Confira aqui o que fazer para melhorar a sua produtividade no trabalho durante a semana.

Especialistas costumam ser unânimes com relação ao planejamento de nossas atividades antes que as mesmas sejam executadas. Por exemplo, em um final de semana, sabemos que teremos pela frente dias cheios de desafios. Quem sabe, tomadas de decisões importantíssimas!

Pensar e planejar essas atividades de antemão é meio caminho para que tudo vá bem. É o que todos nós almejamos para uma semana de atividades corriqueiras intensas. E vamos convir, os tempos modernos e nossa vida agitada exigem de fato que tenhamos uma atitude desse tipo.

Esse planejamento pode conter itens diversos, como os citados pelo especialista Nelson Fukuyama (http://www.dicasprofissionais.com.br/planeje-o-seu-tempo-de-trabalho/).

Agora, a novidade é que, segundo Nicolas Cole, consultor da revista Inc, todo esse planejamento pode ser feito naquele momento que, para muitos, é um período chato, entediante e melancólico do final de semana: a noite de domingo!

Para mudarmos essa situação, devemos escolher a noite de domingo para delinearmos nossas tarefas da semana. Cole pontua que este hábito pode até mesmo ser estimulante. A ideia é iniciarmos a semana na segunda, já com tudo bem delineado e esquematizado.

É claro que o consultor também informa uma espécie de “cartilha” para que isso possa ser exercitado. Vamos a ela?

  • Pense em tudo o que você já fez: Não é apenas no futuro que você deve se ater. Também naquilo que você já fez, a fim de definir o que falta ser feito e analisar os motivos pelos quais certas coisas não foram finalizadas;
  • Categorize suas tarefas: Separar aquilo que faz parte do âmbito pessoal do profissional, separar projetos, etc. Isso provocará um ganho de produtividade, segundo Cole;
  • Adiante o que for possível: Algumas tarefas podem ser feitas, sem estresse, no próprio final de semana. Ou seja, haverá um ganho de tempo durante a semana para aquilo que você já conseguiu resolver no domingo;
  • Pense e relaxe: Em outras palavras, analise tudo o que planejou e relaxe.

O especialista também aconselha a ficarmos longe das redes sociais nesses momentos, para que não haja um desvio de pensamentos. São dicas úteis para uma vida profissional e pessoal bastante melhorada!

Dan Dias


Confira aqui algumas dicas de como melhorar a produtividade e cumprir prazos.

Você tem dificuldade em cumprir prazo? Nem sempre é fácil entregar as tarefas no tempo estabelecido, sobretudo se o profissional tem dificuldade em cumprir rotina. A procrastinação, ou seja, deixar tudo para depois é extremamente comum nos dias de hoje. Porém, a pessoa que tem este hábito pode perder a credibilidade na Organização em que trabalha. Que tal conferir algumas dicas para aprender (ou tentar) cumprir prazos?

A disciplina é essencial no ambiente corporativo, assim como, o foco. Você costuma se distrair facilmente? Para evitar a dispersão comece organizando o seu dia a dia por meio de uma agenda. Escreva nela a sua rotina e as metas que devem ser cumpridas, assim como o prazo de cada uma.

Organize as atividades por meio de prioridade. Estabeleça uma ordem para cumprir as demandas. O prazo está muito curto? Que tal tentar renegociar ele com seu chefe? Converse sobre a situação e explique sobre o seu processo de mudança. Desta forma, você vai conseguir focar e desenvolver a atividade melhor.

Além disso, tenha interesse em desenvolver as tarefas e ocupe-se para fazer o seu melhor. Esta com muita dificuldade? Não tenha medo de pedir ajuda para o seu colega de trabalho. A disciplina é adquirida no dia a dia e com muita força de vontade.

A mudança de atitude é sempre um desafio que requer coragem. Portanto, não tenha medo de dar o primeiro passo e comece estabelecendo prioridade e fazendo metas diárias no trabalho. Assim que cumprir uma atividade, que tal se recompensar? Pode ser um café durante o expediente, por exemplo.

Com o tempo, o novo hábito vai ser incorporado a sua rotina, por isso, busque repetir e treinar para desenvolver o novo comportamento. Desta forma, cumprir prazo vai ficar muito mais fácil e vai se tornar um hábito comum.

Gostou das dicas? Não deixe de compartilhar nas redes sociais. Sucesso e boa sorte! 

Por Babi


Um dos lugares que mais exige nossa capacidade de produção é o trabalho, pois o nosso rendimento financeiro e profissional depende exclusivamente disso. Portanto, seja você um funcionário ou o próprio chefe de uma empresa, saiba que você deve sua produtividade a ela.

A produtividade tem uma representação tão grande em nossa vida, que se passarmos um dia sequer sem nos ocuparmos com alguma coisa, por exemplo, seja no âmbito profissional ou pessoal, ficamos entediados e deprimidos, nos sentindo inúteis.

A produtividade está atrelada à nossa capacidade de transformação e criatividade, portanto, se nos tornarmos acomodados corremos o risco de ficarmos para trás, em todos os sentidos. Uma pessoa que se sente produtiva se sente:

– Otimista:

Não gosta e não tolera atitudes negativas ao seu redor, pois isso deixa ela motivada e com garras para conquistar seus ideais. Portanto, se você quiser copiar a postura de uma pessoa produtiva terá que se tornar uma pessoa positiva primeiro.

– Detalhista:

Não confunda uma pessoa detalhista com uma pessoa perfeccionista. Uma pessoa detalhista apenas procura fazer as coisas com riqueza de detalhes, dando o melhor de si em todas as tarefas simplesmente porque ama o que faz. Diferentemente daquela pessoa perfeccionista que para ela parece que nada está bom, por mais mesmo que uma outra pessoa dê o seu melhor. Nesse caso, a exigência parte dela para ela mesmo, e isso pode ser visto como um grande problema de convivência entre as pessoas.

– Foco:

Para se ter uma boa produtividade é preciso ter muito foco naquilo que está fazendo. Quando se faz algo com foco, os resultados são proporcionais aquilo que você mais teve atenção, e é por isso que as coisas saem como planejadas. É aí que entram os detalhes, pois se estamos tendo foco, é porque estamos querendo ser produtivos, e se estamos querendo ser produtivos é porque esperamos com prazer ter um bom resultado proveniente daquilo, caso contrário, simplesmente não faríamos.

Por Daniela Almeida da Silva


A Copa está aí e tem muita gente indo embora mais cedo do trabalho. Porém, depois que a Copa passar as pessoas terão que voltar para a realidade de suas empresas e dar de cara com algo que fingem que não vai existir: o acúmulo de trabalho extra. É obvio que mais tempo será exigido e uma dose de inspiração a mais para concluir o trabalho atrasado e recuperar o que não pôde ser ganho nos períodos de folga.

Isso é algo rotineiro para alguns profissionais. “Colocar a casa em ordem” sem perder a cabeça parece ser a especialidade deles. Entretanto, tem uma gama infinitamente maior que não sabe como ser produtivo, como administrar melhor o tempo para organizar e realizar o trabalho.

Ter sabedoria profissional de usar o tempo como aliado e não como inimigo acaba fazendo o diferencial na vida de muitos profissionais que se destacam no mercado. O que vem a ser quase que uma consequência: o funcionário entrega seus projetos no prazo, não deixa pendências para outro dia e de quebra ainda arruma mais tempo para pensar no que pode fazer para crescer ainda mais.

Se você está na classe daqueles que se perdem com o tempo e por isso deixa de ser produtivo, confira algumas dicas abaixo que irão lhe ajudar a mudar esse cenário.

– Cuidado com os eletrônicos:

São úteis sim, e podem ser usados para facilitar e muito o trabalho. Mas você usa um computador que vive conectado é bom se policiar ainda mais. Chats, sites de seu interesse e que não ajudam em nada seu trabalho, redes sociais e por aí vai contribuem para que você desvie sua atenção do que é realmente importante com mais frequência. No início é difícil, mas quem tem o hábito de a cada cinco minutos conferir alguma coisa na internet precisa antes de mais nada parar e reservar um tempo específico para isso.

– Anote, anote e anote:

Muitos especialistas afirmam que grande parte dos profissionais de sucesso e líderes nos mais diversos setores fazem listas. Então faça você também. Anote o que é relevante e se possível determine um tempo específico para realização da tarefa de maneira satisfatória. Outra coisa é usar o bom senso. Se vai demorar uma hora para concluir e você estipula 40 minutos e faz duas pausas de 10 minutos, é meio difícil.

– Use os limites:

Não, não são os limites de seu cartão de crédito e sua conta bancária. São os limites de sua razão. Não diga que vai dar conta do trabalho se morre de saber que não vai. Tem gente que acha, erroneamente, diga-se de passagem, que ser produtivo é acumular um milhão de trabalhos. Isso é irreal. Pegar para fazer o que você sabe que vai ter como concluir é inteligência que se alia à produtividade.

Ter uma relação melhor com o tempo não apenas ajuda no trabalho, mas até mesmo nossa vida pessoal pode ser melhorada. Afinal de contas, a certeza é de que teremos menos estresse, mais tranquilidade e claro mais tempo.

Por Denisson Soares


A falta de tempo é um dos principais motivos para a baixa produtividade no trabalho. Quando a função ou a tarefa chega por e-mail, fica ainda mais fácil se esquivar da responsabilidade, por poder encaminhar ou delegar a atividade para um assistente ou outra pessoa.

Para o especialista em administração de tempo e produtividade, Christian Barbosa, o planejamento errado é o principal fator para essa desordem. Christian é fundador da Triad OS – empresa especializada em programas de consultoria na área de produtividade – e autor dos livros A Tríade do Tempo e VocêDona do Seu TempoEstou em Reunião e co-autor do Mais Tempo, Mais Dinheiro.

Ele ainda aponta os sete pecados capitais dos perdedores de tempo no trabalho: não ter agenda; má organização da semana; ambiente de trabalho desorganizado; lotar a agenda; uso indevido da Internet; E-mail e MSN; e ficar sem tempo para si mesmo.

Por Rafael TOTP





CONTINUE NAVEGANDO: