Saiba aqui como consultar o seu saldo do PIS Pasep.

Foi liberado na última quinta-feira, dia 28 do mês de setembro, o calendário com os vencimentos do PIS/Pasep de idosos. Segundo o documento, os pagamentos se iniciam a partir do dia 19 do mês de outubro. Aproximadamente 7,8 milhões de pessoas terão direito ao benefício, que irão receber o total de R$ 15,9 bilhões.

O benefício será concedido por meio de uma Medida Provisória para mulheres com idade igual ou superior a 62 anos e homens com idade igual ou superior a 65 anos, que possuírem saldo relacionado ao programa de PIS/Pasep. Em casos em que o cotista já for falecido, seus herdeiros possuem o direito de realizar o saque do saldo pertencente.

De acordo com informações do governo federal, possuem o direito de sacar o benefício trabalhadores aposentados de organizações privadas e públicas que tenham contribuído para o programa PIS ou Pasep até o dia 04 do mês de outubro do ano de 1988 e que até o presente não tenham realizado o resgate do saldo. Trabalhadores que fizeram contribuições para o programa a partir desta data não possuem nenhum saldo para resgatar.

– Se você foi um trabalhador do setor privado ( PIS) e já sabe que possui o direito de resgatar seus recursos, veja como sacar o seu saldo:

A Caixa Econômica Federal é responsável pelas contas do PIS, ou seja, dos trabalhadores do setor privado. Assim, os cotistas podem procurar suas agências para tirar eventuais dúvidas e ainda realizar o saque, na data determinada no calendário.

Quem ainda possui dúvidas se possui ou não recursos a sacar, podem acessar o endereço www.caixa.gov.br/cotaspis e fazer a verificação.

Quem possui conta corrente na Caixa e possui o direito, terá o seu saldo depositado automaticamente em sua conta, com a antecedência de dois dias antes da data prevista pelo calendário.

Para consultar o seu saldo referente ao PIS, o aposentado precisa ter em mãos o número do NIS, que pode ser localizado em seu Cartão do Cidadão, no extrato do seu FGTS, em anotações da Carteira de Trabalho mais antiga ou na página de identificação da Carteira de Trabalho mais recente. Além disso, para a consulta será necessário a senha do Cartão do Cidadão. Com esses dados em mãos acesse https://servicossociais.caixa.gov.br.

Quem perdeu ou não se lembra da senha, deve clicar em “esqueci a senha”, preenchendo os dados solicitados. Já quem não possui o cartão cidadão para verificar seu saldo deve comparecer a uma agência Caixa.

– Se você foi um trabalhador do setor público (Pasep) e deseja saber se possui o direito de resgatar seus recursos, veja como pode realizar o saque do seu saldo.

Para trabalhadores do setor público, o responsável pelos recursos do Pasep é o Banco do Brasil, de modo que os cotistas devem procurar suas agências a fim de esclarecer eventuais dúvidas e também o saque dos recursos.

Para consultar o saldo do Pasep os cotistas devem acessar www.bb.com.br/pasep.

Assim como os correntistas da Caixa terão seus recursos depositados em suas contas, os correntistas do Banco do Brasil também o terão depositados com dois dias de antecedência da data prevista para os saques.

A Medida Provisória do benefício PIS/Pasep de idosos foi mais uma novidade anunciada pelo presidente da República Michel Temer, com o objetivo de auxiliar os trabalhadores brasileiros aposentados que possuem saldos para resgate, pois até então o saque desses recurso só podiam ser realizados em alguns casos como aposentaria, idade superior a 70 anos, doenças graves, câncer, morte, entre outras.

Segundo Michel Temer, o adiantamento desses recursos vai além de auxiliar a vida de milhões de brasileiros que enfrentam uma forte crise econômica, que deve aquecer a economia do país.

Sirlene Montes


Governo deverá liberar valores a partir de novembro de 2017.

Se você é idoso e aguarda pela publicação do calendário do PIS/Pasep, fique atento, pois o documento com as datas para realização dos saques do benefício será publicado no dia 19 do mês de outubro. Vale lembrar que esse calendário refere-se ao pagamento do benefício do PIS/Pasep para aposentados que atendam aos requisitos impostos pela Medida Provisória criada pelo governo de Michel Temer.

Os aposentados, a partir da data de 17 do mês de novembro, já poderão realizar o saque de seus benefícios, é claro, seguindo o calendário.

Assim, as mulheres com idade igual ou superior a 62 anos e os homens com idade igual ou superior a 65 anos poderão sacar seus benefícios a partir do dia 14 do mês de dezembro.

O cronograma com as datas para saque foi oficialmente divulgado pelo governo Temer, na última quinta-feira, dia 28 do mês de setembro, quando aconteceu uma reunião entre os integrantes da equipe econômica e o presidente da República, onde se decidiu pela publicação do documento.

Para quem ainda não sabia da novidade, a idade para saque do PIS/Pasep no caso de aposentados cotistas foi reduzida por meio de uma Medida Provisória anunciada pelo governo no último mês de agosto. Com a medida idade para saque passa de 70 anos para o mínimo de 62 para mulheres e 65 para homens.

Essa Medida Provisória foi criada como uma forma de auxiliar financeiramente os aposentados que teriam que esperar mais para terem acesso a esses saldos e injetar no país um considerável valor que contribuirá para o desenvolvimento da economia, principalmente neste momento de crise econômica.

De acordo com informações do governo, com a liberação do benefício serão injetados na economia brasileira o total de R$15,9 bilhões, distribuídos entre cerca de 8 milhões de trabalhadores aposentados.

Os cotistas, com base em uma média, devem receber o valor de no máximo R$1,2 mil. Contudo, a maioria possui como saldo de PIS/Pasep valores próximos a R$750.

Em uma declaração Dyogo Oliveira, atual ministro do Planejamento, disse que o fato de antecipar a liberação desses recursos vai gerar uma contribuição muito importante para voltar a aquecer a economia e promover o crescimento do Brasil.

Todos os recursos referentes ao PIS/Pasep de aposentados serão liberados ainda neste ano de 2017 e por isso devem movimentar bastante a economia neste período de final de ano, auxiliando as famílias a pagarem suas dívidas, a fazer novas aquisições, dinamizando o comércio, movimentando enfim todos os setores de produção industrial.

Quem já possui conta bancária na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil terá seu crédito depositado de forma automática. Assim, quem quiser fazer a transferência do dinheiro para outras agências, pode fazer sem custos extras.

Se você ainda tem dúvidas se tem ou não direito ao saque do PIS/Pasep para aposentados, saiba que possui esse direito o trabalhador do setor privado ou público que tenha realizado contribuições para o programa PIS/Pasep até a data de 04 do mês de outubro do ano de 1988 e que ainda não tenha realizado resgate total desse saldo de fundo.

Até o momento, a realização do saque desse saldo era permitida em algumas circunstâncias, como idade completa de 70 anos, aposentadoria, invalidez, câncer do titular ou de dependentes, reforma militar, portadores de HIV, transferência de reserva remunerada, doenças graves, amparo assistencial a pessoas com deficiência da Previdência, amparo social ao idoso, que seja concedido pela Previdência e morte.

Enfim, se você já verificou que possui o direito de sacar o saldo que pertence ao programa PIS/Pasep, aguarde a publicação do calendário e veja a data determinada para a realização do saque.

Não deixe para última hora, faça o saque, é seu direito.

Sirlene Montes


Saiba aqui mais informações sobre o PIS Pasep para Idosos 2017/2018.

Foi confirmado nesta quarta-feira, dia 23 de agosto, pelo Governo Federal, que os idosos poderão sacar seus saldos referentes ao PIS/Pasep. Segundo o Governo, 7,8 milhões de pessoas consideradas idosas devem sacar o total de R$ 15,9 bilhões.

A novidade foi oficialmente confirmada por Dyogo Oliveira, Ministro do Planejamento, durante uma cerimônia realizada no Palácio do Planalto. Foi durante a cerimônia que o Presidente Temer assinou essa medida provisória. De acordo com suas palavras, essa medida é mais uma tentativa do governo em injetar mais valores na economia do país, considerando que os brasileiros têm sentindo bastante a crise.

De acordo com a legislação vigente no país, esse benefício em caso dos idosos só era concedido em casos de aposentadoria, com idade maior que 70 anos, ou com comprovação de invalidez, deficiência, doença grave como HIV, câncer ou morte (neste caso o saldo seria liberado para dependentes).

O benefício será concedido a mulheres com idade superior a 62 anos e homens com idade maior que 65 anos. Um calendário está sendo criado para organizar os saques, mas as primeiras informações são de que eles terão início a partir do mês de outubro.

– Quem pode realizar o saque?

Têm direito de sacar o benefício do PIS/Pasep cotistas ou participantes do Fundo PIS/Pasep que tenham contribuído para o programa até a data limite de 04 do mês de outubro do ano de 1988 e que ainda não tenham resgatado seus saldos referentes ao Fundo.

Nesse sentido, quem contribuiu a partir desta data não possui nenhum saldo neste fundo para ser resgatado.

– Como saber se possuo ou não direito a realizar o saque?

Se você não se lembra se contribuiu até a data informada, pode verificar se possui o direito comparecendo a uma agência da Caixa Econômica Federal (responsável pelo PIS). Os trabalhadores do setor público para realizarem esta verificação terão de comparecer a qualquer agência do Banco do Brasil, que é responsável pelas operações do Pasep.

– Eu tenho direito, o que devo fazer para receber meu saldo?

Bem, como a MP foi assinada nesta quarta, nos próximos dias ela será enviada ao Congresso e a partir de então será realizado um cronograma que prevê a liberação dos saques.

Contudo, a princípio as primeiras informações são de que os saldos sejam disponibilizados através de folha de pagamento ou por meio de depósito automático nas contas dos beneficiados, seja poupança ou corrente.

De qualquer forma, quando tudo estiver pronto o governo lançará uma campanha para divulgar a medida, considerando que a maioria das pessoas que contribuíram até a data informada acabaram se esquecendo ou até mesmo já são falecidas. Sendo que no caso de morte do contribuinte, os recursos passam a seus herdeiros.

Assim, é provável que no mês de Setembro a campanha do governo federal tenha início, dando o tempo de um mês, para que as pessoas tirem suas dúvidas em relação a essa medida.

O presidente Michel Temer durante seu pronunciamento na cerimônia falou que a estipulação da idade em que homens e mulheres poderão sacar seus recursos do PIS/Pasep foi baseada na proposta da Reforma da Presidência, anunciada neste ano e que se tornou uma polêmica muito grande no país, pois de acordo com esse novo modelo, a idade mínima para o brasileiro se aposentar seria de 65 anos, enquanto que a idade mínima para a brasileira se aposentar seria de 62 anos.

Embora o presidente tenha tocado no polêmico assunto da Reforma da Previdência, em um ponto ele tem razão, no de que esses recursos serão muito bem utilizados pelos brasileiros, principalmente em tempos de instabilidade em todo o país, em decorrência de uma crise principalmente política.

Sirlene Montes


Saiba aqui quando se inicia o pagamento do Abono Salarial 2017 e quem tem direito a receber o benefício.

Quem trabalhou no ano de 2016 com CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) assinada poderá ter a possibilidade de receber o abono salarial do PIS / Pasep a partir deste mês (julho), no valor de R$ 937. O calendário de pagamentos teve sua publicação no dia 3 de julho, segunda-feira, no DOU (Diário Oficial da União).

Quem poderá receber o abono

Para poder receber o abono é necessário preencher alguns critérios:

  • Que o trabalhador tenha atuado com carteira de trabalho assinada por no mínimo 30 dias no ano passado (2016)

  • Tenha recebido uma média de até 2 salários mínimos mensais

  • A inscrição no PIS / Pasep deve ser superior a 5 anos

  • A empresa na qual ele trabalhou deverá ter informado os dados de forma correta na Relação Anual de Informação Social (RAIS)

Quem faz aniversário até o mês de dezembro deste ano poderá então receber o valor ainda neste mesmo ano. Já os trabalhadores que nasceram entre os meses de janeiro e junho, estes terão direito ao recebimento do valor do abono somente no próximo ano.

O prazo acabará no dia 29 de junho do ano que vem (2018).

Dúvidas sobre o futuro do abono PIS / Pasep

Segundo o jornal “O Estado de São Paulo”, a concessão, que é feita anualmente do abono do PIS / Pasep corre o risco de não ser feita nos próximos anos. Pois conforme a equipe econômica do governo em exercício, se a votação da reforma que trata da Previdência Social não for aprovada no Congresso Nacional, existe a possibilidade de corte conforme estudo que já está sendo feito.

Valor pago

O valor pago é o do salário mínimo nacional vigente, o qual hoje está em R$ 937 e deve ser pago proporcionalmente conforme o tempo trabalhado.

Se o período trabalhado for integral o trabalhador recebe o salário completo, se foi por 1 mês por exemplo, ele receberá 1 / 12 do mínimo, sendo R$78.

Onde são feitos os saques

Em caso de funcionários de empresa privada, o dinheiro poderá ser sacado nos terminais eletrônicos da CEF, bem como lotéricas, se possuir o Cartão Cidadão com senha válida registrada. Quem tiver conta na Caixa Econômica Federal recebe diretamente na conta.

Para os casos de servidores públicos, o saque é feito no BB (Banco do Brasil). Da mesma forma, aqueles trabalhadores que possuem conta no BB irão receber o crédito direto na conta.

Para saber mais, bem como visualizar os calendários completos acesse aqui.

Por Silvano Andriotti


Trabalhadores poderão resgatar novamente o benefício a partir do dia 27 de julho, até o dia 28 de dezembro de 2017.

Se você possui direito a receber o abono salarial referente ao ano base de 2015, fique atento às datas de saque, pois acaba de ser realizada uma modificação em relação ao prazo final para os pagamentos.

É isso mesmo, o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador, o Codefat, decidiu prorrogar o prazo de retirada do saldo referente ao abono salarial do PIS/Pasep, cujo salário base é o ano de 2015.

Estava previsto que a data final para realização do saque do benefício fosse o dia 3º do mês de junho, esta última sexta-feira do mês. Contudo, com a prorrogação determinada pelo Conselho, quem não conseguiu sacar o seu benefício até a data do dia 30 do mês de junho, poderá fazê-lo a partir do dia 27 do mês de julho, sendo a data final para as retiradas o dia 28 do mês de dezembro de 2017.

Ou seja, se você trabalhador desempenhou atividades trabalhistas pelo período mínimo de 30 dias consecutivos, com registro na carteira de trabalho e recebendo remuneração menor que dois salários mínimos, durante o ano de 2015, você é um beneficiado pelo programa PIS/Pasep e se ainda não fez a retirada do seu saldo, ele estará disponível novamente a partir do dia 27 do mês de julho.

De acordo com informações do Ministério do Trabalho, o motivo dessa prorrogação se deve ao fato de um considerável número de trabalhadores não realizaram a retirada de seus saldos, o que representa 6,49% do total de pessoas que possuem esse direito.

Dessa forma, diante do quadro de crise na economia que o país se encontra, onde o número de desempregados é muito alto, ficou decidido fazer a prorrogação por mais seis meses.

Não se pode afirmar o motivo pelo qual os trabalhadores não buscaram seus saldos, mas a realidade é que ainda existem a R$ 1,97 bilhão para serem sacados.

De todo modo, chegado o dia 28 de dezembro, independente do valor que ainda esteja disponível, a quantia será transferida para o Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Acesse o site da Caixa Econômica Federal e em caso de dúvidas verifique se você possui o direito ao abono salarial do PIS/Pasep do ano de 2015.

Não deixe para a última hora, pois esse é um direito seu.

Sirlene Montes


Mesmo os trabalhadores que sacaram o FGTS Inativo deverão receber o dinheiro.

Uma informação importante para aqueles trabalhadores que mesmo sacando o total das contas inativas do FGTS, mas que em 31 de dezembro do ano passado (2016) estavam com saldo positivo, tais contas continuam a existir e estes trabalhadores deverão receber a correção destas.

Muitos trabalhadores brasileiros receberão nos próximos meses mais um dinheiro extra! O valor irá para as contas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) iniciando as reposições já no mês de agosto. O rendimento foi gerado a partir da medida que fez com que aumentasse a remuneração do FGTS.

A lei de número 13.466 datada de 25 de maio de 2017, passou a remuneração do Fundo de Garantia, que era de 3%, para 5,5%, sendo que por tal ação será a primeira vez em vários anos que o fundo terá ganho real, de fato, superando a inflação. A diferença apurada é a que o trabalhador receberá na sua conta.

Forma de saque

Os saque da correção não se dará da mesma forma com que foram e ainda estão sendo efetuados os saques nas contas inativas. Os valores serão acrescentados no saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e somente poderão ser sacados nos casos previstos em lei e que continuam valendo, como por exemplo: para a compra de imóvel.

É interessante que o trabalhador se atente ao fato de que mesmo tendo sacado anteriormente o valor total de suas contas inativas, mas elas se encontravam com saldo positivo na data de 31 de dezembro de 2016, então elas não foram encerradas, continuarão existindo e tendo como saldo a correção, com esse valor extra.

O fato é que o período de correção é pequeno e salvo a conta que tivesse muito bom saldo, os valores a serem creditados não serão, na sua grande maioria altos, pois irão advir de uma diferença de 2,5%. Considerando-se o ano e a data quando o trabalhador sacou das contas inativas na maioria dos casos serão valores bem baixos, porém, de direito do trabalhador.

Entre no site da CEF (Caixa Econômica Federal) e verifique os outros casos em que saques de FGTS são possíveis de serem efetuados! http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/Paginas/default.aspx

Aqui você terá informações bem completas relacionadas ao fundo.

Por Silvano Andriotti


Caixa Econômica antecipa saque dos valores para os Trabalhadores.

Os saques do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), os quais estavam com previsão de disponibilidade de retiradas para iniciar em 16 de junho, foram remarcados com antecipação para dia 10 de junho.

Para deixar as operações de saque mais práticas aos detentores de contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, 2015 agências da CEF (Caixa Econômica Federal) atenderão das 9h às 15h deste sábado.

Vale lembrar que a remarcação antecipatória do calendário de recebimentos do FGTS para início neste sábado, 10 de junho, é válida apenas para aqueles nascidos nos meses de: setembro, outubro e novembro, ou anteriormente. Para os nascidos em dezembro a data será outra.

A medida que alegrou milhares de brasileiros foi anunciada nesta terça-feira, 06 de junho, por “Gilberto Occhi”, presidente da Caixa Econômica Federal, com pronunciamento em coletiva feita em Brasília, na sede nacional do próprio banco.

Nesta nova fase de saques nas contas, a expectativa do presidente da Caixa e demais dirigentes do banco e do governo federal é que seja superado o valor de R$30 bilhões a serem liberados e sacados das contas inativas.

Conforme prevê Occhi, a estimativa inicial de pagamentos poderá ficar entre R$30 bilhões e R$35 bilhões, mesmo assim acredita que tal projeção possa ser facilmente superada quando chegado o final do programa dos saques, o que deverá aproximar-se da marca dos R$40 bilhões.

Além das 2015 agências que abrirão no sábado, 10 de junho, outras 69 agências irão disponibilizar a sala de autoatendimento aos beneficiários. Nos dias 12, 13 e 14, segunda, terça e quarta, todas as agências abrirão com antecedência de 2 horas ao horário habitual, para que os beneficiários possam ser atendidos com mais eficácia.

Conforme a diretoria da Caixa Econômica Federal, a antecipação está sendo feita devido à proximidade da data inicial, que era o dia 16 de junho, com o feriado de Corpus Christi.

No período entre 10 de março e 02 de junho, a CEF contabilizou o pagamento de R$ 27,6 bilhões referentes às contas inativas, um pouco inferior ao previsto para o período, que era algo em torno de R$ 29,1 bilhões. Mas 16,3 milhões de trabalhadores já foram beneficiados com o programa, o que representa 81% do total a ser atingido.

Para os nascidos no mês de dezembro a data prevista é 14 de julho. De qualquer forma, os beneficiários nascidos em outros meses também poderão fazer o saque.

Por Silvano Andriotti


Medida Provisória dará dinheiro extra aos trabalhadores.

Mais uma boa notícia para os trabalhadores de carteira assinada no Brasil. Depois da possibilidade de sacar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) das contas inativas, fato que rendeu uma boa grana extra em casa, principalmente para quem estava desempregado, agora também vai ter possibilidade de receber um ‘extra’ na mesma conta.

Segundo as informações divulgadas pelo governo no último dia 26 de maio, todos os trabalhadores que possuíam conta inativa poderão receber um rendimento extra. Isto porque o congresso aprovou, neste mesmo dia, uma medida provisória (763/2016) que determina que todos os trabalhadores com FGTS inativo possam receber mais dinheiro.

Entretanto, antes de correr para o banco para sacar os valores, os trabalhadores deverão observar se estão encaixados nas regras que controlam quem deve ter acesso ao dinheiro.

Para que o trabalhador possa realizar o saque, ele deve ser enquadrado em três situações principais: Se foi demitido sem justa causa, em caso de aposentadoria e na compra de algum imóvel, dentre outras.

Além disto, permanecem as condições anteriores inerentes a quem teve direito ao saque das contas inativas, como por exemplo, a ausência de movimentação do fundo até o dia 31 de dezembro de 2016. Tanto os valores das contas inativas quanto este rendimento extra deverão ser calculados com base nos saldos das contas até o final do ano passado.

Para se chegar aos valores classificados como rendimento extra, o governo se baseou no total do FGTS de cada trabalhador depositado na Caixa. Este montante, enquanto depositado é utilizado para financiar projetos de habitação e de compra de imóveis, por exemplo, para populações de baixa renda. Esta atividade acarreta juros que são agregados automaticamente. Este montante ‘extra’ é que deve ser repartido entre os trabalhadores como forma adicional.

O governo deverá, nos próximos dias, realizar o repasse destes valores para as contas dos trabalhadores e ficará a cargo da Caixa Econômica Federal divulgar o calendário de pagamento em todo o Brasil, que deverá ser efetuado até o dia 31 de agosto deste ano. Os trabalhadores que sacaram valores do FGTS nesta ano de 2017, além dos inativos, podem ficar sossegados que também terão direito ao rendimento adicional.

Emmanoel Gomes


Saiba aqui quem tem direito e como sacar o dinheiro do Abono Salarial 2017.

O Abono Salarial é o pagamento anual referente ao um salário mínimo para trabalhadores de entidades privadas e de órgão públicos que contribuem com o Programa de Integração Social – PIS, também aqueles que contribuem com o PASEP (Programa do Servidor Público). Tem direito ao PIS, todo o trabalhador que estiver cadastrado no mínimo cinco anos no sistema e que tenha trabalhado com carteira assinada no último ano, sendo isso no período de 30 dias e que receberam o equivalente a dois salários mínimos por mês.

Se o trabalhador estiver de acordo com as normas estabelecidas para receber o benefício, receberá o direito em data determinada pela Caixa Econômica Federal. Para retirar o dinheiro, tem a opção de comparecer conforme data estabelecida em qualquer agência da Caixa Econômica Federal. Os documentos necessários são o número do PIS/PASEP e documentos de identificação (podendo ser carteira de trabalho, CNH ou a carteira de identidade). É importante que o trabalhador verifique se a empresa que trabalha ou trabalhou, possuem convênio com a Caixa Econômica Federal, se for positivo, o abono pode ser pago na folha de pagamento do empregado.

Os pagamentos do abono salarial acontecerão a partir de 22/07/2017 e se estenderá até Março de 2018. As datas são estabelecidas conforme as datas de nascimento do trabalhador, sendo assim, aqueles que fazem aniversário nos primeiros meses do ano, estarão aptos a receber no primeiro lote e assim sucessivamente.

Para realizar o saque é necessário ter o Cartão Cidadão, todo o cidadão tem direito ao cartão, basta estar cadastrado no PIS/PASEP ou possuir o Número de Inscrição Social – NIS ou Número de Inscrição do Trabalhador – NIT. Para ter acesso ao seu Cartão Cidadão o trabalhador deve comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal portando seus documentos pessoais como, carteira de identidade, Carteira de Habilitação ou Certidão Civil, Número do NIS, NIT ou PIS/PASEP e um comprovante de residência, caso a agência da Caixa Econômica Federal seja de difícil acesso poderá solicitar pelo número 0800-726-0207.

Assim que disponível, para consultar a data de pagamento do Abono Salarial 2018 é necessário cadastrar no Portal do Cidadão uma senha, sendo ela diferente da senha cadastrada no cartão usado na agência bancária.

Gisele Alves de Brito


Crise Política pode prejudicar o pagamento do FGTS de pessoas nascidas entre setembro e dezembro.

Estamos já quase no fim do mês de maio e milhares de brasileiros já realizaram seus saques às contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o popular FGTS. Um direito que foi dado aos brasileiros como uma medida extraordinária do governo Temer para ajudar os cidadãos do país em um momento em que a forte crise da política e consequentemente da economia fez com que o número de desempregados no país aumentasse de forma considerável. De forma que diante dos fatos essa foi uma medida que aplausível.

Porém, os trabalhadores que ainda não sacaram o seu saldo de FGTS Inativo, pois estão aguardando a data correta, estão receosos de que em decorrência dos últimos acontecimentos da política, esse saldo seja bloqueado.

Até o momento nada em relação a isso foi anunciado oficialmente, o que existe na realidade é um grande temor por parte de internautas que possuem esse direito e ainda não sacaram.

Segundo especialistas em política e economia, embora isso seja um comentário nascido na internet, especialmente nas redes sociais, existe sim a possibilidade de que os beneficiados que são nascidos nos meses de setembro até dezembro fiquem impedidos de receber.

Na realidade o motivo desse possível impedimento não se deve ao fato de o Presidente Temer estar ou não ainda na presidência. A questão é que uma crise dessa proporção faz com que os trabalhos no Congresso Nacional paralisem e a Medida Provisória não seja aprovada, considerando o fato de a data limite para isto ser feito ser o dia 1º do mês de junho.

Desse modo, se o Congresso parar suas atividades e a MP não for aprovada até o mês de junho, ninguém mais poderá receber o FGTS de contas inativas. A não ser que seja feita outra Medida Provisória, que será possível somente ano que vem.

Na realidade, essa medida já poderia ter siso aprovada, porém, desde que foi registrada havia um prazo de seis meses para isso, prazo este que se encerra no dia 1º de junho.

Com o fervor que as coisas estão, tudo ainda está muito inconsistente, pois não há certezas de nada. Nesse sentido, quem tem o direito ao FGTS de Contas Inativas e aguarda a data determinada para sacá-lo, não há nada a ser feito, a não ser aguardar que o Congresso aprove a medida e assegure os pagamentos.

Sirlene Montes


Trabalhadores nascidos em junho, julho e agosto poderão sacar o FGTS de Contas Inativas a partir deste mês.

Nessa época de aperto financeiro, toda grana que entra no orçamento é muito bem vinda, principalmente para quem se encontra desempregado e com as contas vencendo. A boa notícia agora é para os que nasceram nos meses de junho, julho e agosto e tem dinheiro nas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) que se encontram inativas. Os cidadãos que nasceram nesses meses, já podem sacar os valores a partir da próxima sexta-feira (12).

Quem não sabe se tem o direito do recebimento, precisa resolver algum tipo de pendência com o banco ou tirar alguma dúvida, a hora é agora. A recomendação principal é que as pessoas não deixem para saber se tem direito ou não somente na sexta-feira. Isso pode causar um imenso transtorno para todos, pois as agências poderão estar com um grande movimento e um alto número de trabalhadores querendo informações ou sacar o dinheiro. Para se evitar longas filas e desgastes, um boa dica é ir logo no início da semana e deixar somente para efetuar o saque no dia marcado.

Segundo a assessoria do banco, quem precisa resolver pendências ou simplesmente tirar dúvidas deve levar carteira de identidade e carteira de trabalho para que haja uma maior agilidade na apuração das informações.

Quem for sacar um montante acima de R$ 10 mil, é necessário apresentar a carteira de trabalho e a cédula de identidade, mas ainda de acordo com a assessoria da Caixa, o mais recomendado é que o cidadão leve sua carteira de trabalho, independentemente do valor do saque. Pode haver algum tipo de falha no sistema de informações do banco e a carteira pode ajudar na atualização das mesmas.

Em casos mais recentes e específicos, recomenda-se que seja levado uma cópia da rescisão do contrato de trabalho com a empresa. Vale ainda lembrar que todos os saques das contas inativas deverão ser efetuados até o dia 31 de julho em qualquer agência Caixa, casas lotéricas ou caixa 24 horas, de qualquer lugar do Brasil. Caso o trabalhador tenha conta na Caixa, o dinheiro é creditado em sua conta no dia.

O telefone da Caixa é o 0800 726 2017 e funciona de segunda a sexta-feira.

Rodrigo Souza de Jesus


Saiba aqui quem tem direito ao pagamento dos Lucros do FGTS.

Foi anunciado pelo Governo Federal que o lucro oriundo do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) de 2016 será dividido. A nova medida faz parte da mesma Medida Provisória 763/2016, que autorizou o saque do FGTS em contas inativas.

Embora os dados oficiais ainda não tenham sido divulgados, estima-se que o lucro líquido do fundo seja por cerca de R$15 bilhões. Portanto, metade desta quantia, ou seja, em torno de R$7,5 bilhões será distribuído. Segundo o Ministério do Trabalho, a quantia será creditada em contas que estejam inativas ou ativas até o dia de 31 de dezembro de 2016. Se o trabalhador já possuir algum dinheiro creditado em seu fundo devido ao seu emprego, o lucro distribuído será somado com o montante que já está guardado.

Porém, apesar de o valor constituir crédito para o trabalhador, ele não poderá ser sacado da mesma forma que ocorreu o saque do FGTS ultimamente. Apenas poderão sacá-los imediatamente aquelas que cumprirem os requisitos, tais como: demissão sem justa causa, doença ou aposentadoria. No extrato do FGTS, esse crédito estará descrito como “distribuição de lucro”.

Com a distribuição, o Governo Federal tem expectativas de que dividindo o fundo com os trabalhadores, a remuneração relativa ao FGTS se aproxime da remuneração da poupança.

Quem poderá receber o dinheiro relativo aos lucros do FGTS?

Poderá retirar essa quantia os trabalhadores que possuírem contas inativas ou ativas, sendo requisito que essas contas tenham tido saldo até o dia 31 de dezembro de 2016. Para informações mais detalhadas, é possível consultar o saldo no site do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Quando sacar a quantia?

Diferentemente da medida passada, os saldos não poderão ser retirados automaticamente. Para que se possa retirá-lo é necessário que o trabalhador esteja aposentado, com doenças graves ou para compra de casa própria. É importante ressaltar que nas contas inativas, o dinheiro constará como um saldo residual, uma vez que os saques nelas só poderão ocorrer até o dia 31 de julho deste ano.

Portanto, fique atento para os requisitos e, caso você se enquadre neles, procure mais informações no site oficial do FGTS a respeito das quantias que poderá receber.

Isabela Palazzo


Trabalhadores poderão utilizar FGTS como garantia para realizar empréstimos consignados.

Os trabalhadores podem buscar por empréstimo consignado e oferecer o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) como garantia. Desta forma, por meio desta nova modalidade de crédito no mercado, as empresas e bancos podem firmar convênio com juros de até 3,5% ao mês.

O empréstimo consignado consiste no desconto direto da folha de pagamento do servidor e segundo o Ministério Público do Trabalho, a liberação ocorre após a Caixa Econômica Federal publicar as regras para a realização deste tipo de operação. Neste sentido, o interessado em contratar poderá oferecer até 10% do saldo de sua conta no FGTS, além de 100% se for em caso de multa a ser paga pelo empregador, demissão sem justa causa, culpa recíproca, força maior e rescisão indireta.

Além disso, de acordo com as regras vigentes, o empréstimo é válido somente a um contrato de trabalho por colaborador e cabe ao empregador informar ao FGTS os dados do contrato de consignação do trabalhador, inclusive se ele for desligado da empresa por justa causa, culpa recíproca e força maior.

Desta maneira, se o valor retido for o suficiente para liquidar o contrato de crédito consignado, o valor que ficou remanescente será disponibilizado na conta vinculada do trabalhador, para que ele possa sacar.

A lei que autoriza este tipo de operação já foi promulgada pelo Congresso Nacional e estabelece também que os valores dados como garantia possam ser retidos pelo banco, caso o trabalhador fique desempregado e perca o vínculo com a empresa.

Entretanto, especialistas da área indicam que a medida pode acarretar prejuízo para os trabalhadores que fazem parte da iniciativa privada, porque estariam de certa forma abrindo mão de um valor que poderia ser usado para fazer uma poupança, por exemplo, e assim formar uma dívida com os bancos.

Mas de acordo com o governo, está nova linha de crédito permitirá que os trabalhadores tenham acesso a empréstimos com juros mais baixos. Neste sentido, o País conta atualmente com uma das mais altas taxas de juro do mundo para o consumo. Por exemplo, o valor da taxa média do cheque especial e do cartão de crédito podem ultrapassar cerca de 300% ao ano.

Por Babi





CONTINUE NAVEGANDO: