Caso você esteja empregado, mas deseja buscar novas oportunidades, não mostre nem procure comentar com seus atuais colegas este desejo ou que a busca já começou.

Pode criar um clima muito chato e em alguns casos até de perseguição pelos seus superiores.

Outra situação que pode ocorrer é a falta ou a diminuição de oportunidades, afinal ninguém vai oferecer uma qualificação para quem está querendo partir ou que não tem mais interesse em continuar crescendo na atual função.

Saiba ainda que a discrição não ira implicar em punições em casos de mudanças de emprego para rivais, onde o sigilo de informação consta em contrato em algumas empresas.

Por José Alberi Fortes Junior


Para quem deseja uma vaga em empresas multinacionais e em vagas que exigem inglês fluente ou avançado, é cada vez mais comum a entrevista em língua estrangeira, o que permite a avaliação mais precisa dos interessados.

Antigamente, quando a prova acontecia, era escrita e causava muitos problemas, afinal um conhecimento mais instrumental facilitava o acesso de pessoas sem a fluência na língua falada.

Para quem está enferrujado, a dica é ouvir muitos filmes e procurar seus velhos livros, para relembrar pelo menos com o vocabulário mais básico, para que na entrevista algumas perguntas mais simples possam ser respondidas, mesmo que de uma maneira bem superficial.

Por José Alberi Fortes Junior


A qualidade de vida no trabalho não depende somente de uma postura, mas alimentação e a participação nas ginásticas laborais é importante para evitar má-postura e dores decorrentes de técnicas erradas e material inadequado.

A ginástica laboral é uma maneira de evitar LER (Lesão por esforço repetitivo) e aquelas dores decorrentes de postura errada e repetitiva.

A utilização correta de monitores, reguladores de altura de mesa de computador e apoio para os pés em complemento à ginástica certamente irão produzir uma oportunidade de crescimento e conforto a todos os colaboradores.

Por José Alberi Fortes Junior


Em empresas que não possuem regras claras de vestimentas, o importante é não ousar demais nem formalizar demais.

Dependendo da área de atuação, alguns trajes são tradicionais e não há como mudar disso, por exemplo, as área de advocacia, onde o terno e gravata são fundamentais visto a formalidade que já é marca deste setor.

Empresas onde não há contato com clientes, normalmente o traje ideal é aquele que não ofenda nem cause constrangimentos, por exemplo: não há porque usar minissaias nem roupas muito decotadas, nem bermudas nem camisas regatas.

A saída é sempre usar o básico, calca jeans e camiseta, tênis ou alguma calcado bem confortável, tornando a rotina menos desgastante.

Por José Alberi Fortes Junior


Na busca pelo emprego ideal, quanto mais fontes de pesquisas e divulgação melhor, e para isto o uso da internet é fundamental.

Hoje o Twitter é uma febre e muitos profissionais já perceberam que empresas estão usando esta ferramenta de comunicação para divulgar suas vagas e procurar certos profissionais.

Entre os principais perfis de emprego temos o @empregobrasil, @empregolandia, @vagas e @trampos.

Portanto esteja on line e muito antenado com as diversas tendências de internet, o que facilita sua recolocação e informação do mercado de emprego.


A CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) prevê alguns casos para que as faltas sejam abonadas, sem problemas para o funcionário.

O site da globo.com publicou algumas dessas situações:

  • Morte de cônjuge, descendentes (filhos e netos), ascendentes (pais e avós) e irmãos abona falta de até 2 dias consecutivos de trabalho;
  • Casamento consegue até 3 dias consecutivos de faltas abonadas;
  • Nascimento de filho até 5 dias;
  • Doação de sangue voluntária garante 1 dia de falta abonada por ano;
  • Para se alistar como eleitor pode justificar 1 ou 2 dias, dependendo do caso;
  • No período de comparecimento militar;
  • Vestibular, justiça e sindicato também abonam o funcionário desde que esteja devidamente documentada a participação do mesmo.

Conheça mais a respeito no site www.globo.com.

Por José Alberi Fortes Junior


Os meses de janeiro e fevereiro são perfeitos para quem busca uma vaga temporária em indústrias, empresas e lojas que tem seu movimento aumentado em razão da páscoa.

Seja supermercados, empresas de transportes, indústria de alimentos e chocolates, todos necessitam de forca de trabalho extra e com muita vontade para atender a demanda do mercado, que a cada ano cresce exponencialmente.

Estas vagas são a oportunidade de mostrar o seu valor e como a possibilidade de efetivação existe, é o momento ideal de superar as expectativas e torcer para que dê frutos imediatamente.

Por José Alberi Fortes Junior


Quando um grande espetáculo vem para o Brasil, seja de música, teatro ou circo, profissionais são procurados, desde garçons a assistentes de camarim.

Normalmente o público que envia currículos e se esforça para se enquadrar nas vagas são profissionais da área artística, nem tanto pela remuneração, mas pelo contato com outros profissionais e para conhecimento das novidades da área.

Em São Paulo não é diferente, e para todas as vagas (garçons, bilheteiros, camareiros, costureiras, recepcionistas e auxiliares de administração) são exigidos experiência, muita desenvoltura e esforço.

Interessados em se candidatar devem enviar currículos (até o dia 22/01/2010) para [email protected]. Ou quem preferir pode se cadastrar no site www.allis.com.br.

Em tempo: o espetáculo que estará em cartaz na capital paulista é o “Quidam”.

Por José Alberi Fortes Junior


Indústria automobilística procura profissional para trabalhar como polidor de veículos na capital baiana de Salvador. É pré-requisito da empresa que os candidatos tenham, no mínimo, ensino médio concluído e experiência de pelo menos seis meses com politizes e demais funções relacionadas ao cargo.

A oportunidade está sendo oferecida em caráter de urgência, portanto é imprescindível que o selecionado tenha disponibilidade para início imediato.

Os interessados em participar do processo de seleção deverão se cadastrar e confirmar sua candidatura através do site da empresa que está divulgando as vagas para triagem e recrutamento.

Por Vivian Fiorio


Ponderar e conhecer todas as características de uma equipe antes de começar a delegar as funções e novas atribuições é obrigação de líderes, que são treinados para isso.

Todo o embasamento antes da delegação possibilita uma alta margem de acerto e com isso o mapeamento de resultados é muito mais eficiente, afinal todas as  funções são definas pelas aptidões, o que gera prazer e contentamento de todos em participar do processo.

Para um líder o gerenciamento é mais rápido e mais eficiente, e os objetivos serão mais fáceis de serem alcançados.

Mas, em alguns casos, os erros de atribuição de obrigações, não é necessariamente da chefia, pois quando não existe treinamento nem uma orientação certamente problemas podem ocorrer nesta árdua responsabilidade.

Por José Alberi Fortes Junior


Já imaginou se você fizesse todos os relatórios e todas as planilhas usando máquinas de escrever, calculadora simples, régua e papel e todos os cálculos escritos à mão?

Esta realidade já não existe em nenhum escritório ou empresa da nossa sociedade, afinal o acesso ao computador e programas específicos já ficou muito mais barato e de fácil aquisição.

Um grande tempo já é economizado com as ferramentas de trabalho adequadas e um bom conhecimento de informática. A velocidade das informações é vital para um bom andamento de todas as funções e obrigações.

Portanto é necessário atualizar os equipamentos e sempre contar com material atual e moderno, para que as condições sejam dadas para o perfeito desenvolvimento das atribuições.

Por José Alberi Fortes Junior


Quem já passou por uma experiência de ter o chefe ou liderança substituída por prazo determinado, caso de férias, por exemplo, pode enfrentar alguns problemas e pode gerar muita confusão.

Caso o perfil seja diferente e o modo de gerir os subordinados seja distinta, pode ocorrer muita resistência e os resultados certamente serão afetados, o que pode comprometer o relacionamento já construído e solidificado pelo responsável que está ausente.

Esta mudança pode desmotivar os subordinados em inicio de trabalho, afinal estão ainda sendo moldados e pode gerar uma motivação em profissionais que andavam desmotivados e com sérios problemas com o atual gestor.


Atualmente a maioria dos empregados estão locados e desempenham suas funções no setor do comércio, porem muitas dessas pessoas se esquecem o principal fator de suas funções é o cliente.

O bom atendimento ao cliente não é um favor, mas sim a principal razão e uma obrigação, afinal caso ele se recuse a comprar ou consumir o produto, certamente seu emprego estará seriamente ameaçado.

Conquistar novos clientes é a função de um vendedor, e hoje a maioria das empresas já treinam, qualificam e colocam nas cabeças de todos os funcionários que agora são vendedores e não mais simples atendentes.

Por José Alberi Fortes Junior





CONTINUE NAVEGANDO: