Um líder precisa saber como motivar a equipe, tirando o melhor de cada membro dela.

Um bom líder tem o poder de motivar a sua equipe e levá-la a patamares que qualquer empresa considera altíssimos. Mas é preciso ter cuidado: se o líder tem toda essa influência sobre a equipe, o contrário também pode ser verdadeiro. É preciso ter cuidado para não levar a sua equipe para o fracasso. Saiba como desenvolver corretamente as capacidades dos membros de sua equipe e assim manter a sua equipe motivada corretamente:

Delegue funções corretamente: Já que você está em uma função de destaque é preciso conhecer bem os funcionários, para fazer com que as funções sejam distribuídas corretamente. Um bom líder estuda para melhor conhecer as fraquezas e pontos fortes de cada membro de sua esquipe, e assim delegar as funções certas para cada um.

Defina objetivos: Um bom líder tem traçados os objetivos para sua equipe, para chegar mais rapidamente aos seus ideais.

Ouça seus funcionários: O trabalho é feito em equipe e você faz parte dela. Mantenha-se acessível, seja uma figura frequente no ambiente de trabalho e ouça suas reclamações, e sugestões. Você é o principal interessado nos resultados, então tem que trabalhar para fazer com que a equipe esteja à vontade e motivada para alcançá-los.

Dê feedbak: De nada adianta ouvir os funcionários e não lhes dar as respostas que procuram. Um líder que retorna os questionamentos será muito mais respeitado e trará um ambiente de confiança, que consequentemente aumentará a produtividade dos seus funcionários. Eles saberão que podem contar com você.

Ponha a mão na massa: Não é porque você é um líder que não irá trabalhar junto aos seus funcionários. Você não está ali somente para delegar tarefas.  Seja parte ativa da esquipe, ofereça-se para ajudar ou mesmo fazer alguma função que o seu funcionário esteja com dificuldades. Isso o traz para perto de você, além de contribuir com a qualidade da produção na empresa.

Por Patrícia Generoso


Ser líder pode não ser uma tarefa fácil, mas é preciso ficar atento para sempre melhorar a postura no ambiente de trabalho.

Ser líder no trabalho pode não ser a melhor das tarefas, pois você terá que estar atento para a melhor maneira de lidar com a equipe e as diferentes opiniões e personalidades das diversas pessoas que a formam. Por essas dificuldades, é normal o profissional que ocupa a liderança se perguntar como melhorar sua postura no ambiente de trabalho. Confira algumas dicas:

– Ler sobre a área: Procurar dicas sobre sua área é a melhor opção para conhecer melhor as saídas para problemas difíceis ou que você ainda não encarou. Muitas vezes não temos um mentor profissional, alguém com quem possamos nos identificar e tirar as dúvidas. Buscar ajuda em livros voltados para essa área é a melhor opção para enriquecer seus conhecimentos de forma válida e certa.

– Ter amigos experientes: Nem sempre temos amigos com experiência, mas se você tiver a sorte de contar com algum amigo que tenha mais experiência que você, não deixe essa chance escapar! Converse com ele e absorva dicas importantíssimas para sua carreira. Um profissional mais experiente também pode aumentar seu círculo profissional, estreitando laços importantes para o dia a dia na empresa.

Além disso, amigos que sejam discretos também podem te ajudar nas relações interpessoais, mas é realmente preciso estar atento para que os amigos em questão sejam de plena confiança, para que assuntos profissionais não sejam vazados.

– Manter-se persistente: Por mais que os desafios da liderança sejam grandes e a vontade de desistir por vezes apareça, tenha em mente que para ser um bom líder é preciso ter também firmeza e não transparecer suas fraquezas. O que se espera de uma pessoa em posição de liderança é que ela conduza a equipe, que seja a sua referência. Continue refletindo sobre suas práticas e buscando novas estratégias, seja com o auxílio de livros ou profissionais da área. Fazendo isso, você estará colaborando para o fortalecimento de sua equipe, e fazendo com que esta siga o seu exemplo de perseverança e garra profissional.

Por Patrícia Generoso


Um líder é como se fosse a cabeça de uma equipe. É ele quem acompanha todos os resultados e trabalha juntamente com a equipe para atingir metas e resolver conflitos. Quando chega um momento em que por algum motivo é preciso trocar de líder, seja porque ele teve uma promoção ou foi demitido, algumas pessoas têm dificuldades em se adaptar a um novo superior.

Mas porque isso acontece? Porque normalmente cada pessoa tem sua forma de trabalhar, seus costumes, seus valores e suas experiências.

Adaptar-se a um novo líder pode não ser tão difícil assim se você seguir esses conceitos:

– Conheça a política de trabalho dele. Você pode não se adaptar ao jeito da pessoa, mas como você está em um ambiente de trabalho você precisa estar alinhado com toda a equipe, inclusive com seu líder.

– Esteja preparado para passar por mudanças tanto na equipe quanto na empresa.

– Não tenha medo de fazer perguntas. Aproveite esse momento para estar por dentro das novas perspectivas de trabalho do novo líder.

– Você pode até ter mais conhecimentos do que ele, afinal, você está há muito tempo na mesma equipe. Nesse caso, seja cordial e tenha humildade para ensinar, se for preciso.

– Seja mais participativo, assim você estará demonstrando interesse tanto na equipe quando aos projetos que envolvem novas ideias.

– Evite comparar o novo líder com o anterior, pois isso poderá gerar conflitos entre vocês.

– Saiba ser flexível com seu novo líder em todos os sentidos. Tenha uma relação amigável, com trocas de conhecimentos e experiências. Isso trará desenvolvimento tanto para você como para a equipe.

Às vezes, a entrada de um novo líder na empresa pode significar muito para ela. Talvez ela esteja passando por mudanças, e por isso precisou trocar alguns funcionários. Às vezes também um novo projeto necessita de um novo gestor, seja ele em parceria, efetivo ou temporário. Portanto, saiba aproveitar os benefícios que as mudanças trazem a uma equipe. Você só terá a ganhar.

Por Daniela Almeida da Silva


Você já parou para pensar que todos confundem um líder com um chefe, ou vice-versa? Pois é, e na verdade há muita diferença entre eles. Primeiro que o conceito de chefe já é bastante antigo, segundo, você não precisa se dirigir ao seu supervisor como tal. As pessoas acham que tanto um quanto o outro estão ali para mandar e exigir, se você também pensa assim então atente-se aos seguintes pontos:  

– O que é um chefe?  

O conceito de chefe está atrelado a uma posição, ou seja, sempre quando alguém está acima de você numa empresa logo vem à sua mente que aquela pessoa é seu chefe. Não é bem assim? Pois bem. Um chefe na verdade é aquele que manda sim, mas, diferentemente daquelas representações formais, ele é nada mais que o dono ou diretor de uma empresa, ou seja, quando mais alto for o cargo ou a importância dele na empresa, pense na possibilidade de essa pessoa ser o seu chefe mesmo.  

– O que faz um chefe?  

Por ele ser o fator principal, a base da empresa, você vai vê-lo sempre andando pelos corredores verificando o andamento de cada setor, apenas para conferir como anda o sistema da empresa. Diferente de como todo mundo pensa, ele não dará ordens diretamente a você, mas ao seu superior, seu gerente, é aí que entra o papel do líder!  

– O que é um líder?  

Um líder é aquele que assume o papel de cuidar e orientar uma equipe de um determinado setor. Dependendo da empresa ele terá papéis e funções diferentes para cumprir, mas ele é aquele que trabalha junto com a equipe, resolve conflitos, e atua diretamente como gestor para acompanhar todo o desenvolvimento das tarefas realizadas pela equipe, para posteriormente passá-las ao chefe. Ele também pode dar 'ordens' se for preciso, mas seu foco principal é atuar junto à equipe para mostrar resultados à empresa.  

Enfim, agora que você já sabe a diferença entre os dois, cuidado para não errar na hora de pedir orientações na empresa.

Por Daniela Almeida da Silva





CONTINUE NAVEGANDO: