Acontece que passamos a maior parte de nossas vidas, ou de nossos dias, trabalhando o que logo gera um nova necessidade nas pessoas.

Para alguns, o crescimento profissional dentro da empresa é muito importante, a mudança de setores, de cargos, de pessoas que trabalham junto, até mesmo a mudança de localização da instituição em que trabalha faz diferença.

Ampliando ainda mais o "leque" relacionado ao tipo de satisffação dentro da empresa, é possível contar com o tratamento entre os funcionários de diferentes tipos hierárquicos, mesmo quando a empresa é da familia. Veremos a a seguir os benefícios de trabalhar em pequenas e médias empresas.

Empresas de pequeno porte muitas vezes não apresentam uma grande variedade de benefícios, ou salários muitos atraentes. Em contrapartida, pode proporcionar um maior desenvolvimento do profissional e até mesmo um certo nível de estabilidade e confiança.

Neste tipo de organização, os colaboradores tendem a participar de maneira mais ativa nos processos de produção e tomadas de decisões, com possibilidades de contribuir de diversas maneiras. Estes fatores implicam em transformar ou explorar a criatividade do profissional em trabalhar com produtos escassos, promover ações para um destaque da instituição no mercado que pode trazer um retorno gratificante, alimentando a satisfação do mesmo.

Quando é disponibilizado uma oportunidade melhor dentro da organização, é mais fácil se promover neste ambiente.

Já as empresas de médio porte, tendem a ser um ambiente mais concorrido. Apresentam melhores remunerações e até mesmo benefícios, porém, ter experiência em uma organização de médio porte ou em desenvolvimento no currículo, pode valorizar a carreira do profissional.

Estas, dependem também do trabalho do colaborador de maneira confiante, gerando uma estabilidade diferente em que o mesmo possa crescer junto a empresa. O ambiente também favorece menos burocracia e maior autonomia, além de investir mais na capacitação de seus funcionários.

Todas elas apresentam grande desafios dos quais dependem do esforço da própria pessoa. No Brasil, apesar do momento de crise em que enfrentamos, apresenta-se como um ambiente muito favorável para o crescimento econômico.

Em comparação aos últimos anos, estas pequenas e médias organizações mostram-se mais resistentes aos momentos de crise, superando as datas comerciais e os motivadores externos.

Por Bruna Domingos dos Santos


Mesmo depois de muitos anos de estudo e dedicação à sua carreia, chega uma hora que você começa a ter dúvidas sobre a sua carreira profissional. Nessa hora, veja o que você pode fazer:

– Análise de sua carreira:

Em geral, nossas principais decisões a serem tomadas nascem de uma análise de fatores internos, ou seja, ver o que está nos afetando e afetando nossa carreira no momento. Porém, nunca vire as costas para a sua verdadeira vocação nessa hora, pois é ela que dirá o que fazer.

– Decida a empresa certa:

A decisão sobre qual empresa trabalhar continua sendo um dos fatores da análise de sua própria carreira. Portanto, se você não está satisfeito com a empresa que está trabalhando no momento, procure uma outra oportunidade em uma empresa diferente e que esteja alinhada aos seus valores.

– Emprego ou negócio próprio:

Se está difícil se estabelecer em uma empresa, então, veja a possibilidade de abrir um negócio próprio dentro da sua área. Existem muitos profissionais que estruturam suas carreiras em um negócio próprio depois de trabalhar anos e anos em empresas. Preferem crescer financeiramente do que buscar o sucesso por meio da experiência.

– Avalie sua posição no mercado:

Muitas vezes as pessoas ficam frustradas pelo simples fato de não posicionarem suas carreiras da melhor forma no mercado de trabalho, que nada mais é do que se adequarem a uma área específica de atuação. Por isso, se você sempre se identificou com uma área de sua carreira, não hesite em segui-la, mesmo que para isso, você tenha que abrir mão da experiência que adquiriu. O que vale é a sua coragem.

Portanto, vale sempre lembrar que, não basta fazer somente o que você gosta, é preciso sempre buscar traçar uma meta, ou uma estratégia objetiva e lutar o suficiente para você atingir o que deseja em sua carreira profissional. Nessa hora vale tudo, só não vale deixar de cumprir sua missão.

Por Daniela Almeida da Silva


Ter o desejo de obter uma vida profissional melhor é fácil, o que é difícil é o fato de organizar suas atitudes com o objetivo de alcançar as metas propostas. Se você criar um plano de carreira, certamente sua vida profissional terá rumos concretos e mais fáceis de serem alcançados.  

Os profissionais atuais muitas vezes ficam insatisfeitos com seu emprego. Infelizmente esse tipo de profissional é a maioria no mercado de trabalho. Mas poucos se dão conta que é necessário parar e refletir sobre seus objetivos e metas. Após fazerem isso também é necessário estabelecerem um plano de carreira arrojado, mas realista. Se você faz parte dos profissionais que desejam mudança em suas carreiras, as cinco dicas abaixo certamente o ajudarão a planejar sua vida profissional:

1. Pense em quem você quer ser e onde quer estar:

Isso é algo que muitas vezes pode ser difícil de definir. Mas se você tentar, conseguirá. Saber quem você é, quais são as suas habilidades, suas virtudes, seus pontos fracos e qual a posição que almeja alcançar, são determinantes no planejamento correto de qualquer carreira profissional.  

2. Faça algo agora pelo seu futuro:

Este é um dos pontos primordiais para alcançar sucesso na carreira. Tão importante quanto saber onde você quer estar, é ter em mente o que você já está fazendo para alcançar suas metas. De nada adianta traçar suas metas se você não fizer nada para alcançá-las. Comece já há adquirir conhecimento, expandir habilidades, fazer contatos, e trabalhar duro para atingir seus objetivos.  

3. Invista em sua carreira:

Investir não está relacionado apenas ao dinheiro, mas também em esforços e habilidades de um modo geral. Você pode adquirir experiência por ter uma relação mais achegada com um profissional que já conseguiu as metas que você pretende. Também poderá participar de palestras ou cursos online, em muitos casos gratuitos. Se você se dedicar com certeza fará ótimos investimentos em sua carreira, mesmo sem muitos recursos financeiros.

4. Esteja atento às oportunidades:

As oportunidades estão presentes em todos os anos. Em 2015 não será diferente. Esteja atento a elas. Pergunte-se: Você tem a chance de trabalhar e estudar ao mesmo tempo? Existe alguma possibilidade de você começar a trabalhar em uma empresa que deseja?  

5. Estabeleça as atitudes que devem ser tomadas:

Depois de avaliar todas as consequências das ações (prós e contras), é necessário agir. Não adianta saber o que deve ser feito e deixar para fazê-lo depois, mais tarde. Anote as atitudes que você terá de realizar. Assim não se esquecerá delas e poderá revisá-las sempre que ajustes forem feitos em sua carreira.

Por William Nascimento


Uma rápida pesquisa nas portas dos cursinhos de todo país nos dá uma dimensão das profissões que a maioria dos jovens deseja seguir: as tradicionais Medicina, Direito e Engenharia.

Publicidade e Propaganda, Odontologia, Fisioterapia e Jornalismo. De tudo você escuta. Todas as áreas são citadas, até que timidamente uma voz diz: Professor. Todos olham para aquele jovem de óculos, barba por fazer e cabelos desgrenhados – eu quero ser Professor de História, ele diz. Um engraçadinho lá mais afastado diz: Nem precisa de cursinho para isso não, nem deve ter concorrente! E o engraçadinho não está tão errado assim. Não que não exista concorrentes, mas são poucos. E as notas necessárias em um vestibular para ingressar nessas áreas geralmente são muito mais baixas que carreiras tradicionais, como Medicina. Isso já nos dá uma noção de como o Professor é encarado desde o início de sua carreira.

Depois de formado, o sucesso de sua carreira vai depender um pouco do estado que ele esteja. Caso ele esteja em São Paulo, logo depois de formados os jovens professores não têm muita dificuldade em arrumar uma escola pública para iniciar a vida profissional.

Muitas escolas têm poucos professores concursados, onde muitos estão afastados, licenciados, aposentados e em outras situações. Os jovens professores iniciam a carreira como professores contratados, onde o salário, nessa modalidade gira em torno de R$ 1.500,00. Um professor concursado que consiga o número máximo de aulas disponíveis, que não falte e que produza resultados em sala de aula, pode ganhar mais de R$ 4.000,00. Em escolas particulares, geralmente os contratos são fechados com valores baseados em hora-aula. O valor dessas horas varia de acordo com a escola e com o currículo do professor. Um professor com pouca especialização tem uma remuneração média de R$ 25,00 / por hora-aula. Esse valor passa de R$ 70,00 / hora-aula caso ele tenha pós-graduação e lecione em faculdades.

Para o sucesso na profissão a dica é continuar se qualificando e claro, gostar da profissão.

Por Luciana Viturino


Os vendedores têm na alma a fé inabalável que eles precisam para enfrentar todos os dias de suas vendas. Todo dia de manhã eles acordam cedo, pegam suas pastas de trabalho, assumem a responsabilidade de conseguir o melhor que eles mesmos podem conseguir e saem à luta. É de noite ou de dia, de segunda a domingo, às vezes com folgas alternadas e que lhes tiram o prazer de um descanso de fim de semana. Mas não, eles não desistem. Não têm que desistir. E é por isso que o vendedor ocupa um dos cargos mais estressantes do mercado, mas, além disso, ele tem lá suas vantagens: têm possibilidades de aumentar seus ganhos com as comissões, subir de cargo, se automotivar e motivar outras pessoas, entre outras.

Um grande vendedor, mesmo estando nas dificuldades e no seu pior momento, sabe encontrar argumentos para começar de novo o dia e dar a volta por cima, pois eles precisam ser dotados de ideias novas e inovadoras, porque a todo momento estão sendo cobrados. Vender é uma palavra muito preciosa para as empresas, e é por isso que muitas delas buscam sempre os melhores e mais motivados vendedores, pois almejam colocar seus produtos no mercado da melhor forma possível. O mesmo acontece com profissionais liberais. Estão sempre buscando uma maneira de progredir, e para isso, sempre inovam, seja com ele mesmo ou com algum produto.

Às vezes, a oferta e a concorrência é tanta que não basta ser um bom vendedor ou um bom empresário, é preciso colocar suas habilidades pessoais para vencer o mercado. Portanto, não basta vender somente o produto, é preciso vender ideias, e um vendedor de sucesso sabe disso, pois ele é capaz de transmitir conceitos e informações que transcendem a experiência dos clientes em relação ao produto que ele está vendendo. E assim, garantem um caminho para o seu sucesso e felicidade.

Por Daniela Almeida da Silva


Juiz de Direito é investido de poderes para que de maneira imparcial consiga solucionar litígio entre partes que entraram em um conflito, buscando essa resposta de maneira célere e eficaz. Apesar desse ser um dos poderes o Juiz não tem a intenção de tirar o direito de uma das partes, mas apenas assegurar que acima de tudo o direito será preservado. Aqui o que interessa é a preservação do direito e é a esse profissional que é incumbido tal dever. Mas para chegar a esse cargo requer muito estudo, conhecimento aprofundado da lei, ter uma visão social apurada e entender o que se passa na comunidade em que vai atuar.

E para isso, primeiramente, ele tem que cursar Direito que tem duração de 5 anos, e prestar o exame da ordem que garantirá os três anos de atividade jurídica e somente depois disso ele estará habilitado realizar concurso para carreira de Juiz. Aprovado no exame, automaticamente sofrerá incompatibilidade com a profissão antes exercida, no caso da advocacia e consequentemente deixando de atuar como advogado e apenas atuando como Juiz.

O Juiz trabalha sozinho quando se trata de Juiz de 1º Instância e em Colegiados. O Juiz tem atividades essências que são a de aplicar sentença, despacho, decisões interlocutórias. É de extrema importância para o andamento de processos e para desafogar o judiciário a figura desse magistrado.

Porém, o mercado de trabalho é por meio de concursos públicos então tem que haver uma preparação para exercer essa função, dedicando horas de estudos e cursos de especialização, investindo na carreira para atingir o posto. Os salários são altos podendo chegar a casa de R$ 20 mil por mês e as áreas de atuação são diversas, sendo cível, penal, trabalhista.

Com esforço tudo é alcançado, pois ser Juiz é muito mais que aplicar a lei em si, mas é prezar pelo bem social em primeiro lugar.

Por Luciana Viturino


A verdade é uma só: quando você pensa em um curso para fazer você busca a satisfação pessoal e também a profissional, e é claro que tenha uma remuneração correspondente merecida por anos de estudo e dedicação, afinal isso seria o mais normal, não é? Será que escolhemos a carreira certa? E se você fez apenas pensando no dinheiro que poderia receber? Tantas dúvidas existentes, mas para a nossa realidade tem sim algumas profissões que por uma série de fatores tornam-se indispensáveis, também conta a carência de profissional no mercado de trabalho. Por essa razão, é bom ter conhecimento amplo sobre essas profissões.

Antes de se preocupar com a questão se está ou não na carreira certa, o profissional tem que sempre querer alcançar lugares mais altos, com isso nunca deixar de investir em especializações, palestras, para que o conhecimento se enriqueça, pois somente assim será notado. Estudos comprovam que quando mais investimos em estudos maiores são as chances de alcançar o sucesso, maiores são as oportunidades de empregos e com isso não será questão de preocupação a nossa remuneração.

Merece destaque as profissões cujos interessados atuem em Medicina, Administração, Direito, Ciências Econômicas e Contábeis, Engenharia (todas) com o curso de mestrado e doutorado e a lista segue com Medicina, outras Engenharias, Engenharia Mecânica, Engenharia Civil (sendo necessário possuir somente graduação para ter salários altos) e os demais cursos com titulo de mestrado e doutorado.

Mas temos que entrar em concordância se você não se encaixar, não tiver afinidade, do que adianta investir nessas profissões? Pois antecipo que não adianta muita coisa, um profissional bem sucedido é um profissional que vai trabalhar feliz e saber que sua escolha foi a melhor executando de maneira eficiente e contribuindo tanto para o seu sucesso quanto para empresa que ele representa. Ser realizado é saber que suas escolhas te levaram para lugar que você imaginou chegar.

Por Luciana Viturino


Você já se imaginou sendo um Farmacêutico? Essa é uma profissão muito interessante e que ajuda a população que se encontra com problemas de saúde. Você pode trabalhar em uma farmácia ou até mesmo em laboratórios com a produção de medicamentos e cosméticos. Contudo, não para aí, pois você também pode atuar na conservação de alimentos, comuns ou dietéticos, os quais têm sido ocupados por Bioquímicos e Farmacêuticos Bioquímicos.

Entre as principais disciplinas do curso podemos destacar a Química, a Biologia e o ramo de pesquisa. Além disso, o futuro farmacêutico precisa ter uma ótima capacidade de observação, atenção aos detalhes, conseguir se concentrar, ser dedicado, acuidade olfativa e visual, disciplina, curiosidade, método, habilidade manual e numérica.  Tudo isso fará com que você consiga aprender o que contém dentro de cada fórmula farmacêutica e se tornar um excelente profissional.

Se você também quer ser um profissional reconhecido e que é destaque no ramo, então você tem que gostar muito de ler e ter conhecimentos em inglês. Há revistas atualizadas no ramo e isso fará toda a diferença. As principais notícias do ramo são: medicamentos, diagnóstico clínico, aspectos sociológicos, econômicos e culturais do consumo e da produção de medicamentos. Há, contudo, a área de pesquisa a qual está em crescente demanda nos últimos meses e um ramo que promete ser bastante promissor é quanto aos medicamentos fitoterápicos e estudos químicos de ervas, pois é comprovado cientificamente que os remédios naturais são mais saudáveis e na grande maioria não deixa o paciente se tornar um dependente do remédio.

O ramo privado oferece ótimas vagas e está em alta para aqueles que almejam trabalhar em indústrias farmacêuticas e de cosméticos. As principais especialidades que um farmacêutico pode seguir são: alimentos, análises clínicas, análises toxicológicas, farmácia industrial, medicamentos, vigilância sanitária ou a farmácia com a distribuição de remédios. Por isso, não se preocupe, haja vista que a área é bem vasta e oferece vários ramos para se especializar. 

Por Luciana Viturino


O curso de Master of Business Administration (MBA) é conhecido como uma pós-graduação latu sensu e tem o objetivo de dar ao profissional uma maior visão acadêmica para uma prática mais detalhada do mercado de trabalho. É comum diversas instituições de ensino oferecerem esse tipo de curso de especialização no país, pois antigamente ele era restrito apenas às grandes universidades do exterior.

Como aqui no Brasil ainda não existem critérios de avaliações para esse tipo de especialização, é necessário tomar algumas precauções antes de escolher um curso de MBA.

Por não haver fiscalização do MEC, alguns cursos de MBAs se tornam muito discretos, comprometendo sua qualidade, e isso varia de escola para escola. Existem escolas de negócios tanto boas quanto ruins no nosso país, assim como na Europa e nos Estados Unidos. Mas no Brasil a situação se popularizou por uma questão de marketing. As empresas começaram a usar o termo de forma indiscriminada para cursos parecidos e sem nenhum critério de ser considerado um MBA.

Cursar um MBA pode ser importante, pois ajuda o profissional a construir os rumos de sua carreira e sua visão de empreendimento. E dependendo do curso e da área, isso pode ter um impacto muito positivo e significativo. As empresas sabem que uma boa formação profissional é fundamental para garantir um bom espaço no mercado de trabalho. Logo, um curso de MBA ajuda muito, pois sua dinâmica é baseada em estudos de casos que são considerados reais, dando ao profissional uma abordagem mais prática para tornar o conhecimento adquirido aplicável.

Infelizmente,  muitas especializações aqui no Brasil não são tão valorizadas, por isso é necessário ter muito cuidado na hora de escolher um curso e prestar atenção na sua qualidade. Não é à toa que muitos brasileiros estão indo estudar MBA fora do país, em escolas de negócios  de grande visibilidade.

Um MBA faz muita diferença no dia a dia de uma carreira, além disso, fazer cursos de especialização de alto nível facilita na hora de fazer contatos profissionais e de criar um network de grande valor. No contexto social em que vivemos,  isso é muito relevante, por isso, esse assunto deve ser levado em consideração.

Por Daniela Almeida da Silva


É crescente a quantidade de jovens que terminam o ensino médio e não sabem qual a carreira irão seguir. Desta forma, vamos dar algumas dicas neste artigo a respeito de como escolher a profissão certa e não se frustrar lá na frente com uma área que não se tem vocação.

O primeiro passo é escolher uma carreira e tomar conhecimento da rotina e os desafios da carreira pretendida na qual o estudante se identifique. Diante disso, ele precisa saber se a profissão desperta a curiosidade e a vontade de aprender continuamente. Verificar se ele possui essas aptidões pode ser um fator positivo a respeito de quais ele poderá ter mais facilidade e prazer. Desta forma, ele precisa buscar o máximo de informações sobre todas as profissões que tem interesse como condições de trabalho, possibilidades de crescimento e os salários que o mercado paga atualmente.

Em seguida o estudante precisa de uma autoanálise e identificar quais as disciplinas mais atraem sua atenção e quais habilidades ele já possui, bem como as que ele se destaca na percepção de outras pessoas. Saber quais as matérias o motivam a pesquisar, conhecer e se atualizar. Contudo, quanto mais informações o indivíduo possuir a respeito dessas características, mais fácil será o processo de identificação do caminho profissional a ser seguido e até mesmo como projetar o futuro profissional para um plano de carreira.

Por fim, ter a percepção da área e se realmente possui vocação para tanto é o principal fator. Uma conversa com alunos e professores da instituição que deseja cursar é um excelente passo, bem como assistir palestras e realizar um estágio para testar os conhecimentos e apurar a aptidão para a área escolhida. Contudo, se ainda houver dúvidas tente fazer visitas a empresas do setor e verificar se existem seminários e ensinamentos a respeito da trajetória profissional de sucesso de grandes nomes. 

Por Luciana Viturino


Atualmente o mercado de trabalho está com diversas oportunidades que nos deixam confusos em relação à escolha de uma nova carreira profissional, principalmente os jovens que estão iniciando agora.

A busca incessante por uma estabilidade e as competições do dia a dia fazem com que normalmente as pessoas tentem o lado mais fácil da moeda. Veja algumas dicas funcionais para você que está neste meio:

Primeiramente não vá em busca da disponibilidade financeira logo que você não possui experiência e capacitação suficientemente para isso. Prefira primeiro as vagas que oferecem oportunidades de crescimento profissional em uma carreira promissora, dessa forma, sua estabilidade financeira futura estará mais garantida.

Se você terminou o ensino médio agora, invista em seu treinamento para o futuro com cursos de capacitação profissional ou técnico para que as portas do mercado de trabalho se abram com mais facilidade. Se você não tem certeza de qual faculdade deseja cursar então invista primeiro em um curso, e deixe a faculdade para quando você apenas tiver certeza.

Faça um currículo com todas as informações necessárias, e se você for convocado para uma entrevista seja o mais sincero possível, pois você está sendo avaliado o tempo todo.

Se você for contratado, muito cuidado com seu comportamento na empresa, pois o seu crescimento vai depender muito da sua postura.

Quando você estiver trabalhando na empresa procure desmontar totalmente seu interesse pelas tarefas, pois através do seu esforço contínuo você poderá atingir grandes metas e até ganhar uma promoção, se for o caso.

Valorize muito a ética e o respeito pelo próximo. Faça amizades na empresa, mas nunca se esqueça de separar o pessoal do profissional.

Enfim, a responsabilidade está em suas mãos, mas isso não quer dizer que você tem que fazer todas as coisas sozinho. Faça pesquisa sobre aquilo que mais te interessa, converse com pessoas interessantes, estabeleça prioridades na sua vida, para que assim você consiga se sentir mais confortável para chegar aonde você quer.

Por Daniela Almeida da Silva


Seguir carreira é uma maratona. Ambas significam a mesma coisa: enfrentar subidas, descidas, tempestades, vento frio, paisagens bonitas e trilhas de concreto puro para atravessar. No início, tudo fica misturado no pelotão de largada. Fica difícil saber quem somos e para onde vamos. Conforme as distâncias são percorridas, alguns vão desistindo e outros mudam de rumo, sem falar nas concorrências desleais que tentam mudar o seu percurso. Do meio para o final do caminho, vão ficando os melhores. Essa corrida pelo pódio corporativo parece mais uma corrida de espermatozóides para fecundar um óvulo. A diferença é que na cadeia de CEO só cabe um. 

Tem pessoas que entram no mercado de trabalho pensando que vão correr numa prova de 100 metros. Começam no emprego se matando de tanto trabalhar e alguns meses depois desanimam e são tomados pela desmotivação. Esses se tornam carregados de pessimismo, os joios de plantão. Quem só fica pensando na próxima promoção tem tendência a se frustrar mais rápido.

Mas há aqueles também que, mesmo estando sonhando com o sucesso, divertem-se trabalhando: todas as manhãs encaram as tarefas do dia de forma animada e, na hora do jantar, falam com muito orgulho as coisas que aprendem e os desafios que vencem. Uma coisa essas pessoas não costumam relatar: mesmo que fossem milionárias e não precisassem do dinheiro, gostariam de ir para o escritório, o consultório,  ou no meio do pasto (seja lá onde trabalham no momento) todos os dias.

Gostar do que fazemos e fazer com prazer e alegria são requisitos fundamentais para ter uma carreira sustentável e de sucesso, pois isso vai fazer ela vai durar por muito tempo, de qualquer forma.

Por Daniela Almeida da Silva


Conseguir um novo emprego nos dias de hoje não é tão difícil. Porém, o que a grande parte das empresas procura e nem sempre encontra é qualificação. No Brasil é comum, vermos milhares de desempregados que não possuem qualificação. Em muitos casos, o próprio governo fornece cursos gratuitos para aprimoramento. Se você não tem condições de investir em algum curso profissionalizante particular, procure um desses e não perca tempo. Esse é o primeiro passo para alcançar um bom emprego.

Ao ser chamado para algum tipo de entrevista, muitos candidatos começam a ficar ansiosos e com um pouco de receio sobre o que a empresa vai achar dele(a), se vão conseguir atender as expectativas que lhe foram propostas, entre inúmeras outras perguntas que surgem nesse período.

Entretanto, para conseguir ser aprovado em uma entrevista é importante que você vá com uma vestimenta de acordo com o ambiente. Se não sabe o que vestir, opte por um estilo mais social, haja vista que a aparência conta muito e o primeiro contato é o que fica.

Durante o tempo em que estiver desempregado, busque cursos de idiomas, informática ou outros ligados a sua área. Saiba que toda empresa valoriza muito o candidato que utilizou o tempo livre para se qualificar.

Continue a manter contatos com pessoas e colegas de sua área, uma vez que a maioria dos empregos nós conseguimos através de conversas e sempre existe alguém que possa nos indicar para alguma vaga.

Mantenha-se informado sobre tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Se for preciso, estude um pouco de conhecimentos gerais e atualidades. Isso pode ser perguntado a você durante o processo seletivo.

Lembre-se de jamais chegar atrasado ao primeiro dia e procure conhecer a empresa antes do dia da entrevista. Se possível, acesse o site dela e obtenha informações. E no grande dia, mantenha-se calmo e tranqüilo, e responda de forma clara tudo o que lhe for perguntado. 


Muitos profissionais em diversas áreas de atuação às vezes se deparam com uma carreira estacionada e sem motivação para atingir objetivos maiores. A primeira atitude neste caso, seria responder a algumas perguntas básicas que, de acordo com Ricardo de Almeida Prado Xavier, autor do livro Competência para o Sucesso, trazem a solução para ajudar a resolver o conflito.

Tem lido bons livros? Tem feito cursos? Tem participado de encontros da área? Comparativamente com seus pares, sua formação é boa?” Responder honestamente a estas perguntas, segundo o autor, ajuda a atacar as causas mais prováveis de uma vida profissional estacionada e a planejar uma forma de conquistar os objetivos.

Por Flavia Rios


Segundo Mário Cavaleiro Fernandes Garrote – diretor da Escola de Engenharia Mauá – as profissões que estão ligadas a Engenharia Civil e Medicina estão em alta e quem estiver qualificado terá emprego garantido. Este crescimento se deve não só aos Programas de Aceleração do Crescimento, mas também aos dois grandes eventos que ocorrerão no Brasil: a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Uma pesquisa da Manpower, em 35 países, reconheceu que a construção civil será o setor que mais empregará pessoas este ano.

Paralelamente à esse crescimento, também haverá o aumento na procura por profissionais que trabalhem como médico do trabalho. Segundo Márcia Bandini – diretora de divulgação da Associação Nacional de Medicina do Trabalho – a Medicina do Trabalho estuda o meio ambiente do trabalho e existe em todas as áreas. Márcia afirma ainda que esta carreira está bastante valorizada e que sua remuneração está 40% acima de um clínico geral.

Por Rafael TOTP


O número de cursos e escolas de artes cênicas é grande, principalmente nas capitais da região sudeste, onde o eixo Rio – São Paulo movimenta a maior quantia do mercado cultural brasileiro.

Quem deseja estudar para se manter na área conta tanto com cursos de graduação nas instituições de ensino superior (onde é possível inclusive adquirir diploma de licenciatura, que habilita a dar aulas) quanto com escolas que oferecem cursos de curta duração.

É possível se especializar em diversas atividades da área: cenografia, iluminação, sonoplastia, trilha sonora, figurino, produção, dublagem, dramaturgia, direção, coreografia e produção.

Quem trabalha na área precisa estar constantemente em busca de aperfeiçoamento técnico e teórico. Para saber mais sobre as artes cênicas uma opção é o site: www.teatrochik.terra.com.br.

Por Karina Gonçalves





CONTINUE NAVEGANDO: